Nvidia e Paccar irão desenvolver sistemas para caminhões em conjunto

por Blog do Caminhoneiro

A Paccar acaba de firmar uma parceria com a Nvidia, uma das mais conceituadas empresas de desenvolvimento de hardware e softwares para computadores, além de diversas outras operações, para aprimoramentos nos sistemas eletrônicos dos caminhões autônomos produzidos pela Paccar, que detém as marcas Kenworth, Peterbilt e DAF.

Os caminhões passarão a contar com a tecnologia Nvidia Driver PX AI, sistema semelhante ao usado nos carros da empresa Tesla, que se destaca quando o assunto é direção autônoma. A tecnologia é tão avançada, que os caminhões poderão viajar sozinhos, sem necessidade de motorista. Porém essa prática não é permitida por nenhum governo.

As empresas divulgaram em conjunto um vídeo onde apresentam a tecnologia Drive PX em funcionamento no caminhões da Paccar. Nas imagens é possível ver um caminhão completamente autônomo, sem motorista, rodando com perfeição em uma pista de testes.

A tecnologia não tem data para ser lançada oficialmente para caminhões, mas com o andar da carruagem, não deve demorar muito.

Blog do Caminhoneiro

COMENTAR

QUER ENTRAR EM CONTATO COM O BLOG DO CAMINHONEIRO? ENVIE UMA MENSAGEM CLICANDO NO NÚMERO ABAIXO

042-3532-4235

Artigos relacionados

1 comentário

Rodrigo Santos 19/03/2017 - 19:37

Vai ter muito caminhoneiro protestando ferozmente por lá contra essa tecnologia, e lá o governo e as empresas não podem fazer o que bem entenderem, lá o povo não aceita qualquer coisa como cordeirinho como acontece por aqui. Já pensaram como vai ficar fácil saquear a carga de um caminhão autônomo? Lá também tem ladrão, embora menos que aqui, mas ficará muito mais sedutor atravessar um veículo qualquer na frente do caminhão. O sistema irá parar o bruto mas será INCAPAZ de interpretar que é um assalto. Os ladrões podem até roubar o caminhão também, mesmo sendo autônomo eles dão um jeito. Por aqui essa idéia de caminhão autônomo está anos-luz de se concretizar por causa da malha viária em péssimo estado e dos perigos das estradas.

Reply

Deixe sua opinião sobre o assunto!