55 mil profissionais serão certificados pelo SEST/SENAT com selo internacional até 2020




A partir da premissa de que a educação tem papel fundamental na formação de cidadãos comprometidos com uma sociedade sustentável, o SEST SENAT deu início ao Programa de Aperfeiçoamento para Eficiência Energética, promovido pela instituição, em parceria com a CNT (Confederação Nacional do Transporte) e o ITL (Instituto de Transporte e Logística). O programa é fruto do acordo internacional de cooperação técnica firmado em 2017 com o NRCan (Natural Resources Canada – Ministério dos Recursos Naturais do Canadá) e o ICCT (International Council on Clean Transportation – Conselho Internacional de Transporte Limpo). Entre dezembro de 2017 e janeiro deste ano, cerca de 400 alunos participaram das turmas-piloto.

O programa prevê a formação nas áreas de condução econômica, gestão de combustível e gestão de frotas. A meta é treinar 55 mil profissionais, entre motoristas de caminhão, motoristas de ônibus, gestores de frotas e transportadores autônomos, até 2020. “Temos muito orgulho de ser a primeira instituição do país a certificar com selo internacional os profissionais participantes dos cursos relacionados à eficiência energética nas nossas unidades. As aulas são extremamente dinâmicas e foram pensadas para garantir que os condutores, além de dirigirem de forma econômica, também atuem como agentes de preservação do meio ambiente”, destaca a diretora-executiva nacional do SEST SENAT, Nicole Goulart.

Essa é mais uma ação ambiental da instituição, que já atua por meio do Despoluir – Programa Ambiental do Transporte, que, há uma década, incentiva os transportadores a adotarem práticas sustentáveis para reduzir o impacto da atividade transportadora no meio ambiente. O Programa de Aperfeiçoamento para Eficiência Energética oferece os cursos Motoristas de Transporte de Cargas – SmartDriver, Motoristas de Transporte de Passageiros – SmartDriver, ambos presenciais e com carga horária de 12 horas, o curso de Inclusão Digital, também presencial e de 4 horas, e o curso a distância Gestão de Combustível – Fuel Management, com 8 horas

LEIA MAIS  Cargosoft investe R$ 3,9 milhões na ampliação da frota

Além disso, o SEST SENAT trabalha na finalização de um aplicativo para smartphones voltado aos alunos. A ideia é que os motoristas consigam acompanhar o desempenho dos veículos eletronicamente e obtenham dados, como o consumo de combustível e o gasto mensal de diesel. Para auxiliar os profissionais no manuseio desse aplicativo, a instituição também oferece um curso de inclusão digital, com 4 horas de duração.

Os treinamentos estarão disponíveis em 101 unidades operacionais do SEST SENAT onde também são desenvolvidos os projetos Simulador Híbrido de Direção e Escola de Motoristas, transversais ao de eficiência energética, uma vez que disponibilizam os equipamentos para as aulas práticas.

Todos os conteúdos programáticos foram desenvolvidos a partir da técnica canadense de ensino e trazem metodologias e dinâmicas para atrair a atenção dos alunos, como vídeos com erros de condução para que os motoristas percebam como não devem dirigir, jogos de cartas e uma espécie de quiz com perguntas e respostas sobre os temas abordados em sala de aula, em que ganha quem for mais rápido na resposta. Outro diferencial é a dinâmica do globo terrestre, na qual os alunos fazem um compromisso de mudar hábitos e atuar com consciência ambiental no desempenho de suas atividades diárias.

LEIA MAIS  Cargosoft investe R$ 3,9 milhões na ampliação da frota

SEST SENAT 25 anos

Em 2018, o SEST SENAT completa 25 anos. A instituição tem como missão promover a melhoria da qualidade de vida e o desenvolvimento profissional dos trabalhadores do setor de transporte e dos seus dependentes, com responsabilidade socioambiental.

Durante esse período, mais de 110 milhões de atendimentos já foram realizados por meio de cursos, palestras, assistências na área de saúde, atividades de esporte, cultura e lazer, entre outras. O SEST SENAT conta com 146 Unidades Operacionais localizadas em todas as regiões do Brasil e, desde 2017, trabalha na expansão de sua rede. Até 2019, serão mais de 200 unidades em funcionamento no país.

Todas elas oferecem os serviços gratuitamente aos trabalhadores do transporte e aos seus dependentes. Para ter acesso à gratuidade, é preciso que o trabalhador autônomo ou a empresa onde os profissionais trabalham contribua para o SEST SENAT.




Deixe sua opinião sobre o assunto!