Mercedes-Benz apresenta o caminhão elétrico eActros




A Mercedes-Benz apresentou na última quarta-feira o eActros, caminhão 100% elétrico da marca da estrela. A apresentação aconteceu em Stuttgart, na Alemanha. Além do modelo apresentado, a Mercedes-Benz divulgou a ampliação da linha de modelos elétricos para caminhões de outras marcas do Grupo Daimler, como Mitsubishi, Freightliner e Western Star, além da Barath Benz na Índia.

A Daimler vendeu mais de 470 mil caminhões em 2017, 13% a mais que em 2016, englobando todas as marcas do grupo. O investimento em caminhões elétricos é tendência mundial, e a apresentação do eActros já era esperada. O conceito do eActros foi apresentado no Salão de Hannover, em setembro de 2016.

 

O modelo 100% elétrico é destinado exclusivamente ao transporte urbano de mercadorias, em rotas curtas e médias. A capacidade de carga dos modelos é de 18 ou 25 toneladas, dependendo da configuração de chassi e eixos, em versões 4×2 e 6×2.

LEIA MAIS  Van Center Mercedes-Benz ganha primeira loja exclusiva em Minas Gerais

Pelo menos 10 empresas da Alemanha e Suíça irão receber os caminhões eActros para testes. Até 2021 os caminhões serão usado em rotas regulares, para ajudar no desenvolvimento da tecnologia. As vendas do modelo começarão oficialmente em 2021 ou 2022.

O caminhão é equipado com um motor elétrico de 125 kWh, com torque de 485 Nm. Em conjunto com o câmbio e eixos adaptados ao modelo elétrico, a potência é equivalente ao de um caminhão diesel convencional. Com as baterias complemente carregadas, a autonomia do modelo fica em 200 quilômetros. Mesmo com as baterias e motores elétricos, o peso do caminhão não aumentou, e a capacidade de carga permanece inalterada.

 

 

 

 

As baterias são instaladas no chassi, e são revestidas com placas de aço para proteção. Em caso de um acidente, o aço se deforma e absorve o impacto, preservando as baterias intactas, evitando risco de incêndio.

LEIA MAIS  Mercedes-Benz lança piloto automático adaptativo para ônibus rodoviários

As baterias podem ser carregadas entre três a onze horas, dependendo da potência da carga. As baterias que alimentam o motor também são usadas para a bomba da direção hidráulica, ar-condicionado, compressor de ar e até para a câmara fria, em caso de equipado com ela.

Para a iluminação, piscas e outras funções, há duas baterias convencionais de 12 volts, que também podem ser usadas para sinalização de emergência, caso o motor ou baterias principais falhem.

A Daimler está investindo pesado em tecnologia elétrica para caminhões, ônibus e vans, e quer se tornar a líder do segmento.




Deixe sua opinião sobre o assunto!