Cummins anuncia nova Unidade de Negócios dedicada à eletrificação




A Cummins Inc. acaba de anunciar a nova Unidade de Negócios Electrified Power (EPBU), a ser liderada por Julie Furber, diretora Executiva. O comunicado foi realizado por Tom Linebarger, presidente e CEO da Cummins Inc., para analistas e investidores durante Conferência dos Resultados do quarto trimestre de 2017, nos EUA.

A estratégia faz parte das soluções de diversificação de energia da Cummins, companhia global que há quase 100 anos é líder na entrega de soluções de energia. “À medida que olhamos para frente, sabemos que nossas indústrias e mercados continuarão a mudar e estamos comprometidos em trazer aos nossos clientes a tecnologia certa no momento certo. Devemos nos posicionar para o crescimento, aproveitando as tecnologias atuais e futuras”, afirmou o CEO.

O presidente também já havia anunciado que a companhia planeja investir US$ 500 milhões no segmento de eletrificação nos próximos três anos. O objetivo da Cummins é reunir todos os recursos de eletrificação em um único negócio para aumentar a visibilidade e a responsabilidade de seus investimentos e desempenho neste mercado em crescimento.

LEIA MAIS  Crescem as vendas de caminhões Mercedes-Benz no Sul do País

Para a Cummins, a nova EPBU é um negócio de start-up que nasce diante de um cenário de mercado em rápida transformação. Sua formação visa a maximização de sinergias e promove o alinhamento estratégico no segmento de forma coordenada. Além disso, a nova EPBU demonstra a seriedade da Cummins em ser líder quando o assunto é energia eletrificada, assim como já acontece com o Diesel e gás natural.

Com as aquisições estratégicas recentes da Johnson Matthey Battery Systems, designer de bateria de alta tensão e a Brammo, empresa de baterias de baixa voltagem, a Cummins agora possui capacidades em toda a gama de armazenamento elétrico. “A bateria compõe mais de 60% do powertrain e é onde encontramos uma das maiores oportunidades para nos diferenciarmos no mercado. Adotaremos a transformação de nossos mercados como uma grande oportunidade de inovar para os nossos clientes”, diz Linebarger.

Deixe sua opinião sobre o assunto!