Trapaça Transportes – Conheça a quadrilha que agia desviando diversas cargas




Ao ser preso, Sidemar Luiz Tonet, de Rio do Sul-SC, teve seu celular apreendido para perícia. Durante a investigação, a polícia chegou ao grupo Trapaça Transportes, no aplicativo de mensagens Whatsapp. Nesse grupo, dezenas de integrantes da quadrilha negociavam cargas desviadas de diversas origens no Brasil com vários receptadores. Essa investigação foi tema da reportagem especial do Fantástico, da Rede Globo, nesse domingo. VEJA O VÍDEO.

O esquema contava com ajuda de motoristas. De acordo com as investigações, os motoristas de caminhão avisavam a quadrilha sobre as cargas, e um roubo era simulado. Havia até agressão contra os motoristas, para simular com mais exatidão um roubo real.

Em geral, antes mesmo da carga sair do carregamento, já estava vendida. Os motoristas envolvidos no esquema chegavam a ficar com até 10% do valor de revenda das cargas. Os produtos roubados vão de alimentos a eletrônicos e peças de carros. Dentre essas cargas, haviam televisores e celulares, que chegavam a R$ 800 mil.

LEIA MAIS  AGU diz que recomendará veto a anistia a multas aplicadas durante a greve

Sidemar está preso em São Paulo por conta de um desvio de uma carga de queijo parmesão em Teodoro Sampaio. Na última terça-feira a polícia prendeu 23 integrantes da quadrilha, entre motoristas e intermediários.

4 comentários em “Trapaça Transportes – Conheça a quadrilha que agia desviando diversas cargas

  • 12/02/2018 em 19:35
    Permalink

    e uma vergonha para a clase de motorista no momento tão deficio de consegir um trabaho muitos suja o nome por nada. mais aonde a população tem um ladrão governado pode se esperar o que .

    Resposta
  • 12/02/2018 em 13:28
    Permalink

    Nos antigos tempos não existia este tipo de coisa isto só começou acontecer pós as restrição de empresas não só contratamos motoristas com cursos superiores com idadedes de 25 anos agora aguenta todos este quê se apronta nas extradas tem um grau escolar avançado e os boi da estradas baixaram os salário espatou os profissionais das estradas paga um salarinho de miséria todos interessa pois as recompensas vem e agindo de má fé os velhos extradeiros abandonou a profissão pois hoje tem valor mais

    Resposta
  • 12/02/2018 em 12:54
    Permalink

    Tinha que ser fuzilado este vagabundo travestido de motorista a justiça tem que tomar tudo que este vagabundo tem e os motoristas se juntar e lixar este vagabundo que manda a classe.

    Resposta

Deixe sua opinião sobre o assunto!