Citroën apresenta o Jumpy Minibus com capacidade para 11 ocupantes

A Citroën realiza a avant-première do Jumpy Minibus na Feira do Empreendedor 2018 SEBRAE-SP. O novo modelo, específico para o transporte de passageiros – e com lançamento comercial previsto para a segunda quinzena de maio –, é o segundo produto da ofensiva de veículos utilitários leves da marca, após a chegada do Jumpy Furgão em outubro de 2017.

O Novo Citroën Jumpy Minibus mantém os mesmos atributos do furgão, com foco na tecnologia, boa dirigibilidade, conforto de carro de passeio e funcionalidade. Robusto, ele alia todas essas características à capacidade de transportar 11 pessoas – motorista mais dez passageiros – com total segurança, fruto da nova plataforma EMP2 e da presença de equipamentos como Controle de Estabilidade (ESP), Assistente de Partida em Rampa (Hill Assist) e cintos de segurança de três pontos para todos os ocupantes.

O modelo também oferece desempenho superior graças a seu motor 1.6 Turbo Diesel BlueHDi de última geração, que entrega potência de 115 cv a 3.500 rpm e torque de 30 kgfm a partir de 1.750 rpm. Ele atua em conjunto com o câmbio manual de seis marchas, uma combinação que resulta no melhor consumo da categoria. Além disso, tecnologias como o sistema BlueHDi, que elimina até 90% de óxidos de nitrogênio (NOx) e 99,9% das partículas, fazem com que o modelo tenha o menor nível de emissões de CO2 do segmento.

Bem equipado, o Citroën Jumpy Minibus será vendido em versão única e trará de série itens como direção eletrohidráulica, ar-condicionado, vidros e travas elétricas, bancos reclináveis, computador de bordo, rádio FM/AM/MP3, faróis de neblina, entre outros.

A feira também marca o início da pré-venda do modelo em toda a rede de concessionárias da Citroën do Brasil. O preço de lançamento é de R$ 118.600,00.

Deixe um comentário!

Na década de 1980, caminhão elétrico já era realidade no Brasil Conheça os caminhões mais vendidos do Brasil em novembro Caterpillar apresenta caminhão gigante totalmente elétrico Caminhoneiros estão cada vez mais procurados pelas transportadoras Caminhoneiro recém contratado depena caminhão nos EUA