Fiscais interditam serviço de enlonamento de caminhões no Porto de Mucuripe




Fiscais do Ministério do Trabalho suspenderam nesta terça-feira (27) na área vizinha ao armazém A6 do Porto de Mucuripe, em Fortaleza, no Ceará, as operações de enlonamento de caminhões que transportam bobinas de papel. De acordo com a fiscalização, foi constatado risco grave e iminente à segurança dos trabalhadores.

A ação constatou que durante a operação não eram utilizados procedimentos de segurança, como a instalação de sistemas de ancoragem e de proteção contra quedas de altura superior a dois metros, como determina a NR-35.

A retomada dos serviços só poderá ocorrer após a empresa cumprir as determinações da inspeção, entre elas disponibilizar cintos de segurança tipo paraquedista dotados de dispositivo para conexão em sistema de ancoragem. “Nesse período, os trabalhadores vão receber salários como se estivem em efetivo exercício”, explicou o auditor-fiscal do Trabalho Franklin Rabelo de Araujo.

LEIA MAIS  Ford entrega 21 caminhões Cargo Kolector para a Ponta Grossa Ambiental

Prevenção

As quedas do trabalho em altura são uma das maiores causas de acidentes de trabalho no Brasil e é, com o adoecimento ocupacional, um dos focos da Campanha de Prevenção de Acidentes Trabalho (Canpat), que o Ministério do Trabalho inicia a partir de abril em todo país.

Neste ano, a campanha se estende até outubro, com a realização de palestras e seminários sobre os temas. O ministério pretende também publicar informativos como cartazes, banners e folhetos. Todo o material da campanha estará disponível para download no link da Escola Nacional da Inspeção do Trabalho na página do ministério.

Deixe sua opinião sobre o assunto!