O caminhoneiro aprimorado pela tecnologia do futuro




Assim como a chegada do carro conectado já está mudando a forma como as montadoras operarão no futuro, o advento do caminhão digital transformará completamente a forma como o frete é transportado nas rodovias mundiais.

Graças a uma combinação de novas tecnologias, os caminhões se moverão pela estrada guiados por dados e informações da infraestrutura de transporte e outros veículos, melhorando a eficiência e aumentando a segurança. Assim como Elon Musk iniciou essa revolução com seus carros Tesla, o objetivo é adicionar essas tecnologias aos caminhões, com o objetivo de liberar aos caminhoneiros para realizar tarefas logísticas e administrativas, sendo o cérebro atrás de um sistema de transporte semi-automatizado.

Os benefícios da coexistência dos caminhoneiros e a logística aprimorada

Os avanços que estão sendo feitos neste campo terão um efeito igualmente profundo em todo o sistema logístico, uma vez que os caminhões estarão ainda mais integrados em toda a cadeia logística, com a chegada dos embarques às fábricas, armazéns e clientes finais, tudo dentro de tempos precisos, mesmo assim como todos os participantes em toda a cadeia de abastecimento ganham total transparência sobre o paradeiro de seus produtos. Finalmente, os caminhoneiros poderão comunicar de maneira melhor e mais fácil suas cargas e seu destino com outros caminhoneiros e com plataformas tecnológicas que corresponderão automaticamente às remessas com caminhões e rotas com espaço disponível, facilitando o processo logístico. À medida que essas soluções digitalmente ativadas começarem a surgir, elas vão reorganizar o funcionamento do negócio de logística, tornando obsoletos modelos de negócios antigos e permitindo novos modelos, como a Amazon vem fazendo há algum tempo. As empresas de tecnologia estão tentando entrar no mercado, oferecendo suas próprias plataformas e soluções de logística para tornar o trabalho dos caminhoneiros mais fácil e seguro.

LEIA MAIS  Dicas para evitar o roubo de cargas

O futuro que está sendo forjado hoje

Uma modificação importante na área de transporte e logística já está em andamento, já que a Amazon está produzindo óculos que contêm um pequeno computador, que reconhece onde os objetos estão localizados em uma determinada área. É importante mencionar que Jeff Bezos, o homem por trás da Amazon, é bem conhecido por seu pensamento futurista e lógico, que o levou a se tornar o homem mais rico da Terra, convertendo seus milhões em livros vendidos online em seu site, em bilhões o lapso de apenas dois anos, como mostrado em um infográfico da Betway Casino, investindo e desenvolvendo tecnologias como os óculos mencionados anteriormente para o benefício dos métodos de logística e transporte de sua empresa. Esses óculos também têm um sensor de imagem que pode reconhecer objetos associados a uma determinada tarefa, e também podem reconhecer as marcações dos pacotes, como endereços de correspondência, códigos de barras ou códigos QR, e seus usos no transporte são uma grande promessa de melhorias para o trabalho dos caminhoneiros. Quando o sensor nos óculos reconhece um objeto na frente deles, ele pode fornecer instruções ao usuário sobre o que fazer com o item, além de fornecer mais informações sobre o objeto, como seu destino de envio, método de envio ou informações de rota. Esta não é a única abordagem na implementação da Realidade Aumentada em logística e transporte, uma vez que a empresa alemã DHL está testando sistemas de Realidade Aumentada móveis, que fornecem reconhecimento de objetos em tempo real, leitura de código de barras e navegação dentro do armazém.

LEIA MAIS  Petrobras critica plano da ANP para diesel

Os usos da Realidade Aumentada na logística

A realidade aumentada está preparada para melhorar radicalmente a manufatura, logística e negócios especializados, porque pode sobrepor imagens e instruções holográficas ao mundo real, o que é imensamente valioso para educar os trabalhadores sobre como usar máquinas de grande porte ou dispositivos especializados. A tecnologia também tem o potencial de aumentar a produtividade em armazenamento e transporte, otimizando os processos em toda a cadeia de suprimentos. Além disso, a Realidade Aumentada é um ajuste natural para o treinamento no local, pois, leva a educação para fora da sala de aula e para o campo onde ela pode ser aplicada a situações reais de trabalho, assim como a Volkswagen pretende treinar seus funcionários, com a ajuda do software desenvolvido pela HTC. Assim, os trabalhadores podem ver os métodos corretos para executar uma tarefa, e essas instruções podem ser lembradas conforme necessário. Tecnologias imersivas como a Realidade Virtual e a Realidade Aumentada ajudam a reduzir a carga cognitiva, resultando em melhor foco e treinamento de equipes. No contexto específico dos caminhoneiros, ajuda a mantê-los melhor focados e treinados para as rodovias.

A cooperação entre homem e máquina torna o trabalho mais eficiente e confortável, além do que o futuro da manufatura, logística e transporte, com o acréscimo de novas tecnologias como as que empresas como Amazon, Tesla e HTC estão desenvolvendo, é muito promissor em ter um papel positivo em toda a cadeia de suprimentos global.




Deixe sua opinião sobre o assunto!