Brasil é palco da maior competição mundial de mecânicos de caminhões e ônibus




A rodada final do VISTA (Volvo International Service Training Award), maior competição mundial em qualificação técnica de mecânicos e mecatrônicos de caminhões e ônibus do mundo, aconteceu na última semana, na fábrica da Volvo em Curitiba (PR). Reunindo as 40 melhores equipes de concessionárias da marca em todo o mundo, a rodada decisiva teve 200 participantes, divididos em times que disputaram entre si o título de “a melhor equipe de mecânicos do mundo”. Depois de uma acirrada disputa, a vitória ficou com o time VIIES RATAS, da Estônia.

“Ficamos muito orgulhosos de termos sido escolhidos para sediar a primeira final fora da Suécia, país-sede da Volvo. O Brasil é um dos principais mercados globais da marca, com estrutura de ponta e profissionais altamente qualificados”, afirma Wilson Lirmann, presidente do Grupo Volvo América Latina.

Competição global

O VISTA teve duração de oito meses, com rodadas classificatórias regionais na Europa, América Latina, América do Norte, África, Ásia, Oriente Médio e Oceania. Ao todo, a edição deste ano envolveu 19.700 participantes. A cada dois anos, os mecânicos e mecatrônicos Volvo têm a oportunidade de testar e comprovar seu conhecimento numa disputa com colegas de todo o mundo. O foco da competição está nas habilidades para execução do trabalho do dia a dia e na vanguarda em competências técnicas, promovendo a cooperação em grupo.

Conhecimento multidisciplinar

A primeira edição do VISTA foi realizada em 1957. Mas desde que o computador passou a ser uma ferramenta essencial nas oficinas a profissão teve uma mudança de base. Os caminhões e ônibus modernos são máquinas extremamente avançadas, que exigem conhecimento mais amplo. Hoje, os técnicos precisam ter conhecimento de mecânica, eletrônica e digital.

“O tema dessa edição foi: VISTA – ‘Desempenho é Tudo’. Nossa meta é ter os melhores técnicos de serviços do mundo. Através de uma competição saudável, valorizamos e reconhecemos o trabalho de nossos concessionários, além de atrair novos talentos para uma profissão com um futuro promissor,” diz Anna Rogbrant, gerente global do Projeto VISTA.

Equipes do Brasil

O Brasil teve quatro equipes na etapa final: Suicide Squad (concessionária AutoSueco SP), Joker (concessionária Dipesul), Série 1 (concessionária Treviso) e Hard Work (concessionária Dicave).

“O VISTA é uma parte importante da nossa estratégia em atingir a mais alta qualidade em serviços em todos os mercados onde estamos presentes”, observa Karen Wasman, gerente de Desenvolvimento de Competências do Grupo Volvo na América Latina. “A competição motiva os técnicos a serem cada vez melhores. Faz com que os profissionais se preparem mais e possam atender aos clientes de forma rápida e eficiente. É uma superação do trabalho em equipe e o Olimpo da marca Volvo”, destaca Adriano Merigli, diretor de Desenvolvimento de Concessionárias do Grupo Volvo na América Latina.

Sobre o VISTA

  • A sigla significa em inglês Prêmio Internacional Volvo para Treinamento em Serviços (Volvo International Service Training Awards).
  • Competição global em serviços entre mecânicos de caminhões e ônibus da Volvo.
  • Realizada a cada dois anos desde 1957.
  • 19.700 pessoas de todo o mundo participaram da edição deste ano.
  • 40 equipes disputaram a final em Curitiba.
  • A vencedora foi a VIIES RATAS da Estônia




Deixe sua opinião sobre o assunto!