Bunge Açúcar & Bioenergia promove atividades para conscientizar caminhoneiros sobre segurança nas estradas




A Bunge Açúcar e Bioenergia, uma das companhias líderes na produção de etanol, açúcar e bioenergia no Brasil, realiza, entre os dias 1 e 5 de outubro, a Semana do Caminhoneiro.

Serão diversas atividades, como palestras, treinamentos e serviços, oferecidas gratuitamente aos motoristas terceirizados que prestam serviço de transporte de cana, nas oito usinas da empresa: Moema, Guariroba e Ouroeste, no interior de São Paulo; Frutal, Itapagipe e Santa Juliana, em Minas Gerais; e também Monteverde (MS) e Pedro Afonso (TO).

As palestras abordarão a importância do uso de equipamentos de segurança e a necessidade de atenção à saúde do motorista, com especialistas disponíveis para tirar dúvidas. A empresa também oferecerá revisão veicular, orientação sobre manutenção preventiva e equipamentos, avaliação médica e outras ações. A previsão é que mais de 10 mil pessoas participem das atividades, entre colaboradores da empresa e caminhoneiros e demais profissionais de transportes.

Alexandre Vieira, gerente de Saúde, Segurança e Meio Ambiente da Bunge Açúcar & Bioenergia, lembra que segurança é um valor para a empresa, que tem meta de incidente zero. “Sempre orientamos os caminhoneiros a terem atenção redobrada na estrada e incentivamos as melhores práticas em segurança. Também exigimos das empresas terceiras que a manutenção esteja em dia e os caminhões tenham condições adequadas de tráfego”.

Treinamentos como este são realizados frequentemente pela empresa, que registrou uma redução de 70% de incidentes desde 2010, sendo que mais da metade se refere a acontecimentos relacionados a caminhoneiros terceirizados nas estradas do país.

Sobre a Bunge Açúcar & Bioenergia

Uma das companhias líderes na produção de etanol, açúcar e bioenergia no Brasil, a Bunge Açúcar & Bioenergia tem capacidade de moagem de 22 milhões de toneladas por ano em suas oito usinas estrategicamente localizadas nas regiões Sudeste, Norte e Centro-Oeste do país. Cinco de suas usinas formam um cluster, gerando economias de escala e sinergias para o negócio. Com instalações de cogeração, a empresa produz energia renovável para atender de forma autossuficiente suas próprias usinas e tem capacidade de exportar 640 GWh para rede nacional.




Deixe sua opinião sobre o assunto!