Mercado de caminhões cai quase 10% em setembro

por Blog do Caminhoneiro

As vendas de caminhões no Brasil estão em alta, comparando-se com 2017, foram vendidos cerca de 18 mil caminhões a mais em 2018, entre janeiro e setembro, se comparado com o mesmo período de 2017. Os dados são da Fenabrave, Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores, entidade representativa do setor de Distribuição de Veículos no Brasil. A entidade reúne 52 Associações de Marcas de automóveis, veículos comerciais leves, caminhões, ônibus, implementos rodoviários, tratores, máquinas agrícolas e motocicletas.

Porém, em setembro houve uma inversão na curva de crescimento das vendas de caminhões e também de ônibus no país. Em setembro foram vendidos 6.704 caminhões, e em agosto foram vendidos 7.440. A queda nas vendas de caminhões foi de 9,89%.

No segmento de ônibus, o número de emplacamentos teve uma leve baixa, se mantendo quase estagnado. Em agosto foram vendidos 1.954 ônibus no país. Em setembro, 1.913. Isso representa uma queda de 2,1%.

Mesmo assim, no acumulado do ano, a venda de caminhões teve um crescimento de 50,37%, e a de ônibus, 21,91%.

Entre as montadoras pouca coisa mudou. Mercedes-Benz liderou as vendas em setembro, como já vem fazendo ao longo do ano, com um market-share de 28,31%. A montadora alemã é seguida de perto pela Volkswagen, que detém 26,18%, e em terceiro vem a Volvo, com 14,25%. Em ordem, as próximas da lista são Ford, com 12,10%, Scania, com 9,10%, Iveco, com 3,52%, DAF, com 3,25%, e outras marcas ficam com os 3% restantes.

No acumulado do ano os números são praticamente os mesmos do paragrafo acima. Mercedes-Benz lidera com 28,33%, seguida da Volkswagen, com 25,32%, seguidas por Volvo, com 14,10%, Ford, com 12,18%, Scania, com 11,29%, Iveco com 3,74% e DAF com 3,01%. Outras marcas somam 2%.

Entre os caminhões, o mais vendido do ano continua sendo o Scania R440, com 3.263 unidades no acumulado do ano e 13,76% do total de pesados vendidos. Porém, no mês de setembro o caminhão mais vendido foi o Volvo FH 460, com 316 unidades vendidas. O Volvo FH 540 ficou em segundo lugar, com 315 unidades vendidas, seguidos pelo caminhão médio Volkswagen Constellation 11.180, com 308 unidades emplacadas em setembro. O Scania R 440 teve 263 unidades vendidas em setembro, e o semi-pesado VW Constellation 24.280 teve 257.

O segmento mais vendido é o de pesados, com 44,62% de participação. Semi-pesados correspondem por 24,97% das vendas, leves por 16%, médios por 8,26% e semi-leves por 6,15%. Dentre esses segmentos, a queda nas vendas ocorreu apenas no segmento de pesados, com quase 5% de retração, e, por ser o segmento que corresponde pelo maior número de vendas, fez com que setembro tivesse a queda de 9,89% no total de caminhões vendidos no país.

Para outubro, por causa das eleições, o número de vendas deve se manter ou até ter leve queda novamente.

COMENTAR

QUER ENTRAR EM CONTATO COM O BLOG DO CAMINHONEIRO? ENVIE UMA MENSAGEM CLICANDO NO NÚMERO ABAIXO

042-3532-4235

Artigos relacionados

2 comentários

Paulo 04/10/2018 - 08:43

Bom dia. A queda nestas vendas sao de caminhões 0 ou juntando 0 e usado?

Reply
Blog do Caminhoneiro 04/10/2018 - 11:33

Apenas veículos novos.

Reply

Escreva um comentário