Países europeus já sentem prejuízos da falta de caminhoneiros

por Blog do Caminhoneiro

Em países desenvolvidos, como Estados Unidos e da Europa, há uma crescente falta de mão-de-obra para vários tipos de serviço de base, como para o setor de transporte. A alta escolaridade dos cidadãos, aliada a baixa remuneração desse tipo de serviço afasta possíveis candidatos das vagas e o problema é crescente.

De acordo com um relatório fornecido pela União Europeia dos Transportadores Rodoviários (UETR), apenas na França, Itália e Espanha faltam mais de 50 mil caminhoneiros. Entre esse países, França lidera a busca por motoristas com 23 mil vagas abertas, Itália com 15 mil e Espanha com 12 mil vagas.

Essa falta de profissionais deixa muitos caminhões parados em frotas por toda a Europa, o que impacta os valores de frete, aumentando os custos de transporte e mexendo com as economias dos países europeus. A falta de motoristas é tão grave, que até mesmo países da Europa Oriental, mais próximos à Rússia, que eram exportadores de mão-de-obra para outros países, já estão registrando falta de motoristas profissionais.

O problema teria solução se os candidatos à empregos se interessassem por esse tipo de trabalho. Na Espanha, de acordo com o Serviço de Emprego Federal, há cerca de 23 mil pessoas procurando emprego que estão aptas a trabalhar com caminhões. Para outra grande fatia dos desempregados falta apenas a carteira de motorista profissional.

Porém, devido aos salários, considerados baixos, tempo fora de casa, riscos inerentes à profissão e outros pontos negativos, essas pessoas preferem esperar por outra oportunidade em outras áreas. Entidades, empresas de transporte e governos tem tido reuniões recorrentes para tentar resolver o problema, buscando oferecer treinamento, salários melhores e outros benefícios para os motoristas mais jovens, que não tenham experiência, ingressarem na profissão.

Ex-caminhoneiros, porém, se negam a voltar ao trabalho com transporte, pois dizem que as empresas não pagam salários decentes para os motoristas, que foram reduzidos há alguns anos devido à crise financeira dos países europeus. De acordo com eles, um salário justo para um profissão tão dura quanto a de caminhoneiro seria o melhor chamariz para novos motoristas e antigos caminhoneiros, que gostam da estrada, mas não conseguem dar uma vida digna à suas famílias.

O salário médio para um caminhoneiros na Espanha, em rotas curtas e médias, varia de 1.400 a 1.800 Euros (cerca de R$ 6.500 a R$ 8.500) por mês. Motoristas rodoviários, que fazem rotas longas, muitas vezes viajando entre países da união europeia chegam a ganhar até 2.700 euros, que dá cerca de R$ 12.600 por mês, em conversão direta.

No momento, esses países não tem nenhum tipos de programa de importação de mão-de-obra, mesmo havendo interesse de candidatos da América do Sul em ingressarem na profissão nesses locais.

COMENTAR

QUER ENTRAR EM CONTATO COM O BLOG DO CAMINHONEIRO? ENVIE UMA MENSAGEM CLICANDO NO NÚMERO ABAIXO

042-3532-4235

19 comentários
0

Artigos relacionados

19 comentários

Ezequiel Neto 26/02/2020 - 13:50

Tenho passaporte válido até 2030. Me concedam o visto de permanência e trabalho que estarei indo. Mandem também a passagem aérea e lugar para morar. Pode ser na própria Empresa. E o salário não pode ser inferior a 5.000 euros mensais porque ninguém vive dignamente com a família com salário abaixo disso. O custo de vida na Europa é de lascar !!! Alguma empresa se habilita?

Reply
Benedito Henrique domingos 22/03/2019 - 18:39

Motorista vcs anuncia mas não divulga o lugar para mandar um currículo fãs isto que na Europa não gicf cem motorista porque no Brasil não tem jeito ,,,

Reply
Carlos 23/02/2019 - 09:52

Gostaria de trabalhar por lá aqui somos desvalorizados.

Reply
Maiko Camargo 04/02/2019 - 14:16

A galera que está querendo ir trabalhar fora procura o canal do YouTuber Luciano Brito TV, la tem vários vídeos de como ir trabalhar em portugal. Ele é mto gente Boa tiras todas as dúvidas que vc tiver

Reply
Adair Alves Borges 18/12/2018 - 18:53

Tenho interesse sou profissional do transporte.. falo fluentemente o idioma espanhol

Reply
ANTONIO F LISBOA 09/10/2018 - 15:05

ENQUANTO FALTA MOTORISTA NA EUROPA AQUI NO BRASIL TA SOBRANDO, MAS NÃO PENSEM QUE ELES PRETENDAM IMPORTAR MOTORISTAS BRASILEIROS NÃO VIU! AQUI NO BRASIL SE AÇEITA ESCORIA DE QUALQUER PARTE DO MUNDO, MAS NOS EUS ! ELES MUDAM AS LEIS MAS NÃO DEIXAM BRASILEIROS SE AGLOMERAR POR LÁ…

Reply
Marcos Luis de Sousa 09/10/2018 - 07:15

Tenho CNH E exeiperiencia com carreta tenho muita vontade de trabalhar fora do Brasil

Reply
Rodolfo Borgo Uliana 01/10/2018 - 21:18

Não pensaria duas vezes tivesse uma oportunidade…

Reply
Cláudio Márcio Valentim 01/10/2018 - 15:08

Trabalho com bi trem 30 metros salário 2.540 como faço pra ir embora desse país e trabalhar fora

Reply
Francisco Neto 01/10/2018 - 17:33

Aí é que está o problema. Se o Brasil facilitar a vida a outros países, neste sentido, ocorreria um êxodo de profissionais. É os responsáveis ditos técnicos logísticos, seriam rebaixados profissionalmente, pois estes são os causadores destas deficiências.

Reply
Rafael da Silva Rodrigues 01/10/2018 - 15:05

Queria trabalhar fora conserteza !!

Reply
edson 01/10/2018 - 12:07

Tem muitos brasileiros que iriam pra lá com certeza, eu iria se houvesse uma chance até porque as condiçoes de trabalho por la é melhor que as nossas.

Reply
ANTONIO F LISBOA 09/10/2018 - 15:22

ENGANO TEU! VC PODE ATE GANHAR UM POUCO MAIS, MAS O CUSTO DE VIDA E MUITO ALTO, E NÃO SOBRARIA NADA PARA VC ENVIAR PARA BRASIL! MELHOR MESMO SERIA TODOS NÓZ DEIXAR DE SER COVARDES E ARREGAÇAR AS MANGAS E LUTARMOS POR NOSSOS DIREITOS AQUI ESMO…

Reply
Fernando 22/01/2019 - 16:48

Nem sempre é assim, moro em Madri e estou muito satisfeito com o meu emprego de carreteiro. Já comprei minha casa, pagando aluguel, tenho 2 carros de luxo na garagem, e mando dinheiro para o Brasil

Reply
José Carlos 01/10/2018 - 11:40

Me chamo Jose Carlos eu gostaria de ter a oportunidade de poder trabalhar em outro país

Reply
José Eustáquio pedroso Amorim 01/10/2018 - 11:29

E um pena pois teria muita gente preparadas pra trabalhar nesta região

Reply
Denize Martins 01/10/2018 - 11:20

Deveriam dar oportunidade pros brasileiros, pois tem muitos brasileiros que iriam pra lá com certeza!!!

Reply
ANTONIO F LISBOA 09/10/2018 - 15:11

AMIGO, SE VC FALAR UNS 4 IDIOMAS E UMA BOA FORMAÇÃO VC ATE PODE TENTAR, MAS E UQUE ACONTECE POR LA! AS PESSOAS TEM BOA FORMAÇÃO , ENTÃO PARA QUE FICAR PEREGRINANDO DENTRO DE CAMINHAO?

Reply
Benedito Henrique domingos 22/03/2019 - 18:41

E só dá uma chance que vai motorista para lá,,,,

Reply

Escreva um comentário