Grandes empresas planejam ter frotas próprias contra lei do frete

por Blog do Caminhoneiro

De acordo com um estudo publicado pela Integration Consulting, grandes empresas do setor de agronegócio tendem a buscar frotas próprias ou outros modais de transporte, evitando contratação de fretes terceirizados, para não pagar os valores da política nacional de preços mínimos do transporte rodoviário de cargas, conhecida como lei do frete.

De acordo com a pesquisa, empresas que movimentam bilhões de reais por ano apenas com transporte de cargas planejam grandes investimentos para se livrar da conta do frete, que, de acordo com estudos das próprias empresas, pode subir mais de 20% com a aplicação da lei.

Entre as empresas consultadas pela Integration, estão a Amaggi, que já comprou 300 caminhões para atender aos próprios fretes, e deve receber a frota em fevereiro, a JBS, que comprou 360 novos caminhões em agosto e já está com os novos veículos em operação, e a Cargill, que estuda compra de uma frota própria, mas ainda espera uma definição quanto à constitucionalidade da lei dos fretes, que deve ser definida pelo STF.

Outras empresas embarcadoras buscam ainda outras soluções, como parcerias com outros embarcadores, uso de trens e barcaças, compra de transportadoras inteiras e ainda outras opções.

A grande maioria das empresas irá passar por uma revisão completa dos modelos de operação, buscando alternativas estratégicas de logística se a Lei do Frete Mínimo foi consolidada.

A maioria das empresas ainda aguarda uma definição do Supremo Tribunal Federal para fazer alguma alteração definitiva nos seus modos de trabalho, que não serão alterados se a lei for considerada inconstitucional, e os valores de frete continuarem a serem pagos como antes da greve.

Montadoras de caminhões já estão recebendo sondagens e orçamentos para compras de grandes lotes de caminhões, mas a finalização dos negócios também depende da aprovação da constitucionalidade da lei.

As empresas que pretender passar a ter uma frota própria, também analisam o custo de manter, além dos caminhões, um novo setor de operação, com mais contratações de pessoal, manutenção dos veículos e outros custos inerentes à operação dos veículos.

O STF ainda não tem data para votar a constitucionalidade da Lei do Frete Mínimo.

COMENTAR

QUER ENTRAR EM CONTATO COM O BLOG DO CAMINHONEIRO? ENVIE UMA MENSAGEM CLICANDO NO NÚMERO ABAIXO

042-3532-4235

77 comentários
0

Artigos relacionados

77 comentários

David 06/01/2019 - 15:45

Bota na ponta do lápis não compensa ter o proprio caninhao pra transporte melhor pagar o frete uma coisa que devia existir e o próprio altonomo fazer seu manifesto de carga pq o fazendeiro paga 150 o frete e as empresas passam a 100 pra nois

Reply
Luis Mello 18/12/2018 - 10:24

Não tem como nenhum tabelamento dar certo, as coisas são muito dinâmicas e a tabela estará sempre desatualizada. Além disso qualquer tipo de tabelamento é coisa de governo comunista é retrocesso, esqueçam que pode funcionar.

Reply
Jair Martins 16/12/2018 - 22:23

Boa noite! Vai la compra frota que nos vamos trabalhar para vcs alei trabalhista depois de um ano vai fazer vcs entregar para o motorista em troco da rescisão ! Nos caminhoneiros Altonomos somos sobreviventes e nos adapitamos em qualquer situação um abraço e Boa sorte e que Deus nos proteja!

Reply
Sérgio Augusto de Mello 16/12/2018 - 18:59

Não adianta comprar caminhões novos e não ter motoristas p operar, tem é q mudar a política do agronegócio q ao invés de reclamar da tabela de frete passe a lutar contra o aumento abusivo dos preços de peças de caminhão é o preço abusivo do preço do óleo diesel ou será q as máquinas e tratores são movidos a água?????

Reply
jose ossi 16/12/2018 - 15:23

Boa tarde favor do piso mínimo do frete reduz o abuzo dos agenciador de carga comtra os autônomos

Reply
Marcelo 16/12/2018 - 11:45

Vai ser ótimo!!!!
Assim as empresas contratantes de fretes sentira a realidade que um motorista autonomo, ou as transportadoras passam neste país.
Combustível caro, estradas esburacadas, violência nas estradas, imposto auto, pedagio caríssimo, manutenção cara, e por aí vai……..

Reply
Edgar 16/12/2018 - 11:44

Sinto muito mais é só pressão de compra
Eles sabe muito bem o valores de manutenção
Por muito pouco ai tem muitas transportadora quebrando.
Si fosse tão bom porque nao compraram antes.

Reply
Alessandro 16/12/2018 - 11:31

Acho bom mesmo os grandes comprarem vai uma forca a mais na hora de cobrar do governo menores valores no diesel impostos que incidem em cima de pneus e pecas assim as vezes a gente trabalha menos e ganha mais porque eu so trabalho e nao vejo dh

Reply
Fábio 16/12/2018 - 11:21

Tomara que as empresas comprem suas próprias frotas fi sim eles vai ter o maior prejuizos oo motoristas estão deixando de ser trouxas das empresas

Reply
Luis Carlos Marquezin 16/12/2018 - 09:34

Bom dia companheiros todo este transtorno sobre a tabela minimm do frete é a incompetência dos nossos políticos na minha opinião o frete tem que ser negociado diretamente com as empresas ou o dono da mercadoria ok

Reply
Luiz 16/12/2018 - 07:39

Só um detalhe, os proprietários de terras e fretes sofrem tanto que compram caminhões como se comprassem um sorvete e o caminhoneiro para trocar , estou falando para trocar e não comprar um caminhão , sofre e às vezes não tem condições de adquirir por falta de condições de remuneração de frete , que não conseguirá pagar parcela, seguro, licenciamento, pneus , manutenção e ainda as despesas de casa. Muitas vezes os poucos que conseguem se matam nas estradas e deixam de pagar o seguro , ou rodam com pneus até alisarem por não ter condições de pagarem uma reforma ou mesmo comprar outro pneu. Repito e digo , caminhoneiro tem que aprender a fazer conta e enxergar mais longe e não o imediato. Caminhão pequeno tem que faturar bruto no mínimo 15 mil reais/ mês ; caminhão toco 25 mil reais/ mês ; caminhão Truck 35 mil reais/mês ; Bitruck 40 mil reais/mês; Carreta 45 mil reais/mês; bitrem 60 mil reais/mês ; rodotrem 70 mil reais/mês. Estes são valores mínimos, para o caminhoneiro ter condições de pagar todas as despesas e ainda ter uma vida digna e que possa pagar um estudo bom para os filhos, ter uma casa decente, uma alimentação adequada e poder planejar o futuro com mais esperança e dignidade, afinal carregamos o Brasil sobre rodas e jamais deixara de existir o caminhão…..

Reply
PauloAlves 13/04/2019 - 14:36

Verdade.muitos não sabem fazer contas vive de ilusão.

Reply
Gercy braatz 16/12/2018 - 06:52

O errado somos nós… Enfatizamos o nome TABELA DE FRETE…. ESTAMOS ERRADOS TEMOS DE PARAR DE FALAR ASSIM.. É MUDAR ESTA FALAR.

TEMOS DE FALAR E ENFATIZAR.

TABELA DE CUSTO.

PARAR DE FALAR EM TABELA DE FRETE SOA MAL… PARECE QUE MANIPULAÇÕES PARA GANHAR RIOS DE DINHEIRO, O QUE NÃO É VERDADE.

SUGIRO QUE SE PARE DE FALAR EM TABELA DE FRETE.

É MUDAMOS EM FALAR EM TABELA DE CUSTOS.

ATÉ PERANTE opinião PÚBLICA ISSO É MELHOR.

Reply
Adriano 16/12/2018 - 06:46

Seria bom mesmo, uma super frota com super custo e super prejuízos….
Sentirão na pele o que nos passamos!!!
Boa sorte.

Reply
Gercy braatz 16/12/2018 - 06:43

Tudo é igual o custo é pra todos, está TABELA E DE CUSTO e não de ganho… Quem comprar caminhão no final vai Andar em cima desta TABELA DE Custo…. Não resolverá comprar. Pior seta

Compra um rodotrem hoje por quase um milhão.
Tem despesas, riscos de ação trabalhista ociozidade fora das safras e depois de 3anos o caminhao vale 500.000,00

SÓ perdas.. No final.

Empresa seria, estruturada, Faz estudos sério e vê que não é vantagem… Só as egoístas que pensam em comprar… Mas sem estudos sérios.

Reply
Elson 16/12/2018 - 06:40

É o poder do dinheiro das multinacionais do agronegócio consegue muita coisa, mas graças à desvalorização da profissão temos um problema muito maior q a tabela do frete pra resolver, os profissionais, existe um déficit muito grande de motorista disposto a ficar longe da sua casa, sem falar no custo pra sem manter uma frota, acredito que teremos mudanças significativas com ou sem a tabela do frete no transporte.

Reply
Gercy braatz 16/12/2018 - 06:39

Compra um rodotrem hoje por quase um milhão.
Tem despesas, riscos de ação trabalhista ociozidade fora das safras e depois de 3anos o caminhao vale 500.000,00

SÓ perdas.. No final.

Empresa seria, estruturada, Faz estudos sério e vê que não é vantagem… Só as egoístas que pensam em comprar… Mas sem estudos sérios.

Reply
Marcos 15/12/2018 - 23:56

Infelizmente a lei do frete mínimo é péssima para o motorista autônomo ,só eles não sabem disso,e um ganho provisório, trabalho em uma multinacional e já estamos com vários projetos engatilhados se a lei realmente vingar ,usaremos cabotagem , circuito com outros embarcadores, veículos mensalistas etc etc etc ,fora possibilidade de Frota própria então quero ver quem vai ganhar com frete mínimo acho que só as grandes transportadoras

Reply
Rodrigo 16/12/2018 - 05:28

Concordo mais esse problema é do governo e ele nao ta ai com nada mais janeiro teremos uma posicao nova espero que seja abaixar o oleo diesel e com isso a tabela vai despencar tanto que eles proprios vao querer o fim dele ja existe gente que acha ela barata caso bh pro rio ou bh para es

Reply
Adriano 16/12/2018 - 06:54

Bom dia.
Infelizmente chegamos nesse ponto por conta de multinacional igual a sua!!
A contra opinião de pagamento egoísmo e exploração…
Façam suas frotas, enfrentem desvalorização de seus investimentos, prossesos trabalhistas manutenção logística estruturas!!!
A tabela é justa !!!
Cobre custos e nos dá direito de viver com dignidade…
Se não entende, compra um caminhao e sinta o que nós passamos nos últimos anos!!
A conta chegou…e vamos lutar pra que seja paga!!

Reply
Marcelo Silva Lopes 15/12/2018 - 23:25

Sabemos que existe, o apoio ao desenvolvimento, mas deveria de a ver uma fiscalização, um limite de ajuda! Não é 300 pelo BNDS, com carência e tudo mais,logo sugam 5 anos e entregam 300 sucatas… Falência! ?

Reply
Valdemir Alves galo 15/12/2018 - 23:21

A lei que sempre vai prevalecer será a do quem pode mais chora menos. Com piso mínimo ou não; se da lucro enche de caminhão até sobrar pois todo mundo quer comprar caminhão e o autônomo não ganha dinheiro. Se não da lucro sobra carga e o autônomo trabalha mas não paga as contas pois não da lucro.
Todos querem um trabalho digno que de um certo retorno por sua dedicação em fazer aquilo que se sente bem em fazer; o padeiro, o feirante, acorda as 4 hs da manhã para atender seus clientes e recebe um lucro relativo para que continue acordando de madrugada. O agricultor planta e visa uma boa colheita para que continue plantando. O dono do posto de gasolina compra a gasolina a x e vende a y para pagar a água, luz, arrendamento, funcionários, etc e ter um certo lucro no final do processo. Vejam isso acontece o tempo todo, mas infelizmente o caminhoneiro autônomo não consegue ter lucro, mesmo acordando as 4 dormindo as 21, 22 ou as vezes nem dormindo. Levando a farinha, semente, veneno, adubo, gasolina etc… para todos terem lucro.
Mas isso como se explica de forma facil: desunião da classe; o que torna a permanência no mercado bem mais sofrida.

Reply
Marcelo Silva Lopes 15/12/2018 - 23:19

Empresas que a anos explora os caminhoneiros, frete lá em baixo, pior que já cobrando a tabela não repassam essa ao caminhoneiro, claro repassar porquê, não a fiscalização nem punição. Outra fica fácil comprar 300 cavalos, com quantos anos de carência, BNDS comédia… Tinha que fazer uma limpa nesse BNDS. Espero que o nosso futuro Presidente olhe por essa classe, que forme um ministério que conheça esse meio, e que lute por nós! Abração

Reply
António 15/12/2018 - 23:13

Bom dia eu motorista e eu quebrei com um caminhão pago só devendo a carreta.
Vcs acha que é fácil assim vai lá e compra caminhão.
Pode crê se isso realmente acontecer não vai ser só roubo de pneus não.
Tem muito louco nesse ramo.
A hora que a água bater e eles não conseguirem trabalhar os grande também não vai .
Se sair vai ter muito caminho de empresas QUEIMADO .

Reply
Eginaldo 15/12/2018 - 22:49

Existe pra esses senhores a facilidade de comprar caminhão, mas existe pra eles a falta de experiência de mantê-los,a pior peça do caminhão fica entre a direção e o banco (a maioria)tenho 3 caminhões, sei o quanto é dificil manter essa pequena frota,tenho 40 anos de experiência no ramo,mesmo assim tenho dificuldade organizacional de pessoal,olha que são apenas 3 motoristas,imaginem 300, ,administrado por alguém sem ou com pouca experiência com esses profissionais,com certeza será o caos,não tenham medo colegas,é só questão de tempo,basta ver as experiências passadas,e sem contar que o mercado destes profissionais e muito defasado.Então eles voltarão implorando pra pagar a tabela de fretes,mas não terão tantos autônomos disponíveis,entrarão em colapso porque a oferta vai tá grande, aí é hora do autônomo cobrar o q quiser pelo frete.

Reply
José Carlos Xavier 15/12/2018 - 22:36

Seria bom mesmo que as empresas envestisem, porque assim ia comtratar motoristas,ia dar empregos a motorista como eu,que tenho 63anos,tenho 40 de esperiencia é não tem vagas para a função,aí sim sugiraos oportunidades para vários motoristas desemprego como eu,porque quem é velho não tem trabalho ok.

Reply
Laureano alves de souza 15/12/2018 - 21:48

Vai compra mesmo mas paga um bom salario viu porque pra ganhar 3 mil por mes pra nao ter casa o motorista prefere vender churrasquinho. Agora si estes otarios pagarem beim eu encosto meu caminhão e vou trabalhar pra eles .trabalho 2a3 anos saio e penduro ainda monte di otarios.acostumou a ficar rico nas costas do autonomo ne ? Vamo ver ate quando vao aguentar .cuidar de caminhao e motorista kkk

Reply
Valdecir 15/12/2018 - 21:44

Tem mais vcs não acham q uma empresa vai comprar 300 caminhões assim do nada sem ter uma boa estratégia …essa gente e milionário porvq não e burro né ou vcs acham q eles vão comprar 300 caminhões pra depois pensar em contratar as pessoas ….isso já está tudo pronto essa gente não da ponto sem no.

Reply
Valdecir 15/12/2018 - 21:40

Temos 14 milhões de desempregados nesse país mão de obra não vai faltar amigos nao adianta se iludir a lei do mais forte quem tem faz e acontece

Reply
Laureano alves de souza 15/12/2018 - 21:49

Vc vai la ttabalhar de graca pra eles .burro mesmo bv temos 14 milhões de desempregados nao e 14 milhões de motorista não animal kkk

Reply
Alexandre faria 15/12/2018 - 21:27

Quero saber onde vão conseguir tantos profissionais…

Reply
Valdecir 15/12/2018 - 21:24

Negativo qualquer ramo de negócio nesse país depende de uma lei universal chama LEI DA OFERTA E DA PROCURA …não tem mel na chupeta pra ninguém e não sei pra camioneiro q iria ter se teu ramo tá ruim faz igual a qualquer um muda de ramo

Reply
Antonio jose 15/12/2018 - 21:21

Agora qm disafia somos nos os camioneiros esse safado do antono gaaudin ,compre a sua frota p=opia q eu kero ver va e dirija rles vcs mesmos pq kero ver onde vcs vao arrumar os motoristasseus otarios compre sua frota seus filas daa puta duvido va sr antonio gaudin mude de ramo se nao ta prestando kkkkkk

Reply
Charles Augusto 15/12/2018 - 21:10

Tudo tem uma base de preços porque pra nós ñ pode ter

Reply
Antonio jose 15/12/2018 - 21:24

Deixa eles comprarem q eu kero ver eles arrumar os motoristas kkkkkk to disafiando comprem vamos la se ta ruim sr antonio gaudim mude de ramo seu fila da puta

Reply
wanderson 15/12/2018 - 21:07

so ainda nao pesquisarao que não tem mao de obra pra tanto,eu não vou me sujeitar! MUDO DE PROFISSAO,ta pensando que os jovens vai querer a rotina que temos?fica fora de casa, perder feriado, festas e finais de semana dentro de um de um caminhão como a gente faz ? e ruim heim to pagando pra ver onde vai arruma tanto motorista.

Reply
Alexandro 15/12/2018 - 20:29

Quero ver arrumar motorista pra estes caminhões falar é fácil

Reply
Adenilson 15/12/2018 - 20:26

O produtor vendia a qual valor sua soja a quatro anos atrás, hoje vende no mínimo pelo dobro e o frete sequer teve aumento, mesmo subindo diesel e pedágio, seria bom que comprassem esses caminhoes e daí quero ver se dão conta de manter eles com os valores anteriores de frete.

Reply
DANIEL 15/12/2018 - 20:23

Com os novos planos das concessionárias de manutenção, antes de sucatear eles vendem , infelizmente a tabela foi um tiro no pé, muitos se prejudicarão .

Reply
Maycon 15/12/2018 - 20:06

Se não ter mais transportador autônomo daqui dez anos eles vão vender essas 300 sucata pra quem aí tem que vender pra gerdau fazer ferro

Reply
Edmilson 15/12/2018 - 18:28

ESSAS EMPRESAS DE AGRONEGÓCIOS SAO AS MESMAS QUE FICAM DANDO CALOTE.EM BANCOS, AS MESMAS QUE DEVOLVEM IMPLEMENTOS POR FALTA DE PAGAMENTOS, E FICA DANDO CALOTE NO GOVERNO ALEGANDO PREJUIZOS NA SAFRA, TOMARA QUE COMPREM BASTANTE CAMINHOES, PARA CADA CAMINHAO VAO PRECISAR DE 3 MOTORISTAS, A JORNADA PERMITIDA E DE 8HS DIARIAS, SOMA-SE AI FERIAS, 13, HORAS EXTRAS, PERNOITE, E DIARIAS, E TEM MUITOS OAIS DE FAMILIA PRECISANDO DE TRABALHO

Reply
JoãoFernandes 15/12/2018 - 18:27

Parabéns as grandes empresas, que elas comprei milhões de caminhãoes. Como diz os colegas são quatro anos para se ter uma carteira Esses empresários endiotaa pega os fretes pelo preço absurdo E nus pagam uma micharia. Não se esqueçam que nos autônomos samos moioria se nos nus juntarmos, como fizemos na greve podemos montar um conjunto de transportadora e brigarmo de igual, com vocês podemos também beber água desta fonte. Como disse nosso presidente, os caminhoneiros acima de todos. E DEUS,acima de tudo

Reply
Paulo 15/12/2018 - 18:06

Otimo que comprem caminhoes assim saberao dar valor aos autonomos.vao saber o quanto gasta um camioneiro em manutençoes.melhor noticia q ouvi.e as empresas q nao comprarem caminhoes q paguem o frete justo.e as transportadoras sao atravessadores ganham o dobro do frete so pra manifestar a carga essas tambem tem q acabar.

Reply
Ricardo Galdino (Butina) 15/12/2018 - 17:40

Sou caminhoneiro e acho que a melhor coisa que as grandes impresas deve fazer e ter sua frota própria aí eles irá ver como é ser dono de caminhão verá como tem dificuldades e os autos custos de manutenção.
Com sertesa eu mesmo incentivo que todas impresas compre caminhões muitos mesmos.

Reply
Antônio 15/12/2018 - 17:35

Parabéns, eu acho ótimo que isso aconteça de verdade, pois só assim saberão o quanto cuy manter um caminhão rodando em nossas estradas esburacadas, o auto valor dos pedágios bem como o “cafezinho” de alguns policiais rodoviários, isso sem falar na demora que estas mesmas empresas levam para carregar e descarregar uma carga, onde faz os caminhoneiros ficarem algumas vezes dias parados em uma fila interminável e sem nenhum tipo de apoio aos caminhoneiros que ali estão esperando para poderem carregar e descarregar seu caminhão por pura incompetência ou má-fe mesmo destas empresas!

Reply
Leandro 15/12/2018 - 17:18

Comprar é fácil, quero ver conseguir motoristas e arcar com todos os direitos trabalhistas.

Reply
Ednaldo Santos 16/12/2018 - 01:03

Isso aí irmão, li varios comentários, mas poucos pensarem nessa linha de raciocínio. Caso alguma empresas optem por frota própria, terem que arcar além dos custos conhecidos, com o custo da legislação.

Um motorista CLT, torna a empresa refém da legislação, e vulnerável a infinitas possibilidades de ações trabalhistas. O autônomo trabalha até 16 horas diárias, um CLT no máximo 10h = 8(normais) + 2 ( h. Extras). Ou seja, precisariam do dobro da frota pra fazer o mesmo trabalho. Além dos problemas ergonômicos, acidentes, afastamentos, rodízio de motoristas, etc… realmente acho que essas empresas podem estar blefando pra pressionar a anulação da tabela, mas tb não duvido que sejam capazes de realmente migrar pra frotas própria. Vamos ver no que vai dar… enquanto isso vamos trabalhar. Abraço e sucesso a todos.

Reply
Dumit 16/12/2018 - 10:34

Parabéns pelo seu comentário,mais no mínimo vai ter que contratar 600 motorista (se desses 600, a metade tiver experiência de estrada, e não aventureiros,o trânsito na estrada estara um pouco mais seguro.

Reply
André Luiz Cândido 15/12/2018 - 16:59

Parabéns para eles. Assim eles vao saber quanto é o custo de um caminhão. Mas o jogo tem que ser justo . Os benefícios que eles tiverem para comprar nos também deveríamos ter.

Reply
Antônio Augusto Maia 15/12/2018 - 16:57

A solução está na eliminação das transportadoras, e criar plataformas digitais, a prova mais recente que dará certo foi a eleições presidenciais tudo nas redes sociais contra todos, nós estamos com a arma na mão. BOA SORTE PARA TODOS NÓS

Reply
Gabriel Brasco Filho 15/12/2018 - 16:36

Eles tem que saber quanto custa manter um caminhão, motoristas,pneus, socorro nas estradas etc. Deixa comprarem depois vendem por bagatela.

Reply
Carlos André Marcelino 15/12/2018 - 16:06

Meu sonho é que essas empresas compre 1000 caminhões cada uma, 200, 300 é pouco!! Quero ver onde irão arrumar motorista, tem empresa com frota de 20, 30 caminhões ja não tem motorista imagina esses babacas citados na reportagem.

Reply
Jefferson 15/12/2018 - 14:36

Vao buscar motoristas em marte ou júpiter eu sou caminhoneiro e nao trabalho pra estas ai citadas primeiro ninguem vai largar de seu caminhao pra ganhar um salario mediucre ter ficar brigando pra folgar e virar escravos destes tais grandões do agronegocio nossa classe esta acabando ninguem insentiva mais seus filhos virarem caminhoneiros pois virabos chacotas da sociedade

Reply
Jaime 15/12/2018 - 14:31

Será eles não entende que as transportadoras que são os culpados se o produtor paga 3000 num frete a transportadora repassa para o caminhoneiro por 1500 quem tá ganhando dinheiro aí caminhoneiro arca com as despesas e a transportadora arca com que outra coisa já falta motorista querem comprar caminhão por quem pra dirigir estas molecada pra matar ou morrer

Reply
Ovidio 15/12/2018 - 16:23

Concordo Jaime. A questao nao é o valor que o produtor paga pra escoar a safra.O problema é o valor que as empresas de transportes que pegam o frete e nao dao conta do serviço e repassam pra nós autonomos.

Reply
Marcos admmm 15/12/2018 - 13:59

Eu duvido que o governo fará alguma coisa …

Reply
Elberth 15/12/2018 - 13:29

Não se exiem, as planilhas de custo das empresas poderão ser até convincente, mas os custos adicionais são maiores como disponibilidade de caminhões no pátio, veículo reserva, manutenção externa, acidentes, horas extras de funcionários, equipe logística e manutenção. Inicialmente será muito bom, com seis meses de operação sentirão os prejuízos e retornarão para o autônomo.

Reply
João Luiz 15/12/2018 - 13:42

COM CERTEZA, PODE COMPRAR UMA GRANDE FROTA NÃO VAO AGUENTAR UMA SAFRA.

Reply
Sebastião 15/12/2018 - 14:38

Esses,empresários do Agro negocio, são egoístas, querendo que, o autônomo,trabalhe de graça,acostumaram, a ganhar em cima de nos, é e isso, que eles querem., deixa, eles, sentirem na pele,que eles, vão ter, e voltarão a dar valor no autônomo.

Reply
cristian porcher 15/12/2018 - 13:26

E viva! As montadoras adoraram ,vai ter fila pra 3 anos pra quem quiser caminhão novo! Parabéns aos autônomos que fizeram greve, cambada de idiotas, não vão ter frete melhor,não vão ter caminhão novo, e os fretes vão ficar com as empresas, remunerando pouco e acabando com as estradas, que não aguentarão os pesos! Viva o Brasil!
Ps: sou caminhoneiro, empregado e motorista de 1933, me poupem de comentários inúteis! Obrigado.

Reply
Anônimo 15/12/2018 - 13:18

Quanto mais caminhao um empresário rabugento compra mais dor se cabeça ele vai ter, agora eu vi mesmo os motoristas autônomos nn tem direito nenhum. A maioria dessas grandes empresas são uma mafia do oligopólio.

Reply
Leonardo 15/12/2018 - 13:17

Voces acham que o bolsonaro vai deixar os camhoneiros na mao um homem que se elegeu sozinho o brasileiro mais macho que o sol ja cobriu ele achara uma forma que fique bom para todos ele e um homem que esta no nivel das grandes personalidades da humanidade nao vai riscar sua imagem por um assuo que os grandes. Paises ja resolveram. Confiem no nosso presidente no nosso unico protetor alem de deus .ranses

Reply
João 15/12/2018 - 12:47

Os grandes produtores ou embarcadores não precisa fazer planilha em seus investimentos, basta hipotecar suas fazendas e adquirir sua frota própria, basta eles trabalharem de acordo com a demanda do mercado, não isto que elas devende, porque estão fazenda planilhas ,.nos autônomos não podemos planejamento dos custos, temos que trabalhar de graça

Reply
João 15/12/2018 - 12:42

Grandes empresas conta com investimento do BNDES, ou linhas de créditos especial para produtores rurais, como descrito na materma os custos será analisado em manter a frota, por isso e importante ter preço mínimo nos fretes, se existe calculadora para eles, também deverá ter calculadora para os autônomos.

Reply
Revelino Saplinsky 15/12/2018 - 12:40

Que comprem seus caminhãoes e vejam em quantas dezenas de anos vão conseguir tirar o investimento, isso se conseguir tirar o que investiu.
Se caminhão desse tanto dinheiro, os autônomos andariam em caminhões novos.
Quero ver quem consegue investir 700 mil num equipamento novo e pagar encima do frete, nem que trabalhe 24 horas por dia vai conseguir.

Reply
Arlem Vigilato 15/12/2018 - 12:26

Qdo o frete era uma esmola e os caminhoneiros viviam passando fome na beira das estradas, sendo escravisados pelas grandes empresas tava td ótimo. Agora após dezenas de anos alguém percebeu que a falta de humanidade com o motorista ultrapassou os limites da dignidade, surgiu a tabela mínima de frete (após manifestação que parou o país) os mega-empresários querem comprar frota própria. Eu dou maior apoio, comprem msm centenas de caminhões, quero ver daqui há 5 anos como vcs estarão? Manutenção, diesel, pneus, mão de obra, Seguro, impostos, encargos trabalhistas, fiscais, pessoal qualificado, espera p descarregar na porta das empresas, roubos, acidentes, indenizações, é tão fácil né? É só comprar um caminhão que se resolve td. Quero ver essas empresas dando um tiro no pé. Muitas irão falir por tomar essa decisão por orgulho e picardia. Querem mesmo é fazer um cabo de guerra contra os autônomos que há anos foram explorados e que trabalharam a décadas pela troca de óleo diesel. Senhor Blairo Maggi boa sorte o senhor e seus nobres colegas. Vcs irão arrepender de tal atitude tenho a certeza disso. Milhões de dólares pela exportação não é suficiente p manter seu império? É preciso explorar míseros reais dos caminhoneiros p que sua ganância se torne completa e soberana .Mas tenha certeza de uma coisa a força de milhares de caminhoneiros é mto mais forte do que vc e seus aliados. Não pague p ver. Vamos rir por último kkkkkkk

Reply
Rafael 15/12/2018 - 12:23

Sim com 300 caminhoes a maggi vai transportar td a safra que eles negociam kkkkk
Faz nem cocega.

Reply
Kim 15/12/2018 - 12:18

Que bom assim eles vão ver a dispensa que dá um cominhco e também vão gerar muitos empregos

Reply
Leodemir fabris 15/12/2018 - 12:10

Quero ver pagar manutenção pedágio e motorista comprar caminhão e fácil quero ver manter o caminhão ai vão ver q pagar frete é mais viávil fora seguro mais documentação todo ano .
Boa sorte

Reply
José de Jesus Silva 15/12/2018 - 12:10

PARA AS GRANDES EMPRESAS E FACIL COMPRA MUITAS DELAS NÃO PAGA OS CAMINHÕES.E PAGA UMA MERDA DE SALÁRIO PARA OS MOTORISTAS MORAR DENTRO DOS CAMINHÕES .OS MOTORISTA FICA ATÉ 60 DIAS SEM IR EM CASA.OS MOTORISTA NÃO QUE ISSO NÃO

Reply
Liemerton 15/12/2018 - 12:07

Quero vê arruma motorista esses bosta pagão mixaria pra motorista motorista vai lá bota justiça já era preferem toma no zóio do que paga frete justo merda de firmas

Reply
eloildo 15/12/2018 - 12:00

sou caminhoneiro autônomo por mim já demorou porquê essas empresas não compram logo seus caminhões ai elas vão ver quanto é que custa pra manter eles

Reply
Antonio C Ramos 15/12/2018 - 12:40

Comprem todos os caminhões Novos e usados que tem pra vender, só vocês não podem comprar é os motoristas profissionais, não é o dinheiro é quê não tem existe essa quantidade de profissionais pra trabalhar desgraça pra vocês a categoria como vocês sabe é “E” e isso leva no mínimo 4 anos pra ter, mas mesmo assim vão depender dos terceirizados tudo depende de caminhão não é só no Brasil é em todo planeta, nem um avião, trem ou navio se movimenta se o caminhão não for até eles isso é blá blá blá pra querer intimidar os terceiros e ninguém ta preocupado com isso, paguem a tabela e deixa as coisas correr.Obrigado

Reply
Marcos monteiro 15/12/2018 - 11:58

Compra mesmo , mais paga um salário justo com todos os benefícios que um trabalhador merece nan vai ficar explorando a mão de obra
Se paga bem eu trabalho.

Reply
Venancio 15/12/2018 - 14:07

Quero ver pagar salários pra motorista trabalhar uma jornada de dez hs por dia e dar conta da demanda kkkkk
Trezentos caminhões trabalhando pela lei é muito mais despesa que cem autono trabalhando dezoito hs igual acontece.
Resumindo: cem autonos fazem o msm serviço que trezentos caminhões no msm período de tempo kkkkkkkk

Reply
CARLOS ALBERTO AGOSTIN 15/12/2018 - 15:57

Os empresários do agronegócio pegam empréstimos do Banco brasil e Banco Bnds e outros miséria de juros vendem praticamente tudo q produzem cotado em dólar e não podem pagar um frete justo p quem trabalha de verdade vai comprar frota e se arrepender amargamente pago p ver kkkkkk

Reply
Rodrigo 16/12/2018 - 05:24

A lei foi um tiro no pe espero que o capita tenha como reverter o oleo abaixo de 2reais e voltar a livre concorrencia pois agua so corre pro mar quem tem tem e pronto existe um site fretebras todos conhecem se colocar uma carga la o telefone da nojo de tanto tocar entao esta sobrando e a tendencia com essa tabela é piorar conheco 5empresas pequenas que nao tem frotas mais compraram 2 a 3 veiculos pra fugir do autonomo e isso nesses 5 sao no minimo 10pais de familias empregados e 10autonomos sem cargas

Reply

Escreva um comentário