Juíza do DF proíbe retirada de radares de rodovias




A juíza Diana Wanderlei, da 5ª Vara Federal em Brasília, determinou ontem, 10 de Abril, que a União não retire os radares de fiscalização de velocidade de rodovias, e que os contratos vencidos e que irão vencer sejam renovados.

A multa diária em caso de descumprimento da decisão e de R$ 50 mil. A decisão da juíza atende a um pedido do Senador Fabiano Contarato, do Partido Rede Sustentabilidade, oposição ao governo federal.

A argumentação da ação diz que o Presidente Jair Bolsonaro anunciou que o governo não iria contratar mais lombadas eletrônicas e nem renovar o contrato das lombadas atuais, e no dia seguinte, o Ministro da Infraestrutura divulgou a suspensão da instalação de novos equipamentos.

LEIA MAIS  Reunião entre representantes dos caminhoneiros e ministros acontece em Brasília

O Governo Federal pode recorrer da decisão. Cada radar em operação no país chega a custar, por ano, até R$ 150 mil aos cofres públicos.

4 comentários em “Juíza do DF proíbe retirada de radares de rodovias

  • 12/04/2019 em 14:11
    Permalink

    Fácil de resolver! Repassa pra essa juiza esse custo de mais de 150 mil que saem dos nossos bolsos. Faz ela arcar com essa despesa!

    Resposta
  • 12/04/2019 em 08:59
    Permalink

    Facílimo de resolver! Todos os motoristas responsáveis concordam com a necessidade dos radares!
    Solução do problema! Cadeia para corruptos e corruptores ligados a empresas de radares, licitação em conjunto com estatísticas(sem a participação de datafolha e similares) sérias sobre acidentes.

    Resposta
  • 12/04/2019 em 08:21
    Permalink

    CONCORDO QUE ALGUNS LUGARES A BEIRA DAS ESTRADAS PRECISAM MESMO DE RADARES,LOMBADAS ELETRÔNICAS,MAS ASSIM COMO SEMÁFOROS QUE A NOITE FICAM EM AMARELO PISCANTE AS MESMAS DEVERIAM SER DESLIGADAS,NA NÃO VAI TER CRIANÇAS, ESTUDANTES ATRAVESSANDO A PISTA AS 2:00,3:00 HORAS DA MADRUGADA,MAS COMO A FUNÇÃO DESSES EQUIPAMENTOS NÃO E FISCALIZAR E SIM MULTAR,OUTRA COISA TEM LOMBADAS EM SUBIDAS,VC PRECISA EMBALAR O CAMINHÃO PARA SUBIR E LA ESTA O RADAR PARA TIRAR SUA VELOCIDADE E AJUDAR OS CRIMINOSOS,QUE ALIÁS É A OUTRA FUNÇÃO DESSAS LOMBADAS,MAS AQUI É BRASIL TERRA DE LADRÕES,CORRUPTOS DE UM GOVERNO QUE É JUSTAMENTE CONTRA O POVO TRABALHADOR.

    Resposta
  • 12/04/2019 em 08:08
    Permalink

    Indústria de arrecadação de dinheiro para o governo nada fazer… Sou a favor apenas dentro de cidades em locais específicos, serras e nada mais. O que mais me irrita e acredito que todos concordam, é o fato de locais esquecidos nas rodovias, trevos que não levam a lugar nenhum, com placas de 40 km por hora, chega um policial te pega a 60 e pronto! Feito a cagada, você é multado com 50 % acima do permitido e isso vai para estatísticas como se todos os motoristas fossem irresponsáveis, quando no geral andamos a 80/90 kms, mas a impresdim que passam é da irresponsabilidade quando e apenas uma indústria safada de arrecadação de tributos, o que fazer? Recorrer? É inútil ninguém olha por você.

    Resposta

Deixe sua opinião sobre o assunto!