Primeira sessão sobre Tabela de Fretes ocorre em Belém-PA

A Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) realizou nesta quarta-feira (08/05), em Belém (PA), a primeira sessão presencial da Audiência Pública nº 002/2019, com o objetivo de tratar da Política Nacional de Pisos Mínimos do Transporte Rodoviário de Cargas, conhecida como Tabela de Frete.

Com um público presente de 37 pessoas, foram registradas 15 inscrições para manifestação oral e protocoladas cinco contribuições por escrito, com documentos anexos.

As sessões presenciais têm o objetivo de colher as manifestações do setor, caminhoneiros, transportadores, agentes do setor de logística de transportes e demais públicos, sobre a metodologia proposta para se calcular a Tabela de Pisos Mínimos de Frete.

Os interessados em dar sugestões/contribuições também podem fazê-lo por meio eletrônico, no site da ANTT, até o dia 24 de maio de 2019, às 18 horas (horário de Brasília).

As informações específicas sobre a matéria, bem como as orientações sobre os procedimentos relacionados à realização e participação da Audiência, estão disponíveis, na íntegra, no sítio www.antt.gov.br, até às 9h do dia 24 de maio de 2019. Informações e esclarecimentos adicionais poderão ser obtidos pelo e-mail ap002.2019@antt.gov.br.

As próximas sessões presenciais serão em Recife-PE (10/05), São Paulo-SP (14/05), Porto Alegre-RS (163/05) e Brasília-DF (23/05).

Siga o Blog do Caminhoneiro nas redes sociais

2 comentários

Wellington Oliveira 11/05/2019 - 15:35

Eu teria participado dessa reunião se tivesse sido divulgada. Tenho caminhões e sei o valor de seus custos e agonizo por falta de uma receita compatível para o meu sustento. Tudo por uma alimentação de um seguimento corrupto por gente do governo.

Reply
Josué de Zé de Bia 11/05/2019 - 07:57

As empresas não aguentam pagar essa tabela, fica mais barato ter caminhão próprio, vendas de caminhões novos explodiram.

Reply

Deixe um comentário!

Conheça as miniaturas incríveis feitas por Rodrigo Krause Iveco Glider – O conceito da Iveco para a IAA de 2010 Conheça o caminhão mais rápido do mundo, que pode passar de 600 km/h Scania Frostfire está finalmente pronto Oportunidades de emprego para caminhoneiros em todo o Brasil