Caminhoneiros não conseguem obter empréstimos de R$ 30 mil do BNDES

por Blog do Caminhoneiro

Anunciado em março pelo Governo Federal e “liberado” pelo BNDES em maio, o empréstimo de R$ 30 mil para caminhoneiros autônomos, chamado de BNDES Crédito Caminhoneiro, não chegou às estradas. A reclamação dos caminhoneiros é recorrente em conversas com o Blog do Caminhoneiro.

Na última semana, o Blog do Caminhoneiro entrou em contato com diversos bancos credenciados com o BNDES para liberação de linhas de financiamento, e nenhum deles sabia do que se tratava. Em alguns atendimentos foram oferecidas outras linhas de crédito, exclusivas desses bancos, mas não o crédito do BNDES.

Também tentamos, em contatos via e-mail e telefone, uma resposta do BNDES, que até o fechamento dessa matéria não nos foi enviada.

O BNDES tem em seu site uma página exclusiva para tratar dessa linha de financiamento (CLIQUE AQUI PARA ACESSAR), que conta com informações como prazos, limites, garantias e também a Circular SUP/ADIG Nº 23/2013, publicada pelo BNDES em 16 de maio, que contém as informações relativas à linha de financiamento.

O BNDES Crédito Caminhoneiro deveria liberar valores de até R$ 30 mil para caminhoneiros autônomos e cooperativas de caminhoneiros, para uso exclusivo na manutenção dos veículos e compra de peças e pneus. O valor total da linha de crédito é de R$ 500 Milhões.

Caso o BNDES nos envie a resposta solicitada, esse texto será editado, e um novo será publicado no Blog do Caminhoneiro, com as informações atualizadas.

COMENTAR

QUER ENTRAR EM CONTATO COM O BLOG DO CAMINHONEIRO? ENVIE UMA MENSAGEM CLICANDO NO NÚMERO ABAIXO

042-3532-4235

31 comentários
0

Artigos relacionados

31 comentários

Luciano 23/12/2019 - 02:10

Fico deveras chateado por esse tipo de situação. Pois se até instituições financeiras cadastradas não sabem informar o produto / serviço vinculado ao BNDES,o que resta aos caminhoneiros. Infelizmente, apesar de ser a era de ouro da informação, ainda continuamos convivendo com essas “pedras de tropeço”

Reply
Salomão Siqueira Neto 06/08/2019 - 19:43

Até hoje nada deste financiamento de 30 mil pelo BNDES

Reply
Salomão Siqueira Neto 19/07/2019 - 16:52

Já está em andamento grupos de wats Zapp,para fortalecer a paralização dos caminhoes quem estiver nesses grupos posta aí pois não estou em nenhum e tem tempo que apoio essa manifestação.

Reply
antonio de souza 19/07/2019 - 09:34

idem fui aos bancos essa linha de crédito e desconhecida das instituições ninguém sabe nada e o governo ta onde nessa história mais um blefe nos caminhoneiros somente isso.

Reply
João R soares 17/07/2019 - 18:18

Vc vai au os bancos todos falam a mesma coisa não tem informação nenhuma isso não existe alarme falso ou então deve ser sorteio para alguns mais favorecidos

Reply
Paulo Afonso Krug 17/07/2019 - 14:02

Seria um grande reaquecimento na economia se abrirem crédito para a classe mesmo estando negativado. Mas os bancos só querem emprestar dinheiro pra quem já tem aí com juros baixos e fácil. Nosso caso que precisamos pra trabalhar, recebemos uma porta na cara.

Reply
Paulo Afonso Krug 17/07/2019 - 13:42

Também procurei em todas agências bancárias e ninguém sabia. Fiquei com cara de palhaço e decipcionado com o assunto, o governo prometeu e o BNDES lançou o plano mas parou no meio do caminho.
Eu acho que os bancos não querem se comprometer com tão pouco, aí dizem que não tem nada. Portanto fica complicado para a classe, não sou a favor mas acho que a solução é uma greve gigantesca pra tentar alinhar esse país.

Reply
Eixotorto 17/07/2019 - 13:33

Quando se compara essa linha de crédito com os tradicionais empréstimos bancários chega se a conclusão final que se trata de um empréstimo comum com toda a carga de juros e impostos cobrados pelos bancos convencionais além de garantias como nome limpo , bens a serem ofertados e demais exigências , quem acreditou nesse governo mesmo sabendo que seria um tiro no pé o fez por opção própria , mas ajudou a destruir a já combalida economia do transportador ! Para sobreviver o caminhoneiro terá que entender o significado da arminha e usar o gesto para abastecer , calçar o caminhão , fazer manutenção etc , Pois com o trabalho duro e árduo que a categoria desenvolve diuturnamente não haverá resultados , apenas mais prejuízos ! Eu já parei faz tempo o caminhão , quem sabe eu não aprenda a fritar hambugueres e ganhe um cargo nos EUA ?

Reply
Devaldo José silva 17/07/2019 - 10:45

Verdade,fui ao banco,informaram não existir esta linha de crédito

Reply
Wilson Santos stutz 17/07/2019 - 05:53

Na verdade o governo nunca teve interesse de ajudar o caminhoneiro autônomo

Reply
luis antonio 16/07/2019 - 23:32

Esses Creditos do BNDES Deve Ser Para os Empresarios Como Sempre Foi.Nao Para Caminhoneiros Autônomos como Eles Disem. Porque Nunca Sai Para os Próprios Caminhoneiros Sempre Tem Flaude

Reply
Salomão Siqueira Neto 16/07/2019 - 21:16

Nelson não entendo o governo já liberou 500 milhões via BNDES qual seria o prejuízo dos bancos em repassar a quantia aos caminhoneiros com bom cadastro.
Ou seja o dinheiro e do BNDES.

Reply
Marcos Aurélio sobrera 16/07/2019 - 20:42

Isso é sacanagem com a gente , já liguei várias vezes pro BNDES e para caixa econômica ninguém sabe de empréstimo nenhum.vamos parar essa porra toda pra ver se conseguimos alguma coisa

Reply
Nelson de Carvalho Junior 16/07/2019 - 18:38

Sou Nelson Junior da associação dos caminhoneiros autônomos do sul fluminense (ACASULF) e estou acompanhando de perto sobre esse financiamento do BNDES. Participo do fórum permanente do transporte rodoviário de cargas em Brasília e o BB e a CEF não tem interesse em fazer a operação pois sabem que é de alto risco de inadimplência. Com a falta de trabalho para os autônomos e muitos já endividados as instituições não querem fazer e não se interessam na operação.

Reply
JULIO CESAR LEANDRO PINTO 16/07/2019 - 18:05

Estive a cerca de 20 dias na CEF Procurando informação sobre o empréstimo do BNDES, o gerente não tinha a menor ideia do eu estava falando, inclusive ligou para a central de informações do banco e a resposta foi a mesma.

Reply
Marcelo 16/07/2019 - 18:30

Greve greve greve tá igual o pro caminhoneiro
Autônomo sendo esquecido só promessas

Reply
RODRIGO MESQUITA FERREIRA LIMA 16/07/2019 - 16:26

Descrente com esse governo…. Infelizmente estamos sendo enganados desde o primeiro dia do ano…

Reply
Anderson 16/07/2019 - 15:09

E so os caminhoneiros lembrar que sao homens e nao saco de batata e para essa porra desse pais de vez

Reply
LUCIANO FREITAS FERREIRA 16/07/2019 - 15:22

Os bancos correspondentes insistem em não fazer o BNDES ao caminhoneiro. Dizem que não sabem o que ou que até agora não chegou nada pra eles. Querem vender o plano deles a todo custo com juros super altos. Absurdo!

Reply
Salomão Siqueira Neto 16/07/2019 - 14:30

Hue se o emprestimo e voltado para autônomos com até 2 caminhoes no CPF como que eles querem CNPJ,agora eu vi .

Reply
Salomão Siqueira Neto 16/07/2019 - 14:26

Verdade também fui nos bancos que séria responsável pelo repasse do empréstimo Banco do Brasil e Caixa nunca nem ouviram falar do tal emprestimo. Alguém está mentindo nesta história.

Reply
Ideraldo 16/07/2019 - 14:13

Realmente
Fui fazer um emprestimo para revizar a cx e fazer o motor o banco bradrsco nao tinha esse credito disponibilizado

Reply
Marcos 16/07/2019 - 13:51

Eu fui em uma agência da Caixa econômica federal , lá me informaram que o motorista precisa ter CNPJ ativo a pelo menos um ano pra comprovar renda sem isso não tem empréstimo
Se eu estou duro sem dinheiro nem pra pagar as contas do dia a dia o único comprovante que eu posso mandar pra ele é o de pobreza

Reply
Sofredor 16/07/2019 - 18:53

Bando de desgraçados politicagem do caraio 500 milhões só c for pra enfiar no cu desse políticos malditos pessoal autônomo quem tem um serviço e tá conseguindo tocar o barco agradeça a Deus pq não tá fácil eu fui um que tive que vender o caminhão a preço de banana pq não consegui arrumar motor e culpa disso é dessas empresas que pagam um terço do valor do frete pra gente e das empresas que tem um monte de caminhões e acabam com o frete pra esses o BNDES da moral pois tem um monte de equipamento qualquer frete pra eles ta bom resumindo quem tem mais sempre vai ter mais e quem tem pouco só com muita sorte pra conseguir algo

Reply
Wagner 16/07/2019 - 13:41

Greve no lombo deles de novo acjo que nao aprenderam ainda

Reply
Geraldo Barros Silva 16/07/2019 - 12:53

isso e mais uma mentira igual a tabela de frete

Reply
Salomão Siqueira Neto 16/07/2019 - 12:23

Parabéns a todos os envolvidos no Blog dos Caminhoneiros,Pelo assunto sou caminhoneiro e ia ser bem vindo este emprestimo só que na minha região nenhum banco sabe desta linha de crédito de 30 mil via BNDES

Reply
rac 16/07/2019 - 13:08

A politicagem no Brasil si supera em enganar o povo brasileiro e tudo acaba em pizza!!!!!

Reply
Jacir José Cardoso 16/07/2019 - 15:47

Precisamos é que o governo facilite a troca dos caminhos antigos por novos e libere financiamento . Com um juro justo e realista frente a verdadeira situação dos transportes hoje. Que a grande frota hj e feita por autônomos com seus caminhões velhos e ultrapassados. E são esses caminhoneiros que enfrentam as dificuldades dos transportes. Sonho com esse dia em poder trocar meu velho caminhão por um novo com juros justo

Reply
Claudinei perazzoli 16/07/2019 - 19:49

Boa noite há vinte dias fui na caixa atrás do empréstimo que o governo disse que faria disponível mas o banco me falou que não tinha essa linha de crédito e não consegui nem um tipo de empréstimo esse governo tá nós enganando como todos os outros governos só vejo linha de crédito pra empresa dinovo comprando vários caminhões novos pelo BNDES enguanto os autônomos tão mortos falidos temos que faser greve e ficar um mês parado pra dizer deves essa merda de pais só os grandes tem valor

Reply
rac 17/07/2019 - 08:38

Falar a verdade é preciso esses que dizem ser representantes da categoria só representam os seus próprios interesses nós estamos sendo manipulados e o cerco está si fechando não tem demanda de carga para o autônomo e a bendita tabela mínima de frete não funciona porque a maioria das transportadoras não paga o piso mínimo então meus amigos más cedo ou mais tarde vamos ter que parar porque todos os recursos vão se esgotar infelizmente essa é a realidade….

Reply

Escreva um comentário