Governo prepara terreno para acabar com a tabela de fretes

Em entrevista à Globo News, nesta quarta-feira, 31 de julho, o Ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, disse que o governo tem negociado com os embarcadores, transportadores e caminhoneiros autônomos uma forma de estimular acordos para, aos poucos, acabar com a exigência da tabela de fretes.

“Acho que boa parte dos autônomos já percebem que o tabelamento foi um erro”, disse o ministro, durante a entrevista.

LEIA MAIS  SVD Transportes Rodoviários apresenta novidades em serviços na Fenatran 2019

Apesar disso, a tabela não será derrubada de uma hora para a outra. O que o governo irá fazer é uma série de negociações, para que a tabela deixe de ser obrigatória aos poucos. “Um trabalho de conscientização que talvez a gente avance”, disse.

“A ideia é formar vários acordos. Estamos preparando o mercado para sair da tabela, é um trabalho de negociação e convencimento. Estamos desarmando isso lentamente”, completou o ministro.

LEIA MAIS  Governo discute novas linhas de créditos para caminhoneiros

A fala do ministro vai de encontro a um movimento de grandes embarcadores, que, ao invés de pagarem os preços da tabela dos fretes aos caminhoneiros, investiram na compra de frota própria, assumindo os custos do transporte, mas evitando a contratação de motoristas terceirizados.

Você pode assistir à entrevista CLICANDO AQUI.




34 comentários em “Governo prepara terreno para acabar com a tabela de fretes

  • 02/08/2019 em 08:16
    Permalink

    Até parece que caminhoneiros autônomos são funcionários públicos!! Que tanto citam o governo nos seus problemas! Esqueçam tabela isso é um tiro na própria cabeça! Olhem o setores que tem bons ganhos eles querem distância do governo! Guedes e Bolsonaro querem sair de cima da nossa categoria e alguns estão implorando pra carregar o Estado, que é pesado demais pro nosso caminhão! Nossa luta é contra o atravessador e a transportadora sem frota, o frete que as empresas pagam são excelentes, visto que as grandes transportadora são ricas ,bem caminhão novo e caros , precisamos conseguir receber o frete não tabela!

  • 02/08/2019 em 00:19
    Permalink

    Ai ai, se com a obrigação de cumprir a tabela eles já querem entrar num acordo bem abaixo do valor do frete. Só espero que abaixe o diesel pq esse trabalho de “conscientização” no meu ver, vai piorar mais ainda a situação do autônomo.

  • 01/08/2019 em 23:29
    Permalink

    Acabar com a tabela na minha opinião é um retrocesso… A tabela de frete torna obrigatório o pagamento do valor, e com a tabela de frete temos referência de valores… Simples assim… Mas na vdd quem manda é quem tem dinheiro… Eu com apenas um caminhão acabo por sucumbir diante desses empresários que fazem o governo refém…

    • 02/08/2019 em 05:10
      Permalink

      Não tem frete, pq as grandes em vez de negociar direto tem que pagar frete tabela então ela compra um caminhão e resolve este problema.. Já que elas são fiscalizadas, aí ficaram somente cargas de pequenas empresas que a fiscalização não chega e continua tudo como era antes, muito caminhão e agora menos carga ainda.. Só por exemplo grupo TORA comprou 200 conjuntos e fora tantos outros.. Só chegar lá na concessionária e veja a fila de espera para cavalo mecânico…

  • 01/08/2019 em 21:34
    Permalink

    Boa noite !sou caminhoneiro autônomo, só que não entendo, é que dizem que tem representantes de caminhoneiros em negociação por nós,em até,assinar acordo para que não haja paralisação por determinado tempo. não passei procuração pra ninguém assinar por mim.peço a Deus que se resolva da melhor forma possível,pra ambos os lados.mais se não for favorável, é direito nosso reenvidicar nossos direitos.

  • 01/08/2019 em 20:19
    Permalink

    Sou caminhoneiro a 38 anos nunca faltou serviço.agora com essa tabela nao consigo trabalhar.criei meus filhos nunca faltou nada dentro de casa agora vou começar a vender o que adquiri para poder me manter.essa tabela serviu para enriquecer ainda mais as transportadoras.

  • 01/08/2019 em 19:32
    Permalink

    Motorista já prepara terreno para uma nova greve por tempo indeterminado

    • 01/08/2019 em 23:07
      Permalink

      Kkkk…bem dessa mesmo…nem estão pagando a tabela que e justo e já querem tirar….a questão é o Agro negócio…eles não conseguem escoar a produção nem comprando os caminhões…e sabem que investir em caminhao pra ficar oscioso quando não tem safra é um erro….os setores como fábricas já pagam até mais do que tabela…mais o Brasil e a fazenda do mundo…por isso a pressão pelo não aprovarem

  • 01/08/2019 em 18:57
    Permalink

    hoje é fácil de resolver a situação do motorista autônomo só regularizar o ganho da transportadora para ganhar 12% só aí acabou o problema porque tem transportadora aí que quer ganhar 40 50% ensino motorista autônomo não adianta ter tabela de frete eu vou te dar um exemplo meu esses dias para trás eu carreguei de volta redonda no Rio de janeiro para São Gotardo no triângulo mineiro o meu frete da empresa deu 4700 a transportadora pagou para mim a pagou só dois e quinhentos para mim ela levou mais de 50%por isso tem que fazer um projeto de lei para limitar o ganho dele para não deixar ele ganhar tanto que eu chegar aí

    • 01/08/2019 em 19:13
      Permalink

      A sra esquece que a transportadora tem custos de seguro da carga e despesas internas tb? Tem funcionários…tem impostos…ou seja se fazer essa conta sua que a empresa ficou com 50% tira tudo isso que eu disse e outros custos tb capaz de sobrar 20 à 30%…então pensa antes de falr besteira.

      • 02/08/2019 em 09:53
        Permalink

        O imposto é só 12%.
        E vc acha justo o autônomo pagar o salario dos seus funcionarios?

      • 02/08/2019 em 18:01
        Permalink

        Anderson 30% de 100 = 30,00
        30% de 1000 = 300,00
        30% de 3000= 900,00
        E por aí vai. Quantas cargas uma transportadora estrutura tira por dia? Entendo que seu custo não é baixo, mas numa matemática simples o custo do caminhão tbm é alto concorda? Complicado para ambos, custo de empresa é alto, devido aos encargos tributários, e o caminhoneiro então tá lascado.

  • 01/08/2019 em 18:25
    Permalink

    Só tinha uma saída.cada estado criar um sindicato forte com homens de verdade.

  • 01/08/2019 em 18:21
    Permalink

    Mais uma prova que só enrolação,falar nisso já retiraram,os 30,000 disponível, para os autônomos ? Ó raça conformada. Nem cobram , todos enganados!!!

    • 01/08/2019 em 19:40
      Permalink

      Tem muita gente inganado os motoristas já prepara o terreno para uma nova paralisação conjunta empregados e autônomos por tempo indeterminado aí sim estes travessador vai sentir a falta e o valor que o motorista tem no Brasil quem quiser pagar para ver inscreve

  • 01/08/2019 em 18:13
    Permalink

    Eu sou camioneiro outonimo mais sou contra a tabela tem que ter o livre negociação

  • 01/08/2019 em 17:34
    Permalink

    Boa tarde. Lamentável tudo isso, estou com um conjunto em Belém, tentando carga para voltar, mas quando encontro, o frete oferecido não dá para pagar o diesel… Cadê a tabela ou a ANTT???

    • 01/08/2019 em 23:57
      Permalink

      Se todos noo motoristas autonomos começarmos a denunciar isso vai mudar,temos que carregar esses fretes batatos patar e denunciar so assim vao começar a pagar o que e nosso por direito,duas multas que uma emptesa levar ekes ja começam a pagar o certo.

  • 01/08/2019 em 16:36
    Permalink

    Caminhoneiros pediram esse GOVERNO e agora estao comendo capim que ele mesmo ofereceu…..vai trabalhar ATÉ morrer pra deixar de ser idiota

  • 01/08/2019 em 15:03
    Permalink

    A última oportunidade que os autonomos tiveram foi o ano passado,mas misturam tudo pedido de intervenção militar nem sabendo que era possível, mais uma vez fomos usados como massa de manobra, de interesseiros,a tabela existe, mas só para as transportadoras que recebe da indústria e não repassa para o terceiro se o terceiro não quiser carregar eles alegam que vão comprar frota.

  • 01/08/2019 em 14:53
    Permalink

    o governl enganou os caminhoneiros o quanto pode, para depois declarar o fin da tabela de frete. Caminhoneiros vocês são todos uns fdp para de deixarem enganar, voces são uns merdas para eceitarem esta decisão deste governo que com este golpe acaba de dizimar a categoria. Agora vcs vão tomar no c´.

    • 01/08/2019 em 17:43
      Permalink

      E vc? Primeiro aproveita que você não é caminhoneiro e termina os estudos, pq está explícito que não passa de um analfabeto metido a sabe tudo. O país não vai para frente por causa de gente como você, hipócrita.

  • 01/08/2019 em 14:44
    Permalink

    No brasil os embarcadores são desonestes eles querem ganhar só e os autonomos que se fodam. E não tem orgão do governo que fiscalize nada. Agora que achamos que com o governo Bolsonaro ia mudar ai vem o ministro com essa conversa. é tudo conversa fiada. Pura baba de calango.

  • 01/08/2019 em 14:37
    Permalink

    Pra que tanta novela com essa tabela que nunca funcionou. 99% de quem transporta é transportadora. Quem são os autônomos? Aqueles que possuem apenas um caminhão na maioria ainda são transportadora. Abrem uma empresa, coloca o caminhão no nome da mesma para não acumular pontos na carteira. Porque vc fez um frete para uma outra empresa, não se enquadra como autônomo. Só se tivesse o veículo no seu nome. E o governo vem dizer que estão ajudando os caminhoneiros. Tudo papo furado.

  • 01/08/2019 em 14:37
    Permalink

    Estão vendo aí né, vai confiar em politico é tudo tranqueira se a coisa não for resolvida o jeito é parar de novo.

  • 01/08/2019 em 13:38
    Permalink

    Esse governo não gosta de trabalhador e o caminhoneiros mostraram a força que tem e o governo está fazendo o possível pra derrubar essa força vejam as ferrovias crescendo e engolindo os caminhoneiros

  • 01/08/2019 em 13:26
    Permalink

    Boa tarde esse reportagem é exatamente o que o governo vai fazer essa tabela ele vai tirar antes dos quatro anos de mandato, e uma pena a classe do motorista não poder unir -se não temos um sindicato que possa falar em nossos nomes porque todos digo todos que assumir essa palavra a favor dos motoristas não teria segurança nenhuma , paralização fique 15 dias carregado na casa não me- arrependo só acho que fomos usados na paralisação a favor de partido político os deputados , senadores , apareceram apoiando os motoristas hoje eles nem lembram oque falaram .boa tarde

  • 01/08/2019 em 13:24
    Permalink

    É por isso que não dá certo as coisas nesse país,quando o autônomo consegue alguma coisa,vem os embarcadores e querem derrubar as conquistas,bando de gananciosos

  • 01/08/2019 em 13:19
    Permalink

    Melhor que tabela é isentar o pagamento de pis e confins para as transportadoras sobre o pagamento de fretes pagos a autonimos, isso incentivaria as empresas contratar autonomos

  • 01/08/2019 em 13:02
    Permalink

    A classe pode até achar ruim mais esse é o caminho país nenhum se desenvolve com qualquer tipo de controle do estado nas relações comerciais.Se a classe quer melhorias é simples é só parar de fazer horários loucos, deixar de usar drogas , deixar de carregar excesso de peso isso tudo é que prejudica a classe.A partir do momento que o investidores verem as vantagens de investir no país a demanda de carga aumenta e o valor do frete melhora.

  • 01/08/2019 em 12:57
    Permalink

    Eu quer vê o quê os empresários olho gordo que sempre esprorou os autônomo , quê quando foi feito a tabela correu pra comprar caminhão vai fazer o quê agora fica trabalhando a preço de banana ou vende a preço de banana

  • 01/08/2019 em 12:45
    Permalink

    Erro cabal.. os representantes estão deixando de lutar.. pois o piso e necessário, ciot para todos é o caminho para que os grandes embarcadores paguem os impostos necessário para que eles desistao de comprar mais veículos, dando assim espaço para nós autônomos!

    • 01/08/2019 em 16:53
      Permalink

      Já estão acocelhando o embarcador a envertir em frota aí o governo vai facilitar pra eles como sempre i os terceiro si acabem como sempre até chegar o fim dos terceiros é isto que o governo quer só sobra pros mais fraco

      • 01/08/2019 em 17:44
        Permalink

        Sabe aquela história gente…de que vc não é picado duas vezes pela meama cobra… então., Nós caminhoneiros quando fizemos aquele movimento de paralização que sacudiu o governo para renvindicarmos melhorias para categoria ! Infelizmente não tivemos um nome forte que nos direcionasse como deveríamos de proceder,, aí quem muito quer nada tem.
        Tivemos a oportunidade, faca e o queijo na mão, mas infelizmente ninguém soube cortar, o queijo foi estraçalhado e os pedaços caíram pelo chão…
        Fico triste com tudo isso, nasci e cresci sonhando em ter uma vida digna sobre um caminhão.,mas hoje me sinto impotente perdendo todo aquele intusiasmo pela profissão,l.! O governo foi picado pela cobra…e não quer ser de novo..quando a gente ameaça eles jogam um rato já morto e a gente briga para tão logo começo e esquece o assunto até que a barriga doa de novo.
        Este governo está matando a gente como se mata piolhos nos tempos antigos,um a um..até a limpeza geral..
        Acordem.,,fomos e estamos sendo usados como massa de manobra e isso é muito ruim .,ruim para nós ,ruim para todos os brasileiros menos abastados.
        O povo tem que acordar,e nós somos o elo forte da corrente.

Fechado para comentários.