Caminhões no papel – A arte de Gabriel Santos




Desenhar é uma arte impressionante. Quem consegue passar para o papel algo que fica parecendo uma fotografia tem muito conhecimento de técnicas de desenho, uso de luzes e sombras e noções de profundidade. Um desses artistas é o Paulo Gabriel dos Santos, de Soledade de Minas, em Minas Gerais.

O jovem, hoje com 18 anos, começou a desenhar com 9. Assistindo a animes, queria gravar no papel o que estava vendo na televisão. Depois de começar a dominar as técnicas de desenho, entraram em cena os caminhões.

Gabriel é sobrinho de caminhoneiros. Foram eles que pediram ao jovem os primeiros desenhos de caminhões, retratando os veículos que eles dirigiam.

Apesar do tempo que se leva para aprender a desenhar em um nível de fotografia, Gabriel diz que qualquer um consegue chegar a esse resultado, basta dedicação.

“Muitas pessoas acham que isso é um dom, mas na verdade qualquer um pode aprender a desenhar, é só uma questão de praticar bastante e dedicar muito do seu tempo pra aprender. Minhas técnicas saíram bastante através das pesquisas no YouTube, através da vontade de aprender, da dedicação e principalmente pela busca constante do conhecimento”, disse.

Com o passar do tempo, e se dedicando cada vez mais aos desenhos, ele conseguiu dominar técnicas de iluminação, sombreamento e cores, que são obtidas com uso de técnicas e materiais corretos para cada tipo de desenho.

Quando Gabriel recebe uma imagem do caminhão de um cliente, já que hoje vende seus trabalhos para todo o país, analisa a foto por bastante tempo, observando todos os mínimos detalhes da imagem. A qualidade da foto também ajuda bastante, já que fica mais fácil de perceber todos os detalhes.

E o trabalho é desenvolvido tão bem, que o caminhão pode ser desenhado em qualquer ângulo, e ainda pode receber modificações e acessórios conforme o gosto do cliente: “Fiz isso uma vez e fiquei muito feliz com o resultado e o cliente também saiu satisfeito. Modifiquei um para-choque de acordo com a imagem que ele queria”, disse.

Apesar do conhecimento avançado nas técnicas de desenho, o trabalho de Gabriel em cada desenho leva cerca de 20 horas para ser feito, até que tudo seja passado para o papel.

Além dos desenhos dos caminhões, Gabriel também consegue reproduzir com exatidão milimétrica rostos e fotografias de pessoas. Alguns desenhos feitos por ele podem ser vistos em sua página do Instagram, no link https://www.instagram.com/gabriel851arts/. Encomendas também podem ser feitas por mensagem direta via Instagram.





Deixe sua opinião sobre o assunto!