Vale a pena contratar um motorista sem experiência?

por Blog do Caminhoneiro

Caminhão novo, 6×4, 540 cavalos de potência, cabine altamente confortável. Bitrem novo, bonito, robusto. Máquina pronta para o tapetão preto. O valor de um conjunto assim? Chega fácil aos R$ 750 mil!

E quem vai dirigir esse patrimônio?

A resposta quase unanime para esse dúvida é um motorista experiente. Mas será mesmo que vale a pena ignorar os iniciantes na profissão?

Obter a carteira de motorista profissional é o primeiro passo de muitos jovens, para uma caminhada que não sai do lugar. A reclamação sempre chega ao Blog do Caminhoneiro: As transportadoras não dão oportunidades para os novatos.

Porém, a contratação e capacitação de um caminhoneiro sem experiência pode ser um excelente negócio para a empresa. O investimento em um profissional assim é mais alto, mas o retorno vem em médio prazo.

O aprendiz, se for dedicado à aprender, vai conseguir obter um rendimento melhor do caminhão, realizando o transporte com menor consumo de combustível, menor desgaste de componentes e mais segurança. Esse resultado também pode ser obtido por um motorista com experiência, mas existe um porém.

Alguns profissionais mais experientes, mesmo estando há anos a bordo de um caminhão, não conseguem extrair o máximo de performance do veículo, principalmente se o salto entre um caminhão mais antigo e um novo for abrupto.

Um novato, que comece a conhecer e ser treinado em um caminhão com tecnologia de ponta, vai saber usar toda essa tecnologia oferecida pelo veículo, e, por já ter sido treinado uma vez, ficará disponível para ter os conhecimentos aperfeiçoados.

Além disso, a empresa insere sua própria política de trabalho e valores ao profissional, que terá mais facilidade para ser uma vitrine da empresa na estrada.

Programas de treinamento para iniciantes na profissão de caminhoneiros são fornecidos por algumas empresas de transporte, que investem nesses novatos sem experiência e contratam os que mais se destacam no treinamento.

Mas a contratação não depende só da empresa. O recém-habilitado deve se aperfeiçoar por conta própria, fazendo cursos, como MOPP, Cargas Indivisíveis e outros, obtendo o EAR (Exerce Atividade Remunerada) na CNH, e indo atrás de empresas para tentar uma oportunidade.

Além disso, o novato precisa ser profissional, esquecer modismos e rótulos, e ser atento e pró-ativo para receber e usar os conhecimentos adquiridos no treinamento.

Blog do Caminhoneiro

COMENTAR

QUER ENTRAR EM CONTATO COM O BLOG DO CAMINHONEIRO? ENVIE UMA MENSAGEM CLICANDO NO NÚMERO ABAIXO

042-3532-4235

22 comentários
0

Artigos relacionados

22 comentários

Luiz Carlos Teixeira 10/10/2019 - 19:44

E muito fácil iguinorar a experiência nessa hora quero ver quando um de vcs tiverem que fazer uma cirurgia importante c vcs não vão procurar o mais experientes dos médicos.

Reply
Evandro 10/10/2019 - 10:59

Algumas empresas possuem projetos de treinamento e capacitação de profissionais de determinadas áreas sem experiência, pois optam por introduzir ao contratado os métodos, conceitos e valores da instituição.
No caso do motorista profissional, existem empresas que empregam essa mentalidade, todavia em um número ainda pequeno, já que algumas preferem outras metodologias
de contratação para determinados tipos de transportes (que podem exigir ou não experiência) de diferentes contextos. Há também aquelas que não possuem estrutura e adequação suficiente para tal plano.
Acredito que é imprescindível para qualquer negócio o treinamento e a frequênte capacitação de pessoal. Assim sendo, penso que contratação de um motorista sem experiência pode, além de incrementar ao novo profissional uma dose de confiança e credibilidade, contribuir para a implantação de uma idéia e um planejamento a médio e longo prazo dentro da instituição.

Reply
Luiz 09/10/2019 - 22:00

Infelizmente ele não contrata sim como TD isso esse Brasil que agente tem ele não dão oportunidade pra quem tá chegando sim vc não tiver algum amigo na profissão fica ainda mais difícil de entrar pra dá força sim vc tbm não tiver nenhum q vc trabalhou de caminhão truck ou toco ou q seja fica ainda mais complicado entra pra carreta

Reply
Leandro 09/10/2019 - 21:16

Muito bom tenho interesse
73 998170275 Leandro

Reply
Antonio Agnaldo Lacerda 09/10/2019 - 20:50

Boa noite que adianta as empresas treinarem o motorista novato se nao oferecen um salario digno

Reply
Rodrigo Alves 09/10/2019 - 20:35

Concordo plenamente, que as empresas deveriam, dar oportunidade a quem não tem experiência, pois assim eles conseguem lapidar, e extrair o máximo de um profissional. Hoje com os recursos que o caminhão tem, muitos ” experientes” não se adaptam as estas tecnologias. A fazer uma simples leitura no computador de bordo, identificar uma falha no sistema, através de um código. O empresário também tem que pensar que um novato de habilitação, vai se policiar muito mais pois ele não vai descer uma serra pela esquerda, correndo riscos de autuação, de acidentes, entre outras punições que venham prejudicar o seu profissionalismo. Pois se perder a habilitação, ou conter pontos, ficará mais difícil de conseguir outro emprego. Não é descartar os experientes, mas sim dar oportunidade, para formar outros profissionais experientes.

Reply
Daniel Fernandes 09/10/2019 - 19:57

Se o empresário está preocupado com o valor do caminhão, porque ele mesmo não vai pra estrada, não precisa contratar uma pessoa pra dirigir.

Reply
Daniel Fernandes 09/10/2019 - 19:53

Tenho categoria E Mopp cargas indivisíveis averbada na CNH EAR, e não adiantou de nada, experiência em carteira como motorista de caminhão truck, e ninguém da 6, todos só querem com experiência em carteira, mas pra isso as empresas precisam da oportunidade para que o profissional consiga experiência, se minha carteira tivesse experiência eu ficava em casa e ela ia trabalhar, mas quem adquire experiência e a pessoa a carteira só serve para registra que o profissional trabalhou em determinada função e em uma determinada empresa.

Reply
Marcelo Jose da silva 09/10/2019 - 19:50

Na verdade,oque acontece hoje, é que as empresas,elas misturam experiência com registro em carteira, um exemplo sou eu, trabalho a um bom tempo com carreta,mas nunca tive registro de carreteiro, mas isso não faz de mim,um motorista sem experiência,eu só não tenho registrado isso,por que quando vou a uma empresa,q esta contratando,eu chego la l eles perguntam si eu tenho experiência,ai eu falo que sim ,mas quando eles pegam a minha carteira de trabalho e ve que não tenho registro,ai eles falam q não sirvo para a vaga,entederam, todas as vezes isso acontece,trabalhei sem registro foi por necessidade,e hoje pago caro por isso,ok

Reply
Vandré Magno 09/10/2019 - 17:37

Infelizmente não é bem assim.
Algumas semanas atraz, estava sendo encaminhado para uma entrevista de emprego em uma empresa de transportes, por meio de uma empresa de recrutamento.
Chegando lá, fiz a dita entrevista e a resposta que escutei foi, que não posso pegar uma carreta por não ter experiencia.
Então, tentei argumentar que sem oportunidade, não teria chance de adquirir a tal experiencia, mas não teve jeito.
Sou habilitado, tenho 05 anos de estrada, tenho experiencia com caminhão toco, e gostaria de dirigir um truck, para começar, pois carreta é dificil de alguem dar assim de mão beijada.
O gerente da empresa poderia ter colocado um motorista de um dos caminhões que ele tem, para uma das 03 carretas que estão criando mofo no patio dele, e eu poderia pegar um truck para aprender e enfim, ganhar experiencia.
Eu acho que as empresas tem é medo de treinar um motorista sem experiencia.
Tudo bem que um patrimonio de quase R$ 750 mil, mais a carga não pode ser usado por alguem que não tem noção nenhuma mas, com treinamento adequado, e um pouco de boa vontade por parte das empresas, os dois lados ficariam felizes: os motoristas iniciantes por terem um emprego, (mesmo que ganhando um salario que pode ser incompativel algumas vezes), e as empresas, que teriam as vagas abertas preenchidas por pessoas selecionadas e treinadas de acordo com os padrões que a empresa exige.

Reply
Jorge Luiz de sousa 09/10/2019 - 17:11

Parabéns pela iniciativa, tá correto tem mais e que formar esses jovens sim, dar curso treinamento, para que eles comece aprender da forma certa.ja tem mais de duas década que trabalho com carreta, e tenho que me atualizar o tempo todo pois não tive a oportunidade que esses jovens têm hoje em dia.Tive que aprender na bruta mesmo, na época oque importava era horário e faturamento.

Reply
José fortunato Moreschi 09/10/2019 - 15:32

Com ese salário dê fome não paga nem habilitação ganha mais cata papel doque motorista todos os motorista quê conheço tão tudo podre mal informado desdentado pé rachado barigudo não tem nem aonde morra

Reply
Saulo 09/10/2019 - 15:29

Fora que vc consegue “montar” um profissional do jeito q vc acha correto, visto q quem esta ensinado e vc msm

Reply
gerson rosa de Camargo 09/10/2019 - 15:10

sim é ele cumpre as nossas da transportadora e também trânsito o testo a vida passa

Reply
nervil cesar moreira 09/10/2019 - 14:46

vale a pena sim treinar os jovens , que qrem ser motorista carreteiro , mas vale muito a pena recolocar no mercado de trabvalho nós que estamos quase chegando aos 65 de idade , quando gozamos de bôa saùde e disposiçâo para trabalhar ok

Reply
Etterigio faglioni 09/10/2019 - 14:42

Blz mas aonde tem esses motorista que querem trabalhar hoje se as empresas estão escravizando os mesmo tá e faltando e bastante motorista e muito mesmo quero ver mais daqui uns anos oque vai ser do transporte

Reply
Ezequiel Neto 09/10/2019 - 14:11

Vale à pena sim. Ninguém nasce sabendo e o aprendizado faz parte da vida. A oportunidade real para o sucesso está dentro da pessoa que tem seu esforço reconhecido e recebe a chance de se tornar experiente e competente. Ninguém é tão bom que não possa ficar desempregado, ou tão ruim que não possa ter boas oportunidades. Se eu fosse empresário não pensaria duas vezes em contratar motoristas sem experiência. Não há capacidade e competência sem oportunidade.

Reply
Luciano 09/10/2019 - 14:37

Na verdade as grandes empresas compra tudo pelo BNDES
Tanto faz se o cara é ou não
Coloca ele na escola faz um treinamento
E pronto

Reply
Silvio 09/10/2019 - 13:53

Olá. Na verdade não é fácil obter uma vaga de motorista carreteiro sem experiência mais não é impossível . Eu fiz escolinha numa determinada empresa e fui para o trecho com um motorista experiente por mais de 30 dias . Na vdd estrada é pra quem realmente gosta .pois os desafios são imensos desde a saudade da família até ficar por longos dias fora de casa e nem sempre o salário é compatível com o merecimento. Mais graças a Deus já faz quase 6 anos que atuo na área e na mesma empresa e só tenho a agradecer e dizer aos amigos que não desista de seus sonhos . Sou muito feliz e hj tenho até experiência em 9 eixos. Então muita dedicação que vcs vão vencer um forte abraço a tds e ao blog do caminhoneiro

Reply
Mauricio 09/10/2019 - 21:11

Um dos problemas mais comum é que dificilmente um empresário dá o tempo necessário para o preparo teórico e prático de um principiante; querem resultado a toque de caixa e isso faz com que os novatos tenham que ir pra estrada com um bitrem sem a experiência necessária, expondo eles e os outros a riscos que muitas vezes tiram vidas inocentes. O caminhão e a carga tem seguro mas a vida não se repõe.

Reply
Marciel 09/10/2019 - 13:14

Para um iniciante se não tiver um padrinho em qualquer empresa fica difícil, tenho habilitação categoria E cursos moop, condução segura e econômica, nação de segurança para caninhoneiro, instrutor de prática veicular credenciado no detran, transporte coletivo, emergência, escolar, concursado a dezesseis anos em cargo público como motorista, mas não tenho experiência em carteira sempre viajando para as principais capitais e as empresas não permite fazer nem um teste sem levar em conta o valor que fica para manter tudo isto atualizado

Reply
Antonio 09/10/2019 - 12:30

Claro que vale a pena contratar sem experiência, em primeiro lugar a empresa faz o seguro do CAMINHAO e depois estes motoristas trabalham quase de graça, extrapolam horários, leis, etc, enquanto isso o profissional veterano se lasca com salário ruim, quer dizer salário não porcentagem, pq esse é a nova forma de pagamento pra categoria, ou seja, pra empresa e uma mão na roda ter essa oportunidade. Cada dia que passa essa promissão se desvaloriza mais e mais, mão de obra barata, falta de reconhecimento, humilhação, para o autônomo um diesel caro, manutenção precária e ainda tem doido querendo ser caminhoneiro, vão estudar molecada que o futuro será melhor.

Reply

Escreva um comentário