7 dicas importantes ao fazer o transporte de cargas perigosas




Está pensando em dar um passo maior no setor de transporte de cargas? Então acompanhe este artigo e conheça 6 dicas importantes ao fazer o transporte de cargas perigosas.

O mercado de transportes de cargas é amplo e tem sempre espaço para profissionais qualificados e dispostos. Entre as muitas possibilidades de tipos de cargas e viagens existe o transporte de cargas perigosas.

Essa prática, além de exigir muito mais atenção e cuidado do motorista a fim de evitar acidentes, ainda conta com uma série de regras a serem aplicadas e peculiaridades que merecem cuidado.

Por isso, preparamos um artigo falando um pouco sobre o assunto, mostrando dicas importantes ao fazer o transporte de cargas perigosas que ajudarão muito nessa nova empreitada.

Conheça as 6 dicas importantes ao fazer o transporte de cargas perigosas

  1. Faça um treinamento

Não é qualquer motorista que pode transportar carga perigosa, é preciso que os motoristas interessados nesse tipo de transporte realizem um treinamento específico.

Existem cursos preparatórios para o transporte de cargas perigosas que ensinam técnicas defensivas e procedimentos em casos de acidentes.

  1. Tenha um seguro (e pague em dia)

O seguro do caminhão é essencial para o caso de ficar parado no meio da estrada e precisar de um socorro imediato, além de ressarcir em casos de possíveis acidentes.

Vale lembrar que, se tratando de transportar cargas perigosos, os acidentes tendem a ser mais perigosos e podem enviar muitas complicações.

Mas além dele, tenha um seguro da carga, pois em caso de roubo, você não fica no prejuízo.

  1. Esteja atento às embalagens

A maior parte dos produtos considerados perigosos possui embalagem própria para seu transporte. Geralmente, elas possuem avisos sobre o conteúdo e sua periculosidade, e costumam ter cores diferentes e símbolos que ajudam a identificar o conteúdo mais facilmente.

É importante estar atento a esses detalhes e se certificar que está tudo certo.

  1. Tenha sempre todos os documentos em mãos

Para fazer o transporte de cargas perigosas é preciso estar com uma série de documentos em dia e sempre acessíveis, tanto documentos pessoais do motorista como documentos do veículo e da carga.

Entre eles é importante que você tenha o seguro de carga, que é obrigatório e precisa ser comprovado.

  1. Verifique os EPIs obrigatórios

Cada tipo de carga perigosa exige o uso de EPIs – Equipamentos de Proteção Individual diferentes.

Esteja atento as necessidades de EPI da carga que você vai transportar e não deixe de usá-los.

  1. Estabeleça uma rota adequada

A ANTT – Agência Nacional de Transportes Terrestres estabelece através do art. 15 da Resolução 3665/2011 que veículos que transportam cargas perigosas devem circular apenas por áreas de menor movimentação, a fim de minimizar os riscos de acidentes. Por isso, é importante que você conheça bem as rotas possíveis entre a origem da carga e seu destino e escolha aquelas com menor circulação para dirigir com mais segurança.

  1. Fique ligado às questões preventivas

Independentemente do tipo de carga que você transporta, é importante sempre estar atento as condições do caminhão, mas se estivermos falando de uma carga perigosas, esse cuidado deve ser ainda maior.

Esteja sempre de olho nas condições de conservação do veículo e dos riscos que a falta de manutenção correta ou outros fatores podem promover.

Agora que você conhece as  dicas importantes ao fazer o transporte de cargas perigosas, será muito mais fácil se preparar para uma viagem, mesmo que longa, levando cargas que exigem maior atenção e cuidado.

Por Jeniffer Elaina, do SeguroDeAutomovel.org





Deixe sua opinião sobre o assunto!