Entenda esse vídeo: Mercedes-Benz Axor Zero KM é destruído em desmanche




Na última semana um vídeo chamou a atenção de amantes de caminhões de todo o país. Ele viralizou nas redes sociais e aplicativos de mensagens, e mostra um caminhão Axor, em estado de Zero KM, sendo destruído por uma garra hidráulica em um desmanche.

O vídeo é doloroso para quem gosta de caminhões. Apesar disso, tem uma boa razão para acontecer.

No início deste ano, a região de São Bernardo do Campo, onde a fábrica de caminhões da Mercedes-Benz está localizada, foi atingida por chuvas torrenciais. A chuva causou grandes alagamentos, que atingiram a fábrica.

Vários metros de água entraram em várias áreas da montadora, afetando não só a linha de montagem e equipamentos industriais, como também componentes e veículos prontos e outros que ainda estavam dentro da linha de montagem.

Além dos caminhões, chassis de ônibus e carros foram atingidos e bastante danificados pela água e lama. Para a montadora, é melhor destruir esses veículos do que colocá-los para rodar novamente.

O vídeo mostra exatamente dois desses veículos, que foram atingidos pela água. Apesar de parecerem intactos, estão com diversos itens, como parte elétrica e eletrônica, sistema de injeção e diversos acabamentos totalmente comprometidos pelo contato com água.

Em nota enviada ao Blog do Caminhoneiro, a montadora afirma que todos os veículos atingidos pela água estão sendo sucateados, e que a montadora preza pela qualidade e confiabilidades dos produtos vendidos, sendo esse vídeo um exemplo claro do compromisso da empresa com o mercado e com os cliente.

Prática comum

A destruição de veículos novos não é algo raro. Muitos veículos novos ou que foram usados pelas montadoras em testes são destruídos. Veículos de teste e pré-séries devem ser obrigatoriamente sucateados, não podendo ser vendidos a clientes de nenhuma forma.

Veículos novos, em linha de produção, também são destruídos por problemas externos, como no caso da Mercedes-Benz, ou que tenham tido outros problemas, como erros de projeto ou montagem.

Blog do Caminhoneiro





34 comentários em “Entenda esse vídeo: Mercedes-Benz Axor Zero KM é destruído em desmanche

  • 14/11/2019 em 14:01
    Permalink

    Parabéns aos comentários, sejam bons ou ruins. O importante é respeitar as opiniões que não sejam iguais as minhas!

    Resposta
  • 13/11/2019 em 21:15
    Permalink

    Meu nome é Wiliam e sou funcionário da fábrica da MB em São Bernardo, na verdade não Corão somente estes dois, ao todo foram cerca de 200 veículos, entre caminhões, ônibus, carros e CKD…
    Porém os mesmos já não pertenciam mais a MB quando farão destruídos na empresa da Truffer e sim a seguradora da mesma, no qual foi acionada após a enchente, parece dinheiro jogado fora, porém o gasto de revisão e algum possível recal é e seria mais caro se colocassem a venda, isso sem contar na segurança de motoristas e terceiros…abs

    Resposta
  • 13/11/2019 em 12:23
    Permalink

    Boa tarde pessoal meu nome e arivaldo gente quando eu vir este video eu chorei meus amigos eu sou camioneiro estou desempregado eu sonho em ter um trukinho para eu trabalhar meus amigos e mao tenho condicoes de ter um a montadora faz isto o meu Deus tantos tem de mais e outros nao tem nada que nei eu so tenho sonhos de um dia eu ter um caminhao para eu trabalhar para mim e nao ficar mais desempregado fica air meus amigos o meu apelo moro na bahia em feira de santana se amontadora meceds bens mim ajudace com um truk mesmo cendo carro de teste eu so teria mais que agradecer a fabrica e aDeus um abraco jente pessoas do bem tudo de bom tel meu 75991749431manda air galera esta cartinha para meceds que eu vou busca meu caminhao aonde for falou turma

    Resposta
  • 12/11/2019 em 15:33
    Permalink

    Se fosse uma montadora sueca aproveitaria até o último parafuso !

    Resposta
  • 11/11/2019 em 18:27
    Permalink

    Eu sonho em ter um caminhão usado, aí eles fazem uma barbaridade dessa.é o fim do mundo,

    Resposta
  • 11/11/2019 em 09:39
    Permalink

    A Mercedes poderia muito bem criar um site onde poderia vender estas peças q não estragam devido a enchentes, como para-choques, faróis, lanternas, lameiros, peças de reposição… Cria-se um site num valor mais em conta estas peças, não deixa perder a originalidade de quem comprar e ainda sim ajuda o motorista no valor mais baixo… #ficaadicamercedes

    Resposta
  • 10/11/2019 em 20:23
    Permalink

    Ja vi isso uma vez, eram caminhoes fordes da linha cargo para exportação, entrou agua nos contêineres, foram sucateados.

    Resposta
  • 10/11/2019 em 20:22
    Permalink

    Com certeza destruíram esse pra fazer um marketing. Ai nos outros dão uma lavada e trocam os componentes eletrônicos e segue o curso.
    Fosse assim não podia lavar caminhão, não podia andar na chuva ou estrada lamascenta.
    Prestem atenção ….

    Resposta
  • 10/11/2019 em 16:10
    Permalink

    Dava pra salvar muitas coisas farol, para-choque,tanques e várias outras peças mas e melhor destruir né absurdo

    Resposta
  • 10/11/2019 em 09:17
    Permalink

    Bom dia pra mim no nosso país se paga um absurdo no preço de caminhões ,ônibus, e nos veículos menores então o lucro estrondoso que essas empresas tem da pra jogar muita coisa fora Brasil um país pra poucos….

    Resposta
  • 10/11/2019 em 08:10
    Permalink

    Bom dia é uma tragédia ver um veículo novo como esse ser destruído . Como sempre pessoas que não deve estar a frente de uma empresa como a Mbs tudos falando em reciclagem no mundo hoje e fazem uma filmagem como essa para chamar atenção . doação isso entre brasileiros existe mais pessoas de fora pode esquecer isso e termo eu mando eu posso faço oque quero é uma pena isso acontecer aqui no Brazil só aqui acontece

    Resposta
  • 10/11/2019 em 07:23
    Permalink

    Pura jogada de marketing,vidros,tambor de freios,gabine chassi não danifica com água

    Resposta
  • 09/11/2019 em 23:18
    Permalink

    Boa noite .
    Na minha opinião nesse mato tem cachorarro não sei qual o interesse a Mercedes Benz fazer isso é filmar .
    Como vi em outros comentários.
    A passa E que poderia ser retiradas tais como .
    Paralamas vidros espelhos retrovisor para brisas .
    Cardan tanques de combustíveis estribos patinho de freios campanas e muitos outros 🥺🥺🥺 eu não concordo com a atitude .

    Nota 0 para a empresa mercedes Benz

    Decipcionante

    Resposta
  • 09/11/2019 em 22:57
    Permalink

    Sou bombeiro e instrutor de Resgate Veicular.
    A Mercedes poderia fazer uma parceria com os bombeiros para que estes veículos que são sucateados ,sejam designados para treinamento.
    Como tem o rigor quanto as peças dos mesmos para serem totalmente destruídos.Poderiamos fazer os cursos dentro da fábrica.

    Resposta
  • 09/11/2019 em 21:25
    Permalink

    Concordo com ação da montadora, mas tinha peças e acessórios que poderia ser utilizada. Mas tem quem pague por estas ações. Afinal estamos no Brasil!!!

    Resposta
  • 09/11/2019 em 20:39
    Permalink

    Que dó amo Mercedes Benz amor de berço .Mas dou os parabéns por presar pelo bem do consumidor Deus os abençoe

    Resposta
  • 09/11/2019 em 20:15
    Permalink

    RESPEITO ESSA ATITUDE, MAS NÃO CONCORDO. POIS PODERIA TER TIRADOS OS ITENS QUE NÃO SOFRERAM E QUE PODERIAM FAZER UM LEILÃO DAS PEÇAS DANIFICADAS. POR PREÇO BAIXÍSSIMO!

    Resposta
  • 09/11/2019 em 18:54
    Permalink

    O foda
    e vocês fala que uma sucatera e um desmache

    Resposta
    • 10/11/2019 em 18:27
      Permalink

      Eu doido pra conseguir um cargueiro pra trabalhar pra mim mesmo e a Mercedes destruindo.
      Chega da uma dor no coração de ver esse vídeo.

      Resposta
  • 09/11/2019 em 17:20
    Permalink

    Em partes concordo, porem funilaria vidros e muito mais poderia ser revendido como peça de descarte, desnecessário destruir.

    Resposta
  • 09/11/2019 em 16:34
    Permalink

    Cada comentário de dar pena aqui. Ou seja pela destruição do veículo ou pelo.local do pátio da montadora . Esse é o mesmo caso de o pq um restaurante não pode doar a comida que não foi vendida . As empresas tem uma série de responsabilidades para com o consumidor. Seja automotivos ou alimentares . Por qualquer caso que seja , a empresa não pode colocar o item no mercado . Eles tem um boné a zelar e como se trata de linha de montagem , é inviável desmontar o caminhão . Então , aos mimimi que querem um caminhão , tratem de batalhar pq doação de montadoras , esqueçam !!

    Resposta
    • 09/11/2019 em 20:45
      Permalink

      Tá destruindo porque o seguro pagou se não já tava na rua

      Resposta
  • 09/11/2019 em 16:17
    Permalink

    “Nesse mato tem cachorro” bem como o comentário do nosso amigo Bergson Guimarães, faço mensão as palavras dele.

    Resposta
  • 09/11/2019 em 15:56
    Permalink

    Se a MB tivesse inteligência mesmo, jamais faria uma fábrica na beira de um rio, do lado de um piscinão, no fundo de um baixadão, onde todo ano na época das chuvas transborda. Mas está em tempo ainda, ela pode reservar a área por onde o rio passa, plantar arvores e fazer um imenso Jardim e destinar a parte de produção na parte alta do terreno.

    Resposta
    • 09/11/2019 em 16:36
      Permalink

      A localização da fábrica está ali a muitas décadas , a população que se instalou nós arredores fazendo com que os ribeirões locais ficassem sujos , entupidos e consequentemente fazendo alagar os arredores da empresa .

      Resposta
  • 09/11/2019 em 14:45
    Permalink

    no lugar de destruir porquê não faz um leilão ou alguma coisa do tipo pra realizar o sonho de algum caminhoneiro que nem eu que vou me lascar pro resto da vida trabalhando de empregado ai é foda.

    Resposta
    • 09/11/2019 em 16:48
      Permalink

      isso é preconceito com a mula,,,, mulao.

      Resposta
    • 09/11/2019 em 17:20
      Permalink

      Kkkk no meu caso poderia trocar os Paralamas comigo eu dava os meus e pegaria os dele não tem como entrar água neles e os estribos também pois não consegui desviar de um buraco no Mato Grosso e arrebentei os mesmos no impacto

      Resposta
  • 09/11/2019 em 14:44
    Permalink

    Não concordo não, poderia ser vendido partes como: DEFERENCIAL, TAMBORES, SISTEMAS DE MOLEJO e outros. Muitos PROFISSIONAIS precisando de peças para reposição. Mas fazer oque, estamos no BRASIL onde tudo não se aproveita. Lamentável e muito triste, venho tentando comprar um faz uns 10 anos aí me deparo com um VÍDEO deste e chego a conclusão que devo desistir. Deixo aqui a minha indignação e a minha dor por este acontecimento. LAMENTÁVEL.

    Resposta
  • 09/11/2019 em 12:55
    Permalink

    Isso é jogada de marketing, sem noção várias peças que podem ser aproveitadas e destroem tudo. Kkkkkkk! O quê um marketing não faz?

    Resposta
  • 09/11/2019 em 12:24
    Permalink

    Compromisso é compromisso. Mas que dá pena dá. Eu aqui lutando pra conseguir comprar um usado. Parabéns à Mercedes Benz.

    Resposta
    • 09/11/2019 em 14:53
      Permalink

      É triste ver os Axor novos sendo destruídos, mas pra Mercedes é melhor destruir do que vender esses caminhões com problemas e uma chuva de clientes enchendo o saco

      Resposta
      • 09/11/2019 em 16:37
        Permalink

        Parabéns , pelo menos um comentário sensato aqui !!

Deixe sua opinião sobre o assunto!