Caminhões Shacman voltam ao Brasil

Uma das marcas chinesas mais conhecidas pelos brasileiros no setor de transportes está voltando ao Brasil. Os caminhões Shacman estão de volta ao país graças à uma parceria entre a Golar Power Latam, uma joint venture formada entre a norueguesa Golar LNG e o fundo Stonepeak, e a empresa Alliance GNLog, que tem uma frota movida exclusivamente a gás natural liquefeito.

A apresentação dos caminhões foi feita ontem no Fórum Sergipano de Petróleo & Gás, em Aracaju. Quatro caminhões Shacman X3000 foram apresentados no evento. Eles serão usados pelas empresas para interiorização do gás natural, a criação de uma rede de abastecimento de gás natural liquefeito. De acordo com um protocolo de intenções, as primeiras cidades a receberem instalações de abastecimento de GNL serão Itabaiana, Lagarto e Nossa Senhora da Glória.

De acordo com as empresas, a meta é trazer ao Brasil, importados da China, pelo menos mil caminhões até o final de 2020, com investimentos de mais de US$ 120 milhões.

Além dos caminhões importados, existe um protocolo de intenções da construção de uma fábrica da Shacman em Sergipe, em um acordo com o governo estadual. Inicialmente, caso a fábrica seja mesmo construída, os caminhões seriam montados em CKD, ou Completely Knocked-Down, com peças importadas da China, e posteriormente a produção seria completamente feita aqui.

Os caminhões Shacman X3000 são equipados com motores da série Cummins ISM, com chassi 6×2 ou 6×4 e cabine desenvolvida em parceria com a MAN.

A joint venture quer aproveitar o potencial do estado de Sergipe para o gás natural, com a construção de uma usina termoelétrica e outras destinações.





RECEBA NOSSOS CONTEÚDOS NO E-MAIL

Seu e-mail (obrigatório)


8 comentários em “Caminhões Shacman voltam ao Brasil

  • 11/12/2019 em 19:52
    Permalink

    Cara eu já vi bastante coisa de mecânica na empresa onde trabalhava , todo mundo pode dizer q e mulao mas os Mercadão e uma mula mesmo não quebra fácil , volvo e outro bicho bruto, Scania e muito bom mas quanto mais eletrônica tiver pior ainda mais se pegar umas estradas de terra começa visita oficina com frequência , Iveco e um lixo , Volkswagen com os motores do 25370 cagou o nome dela , Man não tive muito contato mas sabendo q ela q fábrica os Volkswagen já dá pra ter uma ideia , minha opinião Mercedes , volvo e Scania são os caminhões confiáveis do nosso mercado ,e são desenvolvidos no nosso país levando em conta as necessidades do transporte daqui e muito difícil uma marca q vem com seus projetos trazidos de outros mercados chegarem de cara e ter um desempenho igual os q já estão aqui por décadas

    Resposta
  • 11/12/2019 em 19:22
    Permalink

    vai ficar por quanto tempo .quem vier a comprar vai ter quais garantias

    Resposta
  • 11/12/2019 em 09:20
    Permalink

    Não sei pra que essa marca vai vir pra cá! Daí não vende como eles imaginam vão embora e quem comprou fica órfão, melhor comprar Mercedes, scania e volvo mesmo, são ótimas opções

    Resposta
  • 11/12/2019 em 08:07
    Permalink

    Ninguém quer mais esses caminhões que vão e vem no mercado,vem não dar certo vão embora deixa quem comprou na mão,sem contar que nós temos suficientemente no nosso mercado marcas antigas que suprem em muito as pespectivas do transporte nacional.

    Resposta
  • 10/12/2019 em 19:43
    Permalink

    Caminhãozinho de brinquedo esse Shacman. Adora visitar uma oficina.

    Resposta
  • 10/12/2019 em 17:44
    Permalink

    As experiencias com esses chineses não é nada boa, veja o Howo/sinotruck, não sei se emplacam, pois para deixar na mão, não pensaram duas vezes!

    Resposta
    • 12/12/2019 em 15:46
      Permalink

      Se eles aceitarem deixar um comigo por um período para que eu possa testar em faze de demonstração,eu aceitaria ficar com um destes por um período digamos dose(12) meses.
      Ao final deste período já teria uma resposta para ver se iria comprar (1)empresa séria não discute com cliente,resolve.

      Resposta

Deixe sua opinião sobre o assunto!