Nova tabela de fretes será apresentada até 20 de janeiro

A ANTT deve apresentar uma nova tabela da Política Nacional de Pisos Mínimos do Transporte Rodoviário de Cargas até o dia 20 de janeiro de 2020. O assunto é tema de uma consulta pública no site da ANTT, que segue até amanhã, 08 de dezembro.

De acordo com Thiago Péra, coordenador do grupo da Esalq-Log, que participou das reuniões, a expectativa é que a nova tabela tenha um reajuste médio de valores de 14%.

A tabela de fretes foi tema da última reunião do Fórum Permanente para o Transporte Rodoviário de Cargas, que conta com representantes de empresas de transporte, de embarcadores, caminhoneiros autônomos e do Governo Federal.

Os interessados em contribuir com a audiência pública podem acesse ao site da ANTT, CLICANDO AQUI.





RECEBA NOSSOS CONTEÚDOS NO E-MAIL

Seu e-mail (obrigatório)


22 comentários em “Nova tabela de fretes será apresentada até 20 de janeiro

  • 09/12/2019 em 10:38
    Permalink

    Mais uma vez o governo vem empurrando com a barriga e não resolve nada agora vão estudar uma solução para 18-01-2020 sempre assim .

    Resposta
  • 08/12/2019 em 18:15
    Permalink

    Ministro Tarciso você e mentiroso charlataoigual a esses dois que você corrompeu para, para tentar enganar a classe dos altonomos, que são esses dois ordinários, a tal de chorão eo outro lá de Ourinhos, que vergonha ministro seje homem se protozoário inútil, você vai pagar caro por tentar destruir nós e nossas familia a justiça de Deus ela demora mas vem, e você também tem família, espere e verás, seu verme inmundo

    Resposta
  • 08/12/2019 em 16:32
    Permalink

    o caminhoneiro votou todos nece governo que enganou todos devagar ele esta acabando de veis com os autonomos ele falou uma coiza e fes outra tamo morto

    Resposta
  • 08/12/2019 em 16:22
    Permalink

    por favor parem de falar em tabela ela ja naceu morta o dia que o frete for justo nós não vamos ver a nem a cor das cargas os mortos de fome abraca tudo nós estamos arrumando um frete bom pro outros se uma carreta LS leva 32 tonelada e só de oleo diesel gasta 2,00 reais por KM rodado io resto das dispezas como que vai sobra alguma coiza o frete a menos de 6,00 reais o Kilometro rodado é trabalhar de graça é pidir esmola é só pra enxer o bolço das transpotadoras

    Resposta
  • 08/12/2019 em 15:18
    Permalink

    Estes pessoal da ANTT tem que parar de nós enganar e querer ganhar tempo encima de nós está tabela que veio aí está furada foi feita pelo Agro negócio a tabela anterior e a certa

    Resposta
  • 08/12/2019 em 09:02
    Permalink

    Esse pessoal da ANTT deveriam é tomar vergonhas na cara.

    Resposta
    • 08/12/2019 em 15:54
      Permalink

      E esse ministro Tarcísio também , pois já dá a perceber em suas reuniões q ele já está e com implicância com altonomo está uma pedra no sapato dele .pois ele fica só com mentira , enrolação ele só quer ver e acabar com os altonomo tem uma reportagem q ele crítica a clave caminhoneira q e de pai para filho q isso tem q acabar esse vínculo q já não e mais assim o transporte q não pode ser assim mais … Estou idiguinado com essa reportagem…

      Resposta
  • 07/12/2019 em 17:20
    Permalink

    Quando será que vão acordar e ver que essa maldita tabela só está atrapalhando o transporte?? Com essa quantidade de caminhões novos que são vendidos todos os anos, tabela nenhuma vai resolver o nossa situação. Nós precisamos e de custos mais baixos no diesel, nos pneus, na manutenção, nós precisamos é ter a oportunidade de pegar os fretes diretos, sem passar por atravessadores, nós precisamos é de menos burocracia.
    Pelo amor de Deus, abandonem essa maldita tabela.

    Resposta
    • 08/12/2019 em 09:43
      Permalink

      Amigo não é somente a tabela que atrapalha o autônomo…o que mais atrapalha é o fato de sermos autônomos .não existe economia que funcione em nenhum pais onde setor de sua sustentação é autônomo.luto pela consciência de se criar cooperativas e associações de transportes á mais de trinta anos….e não acontece.passamos o tempo acreditando que individualmente teríamos sucesso e não fomos bem sucedidos …no geral.tem casos esporádicos que não podem servirem de referência.alimentamos durante anos a quem eu já sabia no futuro nós engoliram..as transportadoras.Só resta um fôlego criarmos associações ou cooperativas.temos de viver dentro das regras e competir com as famigeradas transportadoras .a tabela é um modelo de referência …não será cumprida como lei nunca.nem é interesse da sociedade que seja.

      Resposta
  • 07/12/2019 em 17:15
    Permalink

    Merda de tabela que não funciona, de que adianta essa *#*&$;&#:”;; se não tem fiscalização, o que se vê nas rodovias são excesso de polícias para com os caminhoneiros, que por motivo de falta de fiscalização por parte do governo com a tal tabela , são obrigado a uma jornada excessiva de trabalho, as vezes carrega com excesso de peso, correria para conseguir chegar e já pegar outro frete para que no fim do mês tenhamos como honra nossos compromissos.

    Aí a polícia federal com sua eficaz blitz, o DENIT com suas balanças móveis que pensam eixo por eixo mostrando que estão em pleno vapor para fazerem cumprir a lei.
    Porém o órgão responsável pela conferência de piso mínimo nada faz, a não ser inventar leis que só vem a burocratizar a vida do caminhoneiro.
    Tá cada dia mais difícil com esse óleo diesel importado pois não temos petróleo no Brasil, assim temos que importa , onde justifica as altas semanais.
    Estamos em uma situação pior que a do ano passado, e com fé de que milagre possa acontecer por parte do governo, que eu ainda tenho um mínimo de esperança.

    Resposta
  • 07/12/2019 em 14:52
    Permalink

    O preço do Diesel tá engolindo tudo o que resta de lucro para o caminhoneiro a resposta tem que ser imediata ou a categoria *PARA* e resolve de vez essa situação ou todo o caminhoneiro vai ter que mudar de profissão porque não dá mais pra segurar ……

    Resposta
    • 07/12/2019 em 21:38
      Permalink

      Alguém aqui já recebeu o valor do frete pela tabela?

      Resposta
      • 08/12/2019 em 15:48
        Permalink

        Até hoje nunca vi resultado dessa tabela e nem fiscalizaçao

    • 08/12/2019 em 15:39
      Permalink

      85%fica o custo deu uma viagem só de combustível não sobra nada … Isso de cooperativa vai ficar pior .

      Resposta
  • 07/12/2019 em 14:35
    Permalink

    Concordo essa tabela não funciona mais como nunca funcionou .isso foi um ANO contando mentira pro povo que fez isso ou aquilo até agora tudo que o presidente fala não e autorizado pelo governo já deu

    Resposta
  • 07/12/2019 em 14:01
    Permalink

    O frete tinha que acompanhar a alta do diesel cada vez que subise o combustível o frete também tinha que subir

    Resposta
    • 07/12/2019 em 14:44
      Permalink

      Essa tabela é igual repartição pública existe mas não funciona…..

      Resposta
  • 07/12/2019 em 12:23
    Permalink

    Essa tabela não funciona ninguém cumpre

    Resposta
    • 08/12/2019 em 09:05
      Permalink

      A tabela de frete é um tiro no pé se realmente for implantada o embarcador vai por frota própria não adianta ficar se iludindo pelo amor de Deus nós caminhoneiros precisamos deixar de ser massa de manobra

      Resposta
      • 08/12/2019 em 15:40
        Permalink

        Para tabela funcionar tem q por limite de caminhão .não mais liberar ANTT só placa branca

Deixe sua opinião sobre o assunto!