Novo projeto de lei apresentado na Câmara pretende aumentar a validade da CNH

O Projeto de Lei 532/2020, apresentado ontem na Câmara dos Deputados, pelo Deputado Federal Felipe Carreras, do PSB/PE, prevê o prazo para renovação da Carteira Nacional de Habilitação a cada 10 anos.

De acordo com o projeto, apenas em casos específicos, após avaliação médica, o prazo será menor, mas o tempo de validade será determinado pelo médico, sem prazo mínimo ou máximo.

O projeto também altera a obrigatoriedade da renovação do curso de direção defensiva e de primeiros socorros dos motoristas de transporte coletivo de passageiros, escolar, de emergência e de produtos perigosos.

“Outro elemento que apresentamos alteração é que nos casos de renovação de carteira não seja exigido do motorista refazer curso de direção. Não nos parece razoável que um motorista com mais de 5 anos de experiência e sem estourar os limites de pontos estabelecido na lei deva voltar para a autoescola”, disse o deputado, na justificativa do projeto.

O Projeto de Lei 532/2020 ainda não tem data marcada para ser analisado pelas comissões e pelo plenário da Câmara dos Deputados.

Siga o Blog do Caminhoneiro nas redes sociais

1 comentário

Junior 05/03/2020 - 12:35

Acho q seria o obrigatório o curso.
Mas o tóxico cologico e só pra roubar dinheiro.
E valor vai 340 reais

Reply

Deixe um comentário!

Salários de R$ 450 mil ao ano não atraem motoristas para o transporte de grãos nos EUA Johnny Cash comprou e nunca usou um Peterbilt 359 Conheça o caminhão que foi o primeiro bitruck do Brasil Auxílio de R$ 1.000 para caminhoneiros é aprovado Conheça os detalhes do projeto Roda Bem Caminhoneiro