Qual é a relação entre falta de sono e acidentes nas estradas?

por Blog do Caminhoneiro

De acordo com o ONSV (Observatório Nacional de Segurança Viária), 90% das ocorrências são causadas por falha humana. Além disso, o Brasil é um dos campeões do mundo em acidentes; somente em 2018, foram registrados mais de 69 mil acidentes em rodovias federais, com 5,2 mil mortes, ou seja, uma média de 14 vidas perdidas a cada dia, segundo a Confederação Nacional do Transporte (CNT).

Dessa forma, em apoio à campanha Maio Amarelo, criada para incentivar a segurança no trânsito, Alexandre Fagundes, executivo da Mix Telematics e especialista em telemetria, explica o quanto dormir bem evita acidentes.

“Existem fatores que não podemos controlar, como estradas e condições meteorológicas, mas podemos treinar motoristas e fazer com que eles tenham o descanso necessário e, consequentemente, comportamento saudável na direção, o que certamente reduzirá esses índices assustadores de acidentes no Brasil”, diz.

Fagundes destaca que a telemetria embarcada em frotas comerciais permite que os gestores acompanhem o comportamento dos motoristas e, por meio de indicadores de direção, saber se eles estão em risco ou não.

Além disso, a tecnologia permite seguir adequadamente a Lei da Jornada de Trabalho dos Motoristas, que define regras de direção contínua e descansos.

Com a telemetria, o gestor da frota consegue acompanhar o motorista e permitir maior segurança, já que é possível treina-lo e ajuda-lo a ser mais consciente durante o transporte da carga.

“É primordial treinar motoristas para fazerem as pausas, em conformidade com a Lei. Nesses momentos, eles podem sair do veículo e avaliar pneus, revisar as luzes, entre outras ações, pois uma pequena caminhada aumenta a circulação de sangue no cérebro e reduz a sonolência”, destaca.

“Transportadoras e embarcadoras também devem incentivar motoristas a fazerem exames periódicos para identificar problemas de distúrbio do sono, entre outros problemas de saúde”.

Dessa forma, com a tecnologia e os cuidados adequados com o motorista, é possível identificar comportamentos de risco e, como consequência, prevenir acidentes e tornar as operações ainda mais seguras.

COMENTAR

QUER ENTRAR EM CONTATO COM O BLOG DO CAMINHONEIRO? ENVIE UMA MENSAGEM CLICANDO NO NÚMERO ABAIXO

042-3532-4235

Artigos relacionados

Escreva um comentário