COLUNA MECÂNICA ONLINE – Conheça o supercarro mais leve do mundo

por Blog do Caminhoneiro

Os amigos brincam quando encontram um carro que passou por modificações para ficar “mais bonito”, “mais esportivo”, mas esqueceu os anos de estudos e dedicações de engenheiros para desenvolver e aplicar o projeto na prática. Ganhou na beleza, mas perdeu na segurança, na confiabilidade, durabilidade, eficiência energética e tantas outras áreas que podem sofrer por alterações não estudadas da maneira correta.

Agora, quando a experiência da Fórmula 1 sai das pistas para invadir nossas estradas, só podemos esperar veículos rápidos e eficientes.

É o que desenvolve Gordon Murray, que passou mais de 20 anos como diretor técnico de duas equipes de Fórmula 1 de 1969 a 1990, possui uma vasta experiência técnica, de design e engenharia. Na Brabham, ele participou de duas vitórias no campeonato mundial (1981 e 1983), antes de três vitórias consecutivas no campeonato com a McLaren Racing (1988, 1989 e 1990). Em 1990 – após 50 vitórias no Grande Prêmio -, Gordon se afastou da Fórmula 1 para se concentrar em estabelecer uma nova empresa para o grupo, a McLaren Cars Limited.

No ano passado, a Gordon Murray Automotive (GMA) anunciou detalhes de seu plano para criar o supercarro mais leve e focado no motorista do mundo. Estabelecer um nível de referência tão alto exigiu novos níveis de inovação e afastou-se da atual tendência de supercarros de potência, velocidade e – inevitavelmente – peso cada vez maiores.

Revelando um peso total de apenas 980 kg, a equipe da GMA reduziu em quase um terço o supercarro típico (aproximadamente 1.436 kg). Para alcançar esse feito de engenharia, a equipe optou por não apresentar um veículo de pista despojado, mas por entregar aos proprietários um carro confortável, prático e dirigível todos os dias.

Comentando sobre sua abordagem de ‘cada componente conta’ ao peso leve, o professor Murray disse: “O design de um carro esportivo leve não vem apenas da especificação de materiais exóticos, mas de um estado de espírito, de foco e controle absolutos e de um profundo entendimento de design leve e otimizado “.

Uma das principais filosofias de Murray é que existe uma enorme diferença entre a relação potência / peso e sua própria perspectiva de design, que considera o peso / potência de um veículo.

No T.50, cada 100 cv precisa impulsionar 150 kg de carro, enquanto que para o supercarro típico (1.436 kg com 684 cv) o peso necessário para impulsionar é 40% maior, a 210 kg. É esse cálculo de peso e potência que impulsiona o desenvolvimento do T.50, com todos os componentes projetados para atingir o menor peso inicial.

Esse foco e controle garantem que nenhuma medida de redução de peso precise ser implementada no final do desenvolvimento do carro.

Pesando apenas 980 kg e equipado com um motor V12 de 650 cv, o T.50 é um marco desafiador para os supercarros rivais. Para combinar com os 663 cv / ton do T.50, o supercarro típico de 1.436 kg precisaria de mais 300 cv. Obviamente, os 950 cv necessários para combinar com o T.50 no papel acrescentariam custo, complexidade e exigiriam componentes maiores e mais pesados ​​ (pneus, transmissão, freios, etc.) para lidar com a potência extra.

Um carro pesado nunca pode fornecer os atributos dinâmicos de um carro mais leve – mesmo que tenha a mesma relação potência e peso. Embora seja possível disfarçar as capacidades dinâmicas de um carro pesado com suspensão ativa complexa e eletrônicos sofisticados, a agilidade, a capacidade de resposta e a recompensa de um veículo leve não podem ser comparadas.

O T.50 é menor que um Porsche 911, mas oferece espaço confortável para três passageiros e bagagem. Seus painéis monocoque e carroceria totalmente em fibra de carbono pesam menos de 150 kg no total.

No interior, os três assentos inspirados nas corridas também são construídos usando fibra de carbono. O banco do motorista com posição central pesa menos de 7 kg, enquanto os bancos do passageiro alcançam um peso abaixo de 3 kg.

Através de padrões rigorosos, engenharia inovadora e a experiência dos engenheiros da Cosworth Powertrain, o peso da unidade GMA de 4 litros é inferior a 180 kg. Isso o torna o V12 de estrada mais leve já fabricado e mais de 60 kg mais leve que o BMW S70 / 2 V12 da McLaren F1 – enquanto gera mais energia.

Monitorando o peso de cada peça, até porcas, parafusos e arruelas, a equipe mantém verificações rigorosas durante todas as etapas do processo de desenvolvimento.

Para a equipe da Gordon Murray Automotive, nenhuma economia de peso é considerada insignificante. Por exemplo, a caixa dos pedais é 300g mais leve que a da F1 e os vidros são 28% mais finos que o normal, mantendo um forte componente estrutural.

Para toda a equipe, seu foco de leveza é inabalável, todas as inovações, testes e revisões se combinam para oferecer o supercarro mais puro, leve e focado no motorista de todos os tempos.

Mecânica Online

Vistoria – O Conselho Nacional de Trânsito (Contran) publicou a Deliberação nº 190, que autoriza a realização de vistoria de identificação veicular fora das instalações dos órgãos executivos de trânsito das Unidades Federativas, e das Empresas Credenciadas em Vistoria de Veículos (ECV). A ação faz parte do pacote de medidas do Governo Federal, através do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran), para garantir a segurança da população no enfrentamento da pandemia do novo coronavírus.

Pneus em baixa – Em abril, a indústria nacional de pneumáticos teve queda de 74,6% em comparação ao mesmo período de 2019. O resultado é consequência da baixa acentuada nas vendas para montadoras (-96,8%) e para o mercado de reposição (-65,2%). Com isso, o mês fechou com um total de 1.202.616 unidades comercializadas. Os dados fazem parte do levantamento setorial divulgado pela Associação Nacional da Indústria de Pneumáticos (ANIP).


Tarcisio Dias é profissional e técnico em Mecânica, além de Engenheiro Mecânico com habilitação em Mecatrônica e Radialista, desenvolve o site Mecânica Online® (www.mecanicaonline.com.br) que apresenta o único centro de treinamento online sobre mecânica na internet (www.cursosmecanicaonline.com.br), uma oportunidade para entender como as novas tecnologias são úteis para os automóveis cada vez mais eficientes.

Coluna Mecânica Online® – Aborda aspectos de manutenção, tecnologias e inovações mecânicas nos transportes em geral. Menção honrosa na categoria internet do 7º e 13º Prêmio SAE Brasil de Jornalismo, promovido pela Sociedade de Engenheiros da Mobilidade. Distribuição gratuita todos os dias 10, 20 e 30 do mês.

COMENTAR

QUER ENTRAR EM CONTATO COM O BLOG DO CAMINHONEIRO? ENVIE UMA MENSAGEM CLICANDO NO NÚMERO ABAIXO

042-98800-6519

Artigos relacionados

Escreva um comentário