Klabin inicia testes com bitrem dobrável

por Blog do Caminhoneiro

A empresa de celulose Klabin iniciou, no Paraná, testes com a primeira carreta dobrável do Brasil. Com tecnologia da Austrália, a novidade será usada para transporte de toras junto com a frota tradicional, para comparação.

A carreta dobrável é um implemento do tipo bitrem, próprio para o carregamento de madeira, que encolhe a primeira carreta sobre o chassi do cavalo-mecânico. Com isso, o veículo reduz seu tamanho de 19 metros para 15 metros.

Com essa redução, o caminhão precisa de menos espaço para manobrar, e consegue ter um ganho de tração e direção em áreas muito acidentadas, com menor raio de giro para as curvas. Com isso, a Klabin espera poder aumentar a quantidade de árvores plantadas sem aumentar a área de plantio.

Além do ganho na manobrabilidade do veículo, com maior facilidade para movimentação nas áreas florestais, o caminhão tem uma redução significativa no desgaste dos pneus, já que, quando vazio, oito pneus deixam de ter contato com o solo.

Vazio e dobrado, o caminhão também passa a ter uma agilidade maior, podendo realizar ultrapassagens mais ágeis e seguras, melhorando o fluxo das vias onde opera.

O custo de operação também é reduzido, já que sem contato com o solo, os pneus não são contados para pagamento do pedágio, e há uma menor resistência ao rolamento, reduzindo o consumo de combustível.

“A Klabin tem investido constantemente em sistemas e tecnologias visando aumentar a eficiência do negócio e manter seu pioneirismo. A equipe florestal conseguiu inovar mais uma vez, demonstrando a alta capacidade de desenvolvimento interno da companhia”, afirmou o diretor Florestal da Klabin, José Totti.

Blog do Caminhoneiro

COMENTAR

QUER ENTRAR EM CONTATO COM O BLOG DO CAMINHONEIRO? ENVIE UMA MENSAGEM CLICANDO NO NÚMERO ABAIXO

042-3532-4235

Artigos relacionados

3 comentários

Farone 13/06/2020 - 06:02

Muito bom Klabin foi minha primeira opção de compra de ações e vendo essas novidades fico mas confiante que fez a escolha certa.

Reply
Alan Fernandes 10/06/2020 - 12:37

Na Austrália já está mais avançadohttps://youtu.be/rehtJsW9Mtg,encolher só 4 metros acho pouco,mas já rum avanço!

Reply
GAUTHIER ALEX FREITAS DE ABREU 10/06/2020 - 11:48

Sou acionista da Klabin e gosto muito qdo vejo iniciativas para ganhos de desempenho. Também fico feliz pois penso ser a Klabin uma boa empresa para as pessoas trabalharem. Ganhamos todos nós.

Reply

Escreva um comentário