Volvo apresenta modelo VM City

por Blog do Caminhoneiro

Vocacionado para uso urbano e de viagens curtas, o novo Volvo VM City foi desenvolvido para preencher uma lacuna de mercado que a Volvo enxergou, que necessita de caminhões mais robustos e eficafez para uso nas cidades.

O modelo sai de fábrica com motor de 7,2 litros, com 270 cavalos de potência e torque de 950 Nm, que é reconhecido pela potência, robustez e baixo consumo de combustível. O câmbio manual tem seis marchas, com sistema de redução no eixo traseiro.

A cabine do modelo é curta, visando maior espaço para o implemento. Para aumentar o conforto da operação, o modelo tem como opcional ar-condicionado.

“Projetamos esse caminhão para atender tudo o que os transportadores com operações de tiro curto, dentro das cidades ou de distribuição regional, precisam. Mas sem abrir mão da qualidade e robustez de um Volvo”, afirma Alcides Cavalcanti, diretor comercial de caminhões da marca.

De acordo com a Volvo, o VM City é um caminhão pensado nos transportadores que precisam versatilidade para vários tipos de carga. O modelo atende principalmente empresas que atuam em segmentos do varejo e precisam flexibilidade para distribuição de gêneros diversos, desde pequenos comércios ou mercados, lojas de materiais de construção, distribuição de alimentos e muitos outros. Pode ser também usado como veículo de apoio em empresas que fazem leva e traz de artigos variados.

“Há uma enorme gama de aplicações para o VM City. São operações em que o motorista roda em vários trechos curtos durante o dia e não precisa dormir no veículo. Por isso, essa versão tem a cabine curta e o ar condicionado é opcional”, argumenta Jeseniel Valério, gerente de engenharia de vendas de caminhões Volvo.

O VM City amplia a oferta Volvo em semipesados. A marca foi a que mais cresceu neste segmento no ano passado e mantém um bom desempenho em 2020, com um crescimento de 29% sobre o mesmo período do ano anterior, mesmo com o cenário adverso causado pelo coronavírus.

Blog do Caminhoneiro

COMENTAR

QUER ENTRAR EM CONTATO COM O BLOG DO CAMINHONEIRO? ENVIE UMA MENSAGEM CLICANDO NO NÚMERO ABAIXO

042-3532-4235

Artigos relacionados

9 comentários

Fernando 11/06/2020 - 22:51

Como disse os camaradas acima, caminhão para distâncias curtas? Só no país de origem da volvo um truck desse roda em distâncias curtas. Os empresários compram com todos os incentivos dedutíveis revende e quem sofre lá dentro vai rodar de ponta a ponta por essas estradas que só quem é sabe o que passa.

Reply
Gato Preto 11/06/2020 - 16:16

Esse VM City é mais uma proeza das montadoras para fustigar o motorista ta a trabalhar apertado dentro de um cubículo sem nenhum conforto!
E não adianta dizer que é para curta distancia, com essa potencia será montado bau de 12 metros, carroceria boiadeira, grade para carvão e por ai vai!
Em breve veremos esse caminhão com custo menor e qualidade no seguimento conforto zero, atravessando o Brasil de Norte a Sul e Leste a Oeste.
Na hora de vender ai é qu a coisa vai ficar feia mesmo, quem gostaria de comprar um caminhão desses para trabalhar? Empresário compra é o novo mesmo, pois tem benefícios de todos os lados e o autônomo é quem cumpra usado.
Se um autônomo comprar um usado com essa configuração, ou será por pura falta de dinheiro ou por desconhecimento mesmo!
Na hora da revenda não adianta arrepender e querer vender pelo preço de um caminhão de verdade que ofereça ao menos o minimo de conformo!
É como foi citado acima, em breve as lojas de acessórios estarão instalando o famigerado sofá-cama e as tralhas do motorista ficarão ocupando o espaço do carona e piso.
Na verdade, VM usado já tem preço de revenda muito baixo e é muito ruim de comércio, esse então creio que vai superar!
Tudo pelo capital!!!!

Reply
Enéas Antônio de Castilho 11/06/2020 - 11:28

Como sempre as montadoras pensando nos empresários e esquecendo dos motoristas, com certeza o caminhão já saí da concessionária e vai direto pra loja de acessórios pra colocar o maldito sofa cama.

Reply
Marcos antónio Pe noronha 11/06/2020 - 08:46

Bom dia, para vcs engenheiros da volvo o que seria viagens curtas quantos km e viagens curta ?,por que como o colega falou isso não funciona,viagens curta si faz com 3/4 o investimento e muito alto ,para si aplicar em viagens curta.

Reply
Souza 10/06/2020 - 20:18

E igual os 3/4 HR Iveco accelo e os demais são caminhões de viagens curta mais isso não existem vão pra nordeste ficam dias e dias e agora vem dizer que e caminhão de cidade isso não existem o motorista tem ter um conforto pra descansar não importa se e caminhão pra viajar ou pra ficar na cidade tem carga que vc carrega pra andar 100 km e vc pernoita no caminhão

Reply
VOLMAR ANTUNES 10/06/2020 - 19:47

Lindão!!!

Reply
Valdir Pereira 10/06/2020 - 18:47

sempre trabalhei com carreta própria
queria voltar de novo. que seguimento seria
o último que eu estava era no químico sou de SANTO André sp

Reply
MAICON 10/06/2020 - 18:36

Urbano e viagens curtas. no Brasil isso não funciona os empresários irão comprar esse caminhão colocar um furgão enorme e um coitado lá no volante sem direito ao mínimo de conforto possível pode ter certeza que vai ter caminhão desse modelo atravessando o país

Reply
José Geraldo Vantine 10/06/2020 - 18:25

Esse VM City é adequado para VUC?

Reply

Escreva um comentário