Caminhões Agrale servirão de base para os novos FNM

por Blog do Caminhoneiro

A Agrale, única montadora 100% brasileira, vai ser a fornecedora da base para construção dos novos caminhões FNM, agora batizada de Fábrica Nacional de Mobilidades.

A FNM Elétricos usará os caminhões da Agrale, chassi e cabine, para montagem dos dois modelos previstos, o FNM 832, com 13 toneladas de PBT, e o modelo 833, com PBT de 18 toneladas.

A Agrale usa cabines de fibra de vidro com estrutura tubular de aço, que receberão nova dianteira, com grade e faróis que remetem aos caminhões FNM D-11000, fabricados na década de 1960. Todo o conjunto mecânico, motor, câmbio e diferencial, serão substituidos por motores elétricos e baterias.

“Estamos muito orgulhosos de poder participar de mais um projeto inovador em nossa história e certos de que essa iniciativa trará excelentes resultados para a Agrale e seus parceiros de negócio, como também aos usuários finais que adotarem os produtos FNM, com forte proteção ao meio-ambiente e tecnologia de ponta”, destaca o Diretor-Comercial da Agrale, Edson Ares Sixto Martins.

Os novos caminhões FNM estão sendo desenvolvidos na Unidade 2 da Agrale, em Caxias do Sul-RS, e a comercialização, que será feita por encomendas, deverá começar no fim deste ano.

Além do desenvolvimento dos novos caminhões, a FNM Elétricos pretende lançar ônibus com o mesmo conceito, além de oferecer a possibilidade de conversão de caminhões diesel convencionais para modelos elétricos.

Os novos caminhões usarão tecnologia de ponta nos sistemas, e incluirão um pacote de telemetria conectado diretamente aos sistemas de logistíca das empresas, como câmeras anti-colisão com inteligência artificial, aviso de mudança de pista, alerta de partida de veículos à frente, alerta para motorista fumando e distraído, avanço de sinal vermelho, alerta de colisão e outros.

Por dentro, os caminhões FNM receberão um novo painel, totalmente digital, com telas de grande tamanho mostrando todas as informações referentes ao caminhão e ao motorista.

COMENTAR

QUER ENTRAR EM CONTATO COM O BLOG DO CAMINHONEIRO? ENVIE UMA MENSAGEM CLICANDO NO NÚMERO ABAIXO

042-98800-6519

Artigos relacionados

7 comentários

Pastor Scarpin Gusso 02/08/2020 - 08:38

Vinícius, você nem que quisesse, deve ter dinheiro para comprar um. Com esta mentalidade retrógrada que você tem, se for caminhoneiro deve ser um daqueles bem ruim.

Reply
Cleiton 31/07/2020 - 22:11

Parabéns Agrale por mais está conquista

Reply
Raimundo Almeida Gomes 31/07/2020 - 11:05

Agrale e fnm vai da certo, só acreditar

Reply
Jarbas Nunes Real 31/07/2020 - 07:15

Antes de falarmos sobre a fábrica Agrale ,temos que conhecer seu desenvolvimento de engenharia e uma empresa que está em várias áreas como no transporte rodoviário , agricultura,exército e etc.,com tecnologia de ponta
Nunca podemos esquecer que o primeiro carro elétrico era de um Brasileiro marca Gurgel ,não foi para frente por falta de incentivo de pessoas que o ignoraram pela falta de conhecimento sem pensamento no futuro
Só tenho a agradecer a Agrale e por pessoas que tem estudo para ajudar e facilitar a melhorar o meio ambiente no Brasil e no mundo

Reply
Aloísio Marchetti 30/07/2020 - 21:53

Parabéns Agrale !! Indústria Brasileira . A única que conseguiu se manter no meio dessa política . Sou fã da marca . Fnm fez história no desenvolvimento do Brasil . Muitas famílias foram alimentadas atravéz da marca . Sucesso

Reply
Vinícius 30/07/2020 - 20:40

Quero distância dessas porcarias aí.

Reply
arlindo nunes filho 30/07/2020 - 19:05

Se manter o imenso volume de vendas dos caminhões agrale, vai ser um grrrraaaande mico.

Reply

Escreva um comentário