Caminhões Agrale servirão de base para os novos FNM

A Agrale, única montadora 100% brasileira, vai ser a fornecedora da base para construção dos novos caminhões FNM, agora batizada de Fábrica Nacional de Mobilidades.

A FNM Elétricos usará os caminhões da Agrale, chassi e cabine, para montagem dos dois modelos previstos, o FNM 832, com 13 toneladas de PBT, e o modelo 833, com PBT de 18 toneladas.

A Agrale usa cabines de fibra de vidro com estrutura tubular de aço, que receberão nova dianteira, com grade e faróis que remetem aos caminhões FNM D-11000, fabricados na década de 1960. Todo o conjunto mecânico, motor, câmbio e diferencial, serão substituidos por motores elétricos e baterias.

“Estamos muito orgulhosos de poder participar de mais um projeto inovador em nossa história e certos de que essa iniciativa trará excelentes resultados para a Agrale e seus parceiros de negócio, como também aos usuários finais que adotarem os produtos FNM, com forte proteção ao meio-ambiente e tecnologia de ponta”, destaca o Diretor-Comercial da Agrale, Edson Ares Sixto Martins.

Os novos caminhões FNM estão sendo desenvolvidos na Unidade 2 da Agrale, em Caxias do Sul-RS, e a comercialização, que será feita por encomendas, deverá começar no fim deste ano.

Além do desenvolvimento dos novos caminhões, a FNM Elétricos pretende lançar ônibus com o mesmo conceito, além de oferecer a possibilidade de conversão de caminhões diesel convencionais para modelos elétricos.

Os novos caminhões usarão tecnologia de ponta nos sistemas, e incluirão um pacote de telemetria conectado diretamente aos sistemas de logistíca das empresas, como câmeras anti-colisão com inteligência artificial, aviso de mudança de pista, alerta de partida de veículos à frente, alerta para motorista fumando e distraído, avanço de sinal vermelho, alerta de colisão e outros.

Por dentro, os caminhões FNM receberão um novo painel, totalmente digital, com telas de grande tamanho mostrando todas as informações referentes ao caminhão e ao motorista.

7 comentários

Hamilton 27/08/2020 - 16:51

Boa tarde, antes de fazer algum comentário ruim de qualquer fabricante de caminhão (montadora) devemos fazer um estudo mais detalhado da historia dos nossos caminhão, exemplo o VW os primeiros foram montados no chassis do DODGE, e hoje praticamente dominando o mercado brasileiro e exportando para outros países, e porque não acreditarmos nesses novos investimentos nacionais, porque acharmos que todo produto importado e melhor que nosso.

Reply
Pastor Scarpin Gusso 02/08/2020 - 08:38

Vinícius, você nem que quisesse, deve ter dinheiro para comprar um. Com esta mentalidade retrógrada que você tem, se for caminhoneiro deve ser um daqueles bem ruim.

Reply
Cleiton 31/07/2020 - 22:11

Parabéns Agrale por mais está conquista

Reply
Raimundo Almeida Gomes 31/07/2020 - 11:05

Agrale e fnm vai da certo, só acreditar

Reply
Jarbas Nunes Real 31/07/2020 - 07:15

Antes de falarmos sobre a fábrica Agrale ,temos que conhecer seu desenvolvimento de engenharia e uma empresa que está em várias áreas como no transporte rodoviário , agricultura,exército e etc.,com tecnologia de ponta
Nunca podemos esquecer que o primeiro carro elétrico era de um Brasileiro marca Gurgel ,não foi para frente por falta de incentivo de pessoas que o ignoraram pela falta de conhecimento sem pensamento no futuro
Só tenho a agradecer a Agrale e por pessoas que tem estudo para ajudar e facilitar a melhorar o meio ambiente no Brasil e no mundo

Reply
Aloísio Marchetti 30/07/2020 - 21:53

Parabéns Agrale !! Indústria Brasileira . A única que conseguiu se manter no meio dessa política . Sou fã da marca . Fnm fez história no desenvolvimento do Brasil . Muitas famílias foram alimentadas atravéz da marca . Sucesso

Reply
arlindo nunes filho 30/07/2020 - 19:05

Se manter o imenso volume de vendas dos caminhões agrale, vai ser um grrrraaaande mico.

Reply

Deixe um comentário!

Projeto quer acabar com valores de fretes muito baixos Montagem de caminhões no Brasil segue em alta Uso do celular aumenta entre motoristas Rebite – Um grande vilão nas estradas Volkswagen apresenta caminhão conceito Optimus