Volkswagen quer entrar no mercado de caminhões dos Estados Unidos

por Blog do Caminhoneiro

A Volkswagen AG é dona do Grupo Traton, que detém as marcas Scania, MAN e Volkswagen Caminhões e Ônibus, atuando com força nos mercados latino-americano e europeu. Mas falta um impulso a mais nas vendas de veículos comerciais, para que a Volkswagen concorra igualmente com Daimler e Volvo.

Diferente de Volvo e Daimler, a VW ainda não atua com força total nos Estados Unidos, por isso, no início deste ano, fez uma oferta de compra da Navistar, dos Estados Unidos, que produz caminhões International e detém outras marcas importantes no segmento. O valor total da oferta foi de US$ 35,00 por ação, ou US$ 2,9 bilhões pelo controle total da empresa.

Hoje, a Volkswagen tem 16,7% das ações da Navistar, sendo a segunda maior acionista da empresa. O investidor bilionário Carl Icahn é o maior acionista, dono de 16,8% da empresa, e Mark Rachesky, da MHR Fund Management, o terceiro, com 16,3%.

A Navistar é avaliada hoje em US$ 3,3 bilhões.

Apesar da oferta feita no início do ano, a Navistar ainda não aceitou a proposta, e a negociação está aberta. Parte da demora em aceitar ou recusar a oferta é por conta da pandemia do coronavírus, que mudou os planos das empresas.

Agora, a Volkswagen planeja dar novo impulso ao negócio, com uma nova oferta que será apresentada em breve.

Caso consiga realizar a compra da Navistar, a Volkswagen continuará utilizando a marca International para venda de produtos nos Estados Unidos, mas compartilhando tecnologias com caminhões Scania e MAN.

Rafael Brusque – Blog do Caminhoneiro | Foto Reuters

COMENTAR

QUER ENTRAR EM CONTATO COM O BLOG DO CAMINHONEIRO? ENVIE UMA MENSAGEM CLICANDO NO NÚMERO ABAIXO

042-3532-4235

Artigos relacionados

1 comentário

gilmar nascimento alves 08/09/2020 - 16:27

com motores scania a international vai vender muito nos estates

Reply

Deixe sua opinião sobre o assunto!