Volvo vê crescer o interesse pelo gás no transporte

por Blog do Caminhoneiro

A redução de emissões no transporte é uma meta de milhares de empresas em todo o mundo, e isso tem feito o interesse pelo uso do gás no lugar do diesel crescer significativamente. Por isso, a Volvo vai passar a oferecer os novos FH e FM a gás na Europa.

“Hoje, os caminhões movidos a gás natural liquefeito são a alternativa comercialmente mais viável ao diesel comum para operações pesadas de longa distância. Este combustível está disponível em quantidades suficientemente grandes e a um preço competitivo. O uso de mais caminhões a gás cria condições favoráveis ​​para fazer uma transição para uma porção maior de biogás liquefeito ao longo do tempo”, disse Lars Mårtensson, Diretor de Meio Ambiente e Inovação da Volvo Trucks.

Apesar do crescimento no interesse do uso do gás, a Volvo diz que no futuro será necessário que as transportadoras possam usar vários tipos de combustíveis, conforme cada operação, para que seja possível obter os melhores custos com a menor emissão de poluentes.

Isso quer dizer que o diesel, gás natural, eletricidade e células de hidrogênio existirão em harmonia futuramente, cada um para um tipo de operação de transporte, e com empresas tendo caminhões abastecidos com combustíveis distintos.

O uso do biogás, obtido a partir de fontes renováveis, pode reduzir as emissões em mais de 90%, porém os crescimento na rede de produção e distribuição deve ser pequena se comparado ao diesel, até 2030. Até lá, apenas 20% do diesel será substituído por esse gás, desde que haja um investimento pesado para construção de fábricas de gás por toda a Europa.

E o diesel continuará sendo usado, graças à novas tecnologias em motores, que já conseguiram neutralizar mais de 90% das emissões na comparação com caminhões mais antigos. Com a evolução constante, mesmo o diesel será cada vez menos poluente.

Rafael Brusque – Blog do Caminhoneiro

COMENTAR

QUER ENTRAR EM CONTATO COM O BLOG DO CAMINHONEIRO? ENVIE UMA MENSAGEM CLICANDO NO NÚMERO ABAIXO

042-3532-4235

Artigos relacionados

Escreva um comentário