Ford conclui a venda da fábrica de São Bernardo do Campo

por Blog do Caminhoneiro

Um ano após encerrar definitivamente a produção de caminhões no Brasil, a Ford anuncia que concluiu a venda da fábrica de São Bernardo do Campo, em São Paulo, para as empresas Construtora São José, especializada em empreendimentos logísticos, e FRAM Capital, empresa de gestão de recursos.

De acordo com a Ford, a venda da fábrica envolveu diversos interessados, mas a empresa resolveu pela venda para àquelas que apresentaram as melhores alternativas para a fábrica e para a região.

“Desde o início deste processo, demos prioridade para projetos que melhor atendessem as necessidades da região. Estamos muito felizes em concluir essa transação com a Construtora São José e com a FRAM Capital, empresas conceituadas e com ampla experiência em seus segmentos de atuação, que contribuirão com a geração de empregos e o desenvolvimento de São Bernardo do Campo”, disse Lyle Watters, presidente da Ford América do Sul e Grupo de Mercados Internacionais.

“Gostaria de agradecer a todos os envolvidos neste negócio, tanto as equipes da Ford quanto São José, FRAM e demais colaboradores. Grandes realizações se concretizam com trabalho e dedicação, fruto de muito esforço e compromisso de todos, com propósitos firmes”, disse Mauro Silvestri, sócio-fundador da Construtora São José.

O último caminhão a sair da linha de montagem da Ford


A produção de caminhões da Ford em São Bernardo do Campo foi encerrada em 30 de outubro de 2019. A montadora anunciou em fevereiro do ano passado, por meio de nota, que estava finalizando a produção de caminhões no Brasil, que seguiria até outubro do mesmo ano, e iria parar completamente a produção e venda de caminhões na América Latina. Junto com os caminhões, foi encerrada a produção do New Fiesta.

Na linha de montagem haviam apenas oito unidades da F-4000 para serem finalizadas. Faltava somente a instalação dos pneus nos veículos. A última unidade finalizada foi uma F-4000 4×4, com sequência de produção 1316. Ela terminou de ser montada perto das 13 horas.

O modelo é equipado com motor Cummins ISF 2.8L, entrega 150 cavalos de potência e torque de 360 Nm. O câmbio é Eaton, modelo FSO 4505 D, manual de cinco marchas. A capacidade de carga é de 3.949 kg, com PBT de 6.800 kg.

Essa unidade, branca, foi fotografada por um dos trabalhadores, Luiz Gustavo Marcondes Bernard, mostrando o restante da linha de montagem vazia. No meses anteriores, até o maquinário da fábrica já estava sendo retirado.

A fábrica funcionou por 52 anos. Desde 1967, produziu veículo de passeio e caminhões, dos modelos mais variados. Atualmente, produzia as linhas Cargo, Série F e New Fiesta.

Rafael Brusque – Blog do Caminhoneiro

COMENTAR

QUER ENTRAR EM CONTATO COM O BLOG DO CAMINHONEIRO? ENVIE UMA MENSAGEM CLICANDO NO NÚMERO ABAIXO

042-3532-4235

Artigos relacionados

Deixe sua opinião sobre o assunto!