Produção de caminhões cresce 15,6% em outubro

por Blog do Caminhoneiro

Mostrando uma importante reação após a queda acentuada causada pela pandemia do coronavírus, as montadoras produziram 15,61% mais caminhões em outubro no comparativo com setembro.

Foram fabricados no Brasil 10.902 unidades no mês passado, ante 9.430 em setembro. O destaque fica por conta da produção de pesados, que atualmente é o segmento mais representativo na produção e venda de caminhões.

De acordo com os dados da Anfavea, foram produzidos 5.062 caminhões pesados em outubro, 23,46% mais que em setembro, quando foram produzidos 4.100 unidades.

“Os resultados de outubro revelam os esforços da indústria para atender ao crescimento da demanda em alguns segmentos do mercado. Temos muitos desafios para atingir uma recuperação mais vigorosa, como os novos protocolos das fábricas, a dificuldade de planejar o médio prazo, a alta dos custos e, recentemente, a falta de alguns insumos”, ressaltou o Presidente da Anfavea, Luiz Carlos Moraes.

Essa foi a primeira vez que a produção superou as 10 mil unidades neste ano. Em abril, pior mês do ano, foram produzidos apenas 403 unidades. Depois disso, a produção foi subindo gradativamente, passando para 4.054 unidades em maio, 5.575 em junho, 6.820 em julho, 7.087 em agosto e 9.430 em setembro.

No acumulado dos dez meses do ano, a produção atinge 68.977 unidades. No ano passado, no mesmo período, foram produzidos 98.738 caminhões no Brasil, o que mostra que apesar do crescimento, os números ainda estão distantes dos resultados de 2019.

Para a Anfavea, a produção total de caminhões neste ano deve ficar na casa das 83,5 mil unidades.

Rafael Brusque – Blog do Caminhoneiro

COMENTAR

QUER ENTRAR EM CONTATO COM O BLOG DO CAMINHONEIRO? ENVIE UMA MENSAGEM CLICANDO NO NÚMERO ABAIXO

042-3532-4235

Artigos relacionados

Deixe sua opinião sobre o assunto!