Artigo: Suspensor de Eixo: quais os riscos para tanques e isotanques

por Blog do Caminhoneiro

Apesar da simplicidade do funcionamento do suspensor de eixo em veículos de carga, alguns cuidados devem ser observados tendo em vista que esse acessório interfere em diversos sistemas de segurança fundamentais do veículo.

O principal risco está no fato dos grampos poderem atingir o fundo da carroceria, no caso de falha no batente ou fim de curso. Essa falha é bastante frequente no Brasil e impõe riscos elevados especialmente para tanques e contêineres Isotanques!

Quando os grampos escapam e atingem o fundo do compartimento invariavelmente provocam deformações na chapa ou no revestimento, podendo até mesmo furar o costado, considerando que a chapa dos tanques e Isotanques é relativamente fina.

Se o tanque ou contêiner isotanque estiverem carregados fatalmente toda carga vazará. Além disso, dependendo do impacto, o dano na chapa é de difícil reparo, podendo até condenar o tanque.

Medidas preventivas devem ser adotadas de modo a proporcionar redundância nos dispositivos batentes de segurança, como forma de proteger o costado de tanques e isotanques, no caso de falha do suspensor de eixo.

Fica a dica!.

Mais informações: www.trs.eng.br [email protected]

Artigo do Engenheiro Rubem Penteado de Melo

COMENTAR

Artigos relacionados