Librelato comemora vendas de 700 carretas com tecnologia de Nióbio

por Blog do Caminhoneiro

A Librelato apresentou o novo Semirreboque Graneleiro PRÓ-NIO na Fenatran de 2019, que é produzido com aços especiais que recebem nióbio em sua composição. O nióbio na composição do aço garante mais rigidez estrutural, com redução da tara em 780 quilos, o que se reflete em mais capacidade de carga.

Desde o lançamento, a Librelato já comercializou mais de 700 unidades do implemento, e, para este ano, a empresa prevê um crescimento de 50% nas vendas.

“Quem mais reconhece as vantagens da redução de tara e o consequente ganho com o aumento da capacidade de carga são geralmente as transportadoras de grande e médio porte. Outra característica desses transportadores é de possuírem maior constância nos tipos de carga transportada e rotas onde trafegam, o que permite previsibilidade e com isso ganhos logísticos e utilização da capacidade máxima de carga dentro dos limites estabelecidos por lei”, diz Fábio Tronca, Gerente de Engenharia do Produto e Pós-Vendas da Librelato.

Além das vendas no Brasil, a Librelato está exportando essa tecnologia, para países como Paraguai, Chile e Uruguai.

“Até o momento já exportamos em torno de 100 produtos PRÓ-NIO em 2020 para Chile e Paraguai. Para 2021 já temos quase 200 produtos PRÓ-NIO em carteira para exportação. Para nós da Librelato está nítido que o mercado externo passou a preocupar-se cada vez mais com a eficiência do transporte e a importância de utilizar caminhões e implementos que permitam maior rentabilidade no frete”, pontua Tronca.

Pioneirismo nos graneleiros

Apesar de ser novidade para a linha graneleira, a Librelato já usava aços de alta resistência com nióbio em outros produtos, como a linha basculante. Mas a empresa é pioneira no uso dessa tecnologia na linha graneleira.

Além da redução de tara, que garante maior carga transportada, o aço especial com nióbio é mais resistência, aumentando a durabilidade do equipamento nas estradas.

A Librelato oferece a tecnologia Pro-Nio para o semirreboque três eixos, e também nas configurações de Bitrem 04 eixos, Bitrem 06 eixos e Rodotrem e pretende expandir para outros produtos de seu portfólio.

Rafael Brusque – Blog do Caminhoneiro

COMENTAR

Artigos relacionados