PRF multa caminhoneiro por emitir poluição acima do limite permitido

por Blog do Caminhoneiro

O motorista de um caminhão Volvo VM 330 foi autuado pela Polícia Rodoviária Federal, após serem constatadas irregularidades no sistema de injeção de Arla 32 no escapamento do veículo. Ao realizar teste no sistema, os policiais verificaram que o produto dentro do tanque não era Arla 32. A fiscalização ocorreu na BR-316, Km 102, em Santa Maria do Pará.

O Arla 32 é um reagente a base de ureia, usado em veículos Euro 5, com sistema de pós-tratamento dos gases do escapamento, reduzindo a emissão de óxidos de nitrogênio.

Muitos caminhões rodam com o sistema adulterado ou desativado.

Não usar o Arla 32 no veículo é uma infração de trânsito grave, com retenção do veículo e multa de R$ 195,23.

Além disso, o condutor pode ser enquadrado por crime ambiental, por estar causando poluição que possa representar perigo à saúde.

O Volvo VM flagrado pela PRF foi retido para substituição do Arla 32 do tanque, e foi lavrado um Termo Circunstanciado por Crime Ambiental, notificando também o órgão ambiental (IBAMA) para apurar e aplicar as penalidades administrativas cabíveis.

Rafael Brusque – Blog do Caminhoneiro

COMENTAR

QUER ENTRAR EM CONTATO COM O BLOG DO CAMINHONEIRO? ENVIE UMA MENSAGEM CLICANDO NO NÚMERO ABAIXO

042-3532-4235

Artigos relacionados

Deixe sua opinião sobre o assunto!