Venda de caminhões fecha 2020 com 89 mil unidades comercializadas – FH 540 é o mais vendido

por Blog do Caminhoneiro

A Fenabrave divulgou hoje o fechamento dos números da venda de veículos no Brasil em 2020. De acordo com a Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores, foram emplacados, no total, 3.162.851 unidades em 2020, ante 4.036.046 registradas em 2019. A queda foi de 21,6%.

Já no segmento de caminhões, foram registradas 89.207 unidades em 2020, 15,74% menos que as 101.733 unidades vendidas em 2019. Em dezembro, as vendas foram de 9.639 unidades.

“Os fabricantes de caminhões tiveram muita dificuldade para atender à demanda, por conta da retração da produção, provocada pela pandemia, na indústria. A boa oferta de crédito e a melhora dos preços das commodities são fatores positivos, que impulsionaram e continuam mantendo a procura aquecida”, comenta o Presidente da Fenabrave, Alarico Assumpção Júnior.

As vendas em dezembro mostraram crescimento no comparativo com novembro de 2020 e com dezembro de 2019, o que é um ótimo indicativo de melhora para o segmento.

Em novembro de 2020 foram emplacados 9.022 unidades, 6,84 menos que em dezembro. Já em dezembro de 2019, o número de caminhões emplacados foi de 8.328 unidades, 15,74% menos que em dezembro/20.

Nos doze meses do ano, a Mercedes-Benz registrou 30.081 caminhões vendidos, que representam 33,72% do mercado. Volkswagen foi a segunda colocada, com 25.594 unidades vendidas, com 28.69% de mercado.

A lista segue com:

  1. Volvo – 14.974 unidades – 16,79% de participação
  2. Scania – 8.704 unidades – 9,76%
  3. Iveco – 5.065 unidades – 5,68%
  4. DAF – 3.831 unidades – 4.29%
  5. Ford – 575 unidades – 0,64%
  6. Hyundai – 226 – 0,25%
  7. Agrale – 17 – 0,02%
  8. JAC – 13 – 0,01%

Com 5.870 unidades vendidas em 2020, o Volvo FH 540 foi o caminhão mais vendido do Brasil, entre todas as categorias. O modelo representa quase 40% da produção da Volvo atualmente.

Nos últimos doze anos, o Volvo FH foi líder de mercado por oito vezes. No ano de 2020, o FH 460 ficou em terceiro na posição dos mais vendidos, com 3.936 unidades emplacadas. O segundo colocado foi o Volkswagen Delivery 11.180, que registrou 4.458 unidades.

“Este resultado mostra novamente a grande preferência que o mercado nacional tem pelo FH, um caminhão que se consolidou como a melhor opção em transporte comercial. Há anos estamos sempre nas primeiras posições em emplacamentos. É a prova de que o transportador brasileiro é extremamente profissional e escolhe o FH por causa de seus atributos de grande disponibilidade e robustez, alto grau de tecnologia embarcada e baixo consumo de combustível”, declara Alcides Cavalcanti, diretor executivo de caminhões da Volvo.

Rafael Brusque – Blog do Caminhoneiro

COMENTAR

Artigos relacionados