Diamante Transportes conquista Selo Carbono Zero

por Blog do Caminhoneiro

A empresa Diamante, que atua mercado brasileiro de transporte de cargas há 50 anos, investiu em soluções que minimizassem os efeitos causados pelas suas operações, tornando-os sustentáveis. Graças ao investimento e com uso de combustíveis alternativos e tecnologias menos poluentes, a empresa foi certificada como “Carbono Zero, pela empresa de consultoria Biofilica.

“Há vários anos, todo os nossos veículos passam por inspeções periódicas de emissão de fumaça, que atestam o cumprimento dos padrões internacionais de emissão de gases. Além disso, fazemos os laudos de descarte dos pneus sucateados junto às empresas homologadas para promover sua destinação correta, assim como com os lubrificantes. Mas estávamos em busca de um projeto que tivesse um impacto ainda maior em nossas iniciativas”, salienta Caio Cantú, diretor-executivo da Diamante.

O projeto Carbono Zero está baseado no levantamento total de gases emitidos pelas operações dos caminhões da Diamante no primeiro semestre de 2020, utilizando metodologia própria, reconhecida internacionalmente, para a conversão de diesel utilizado e quilometragem rodada.

Com as mudanças que o transporte no mundo vem sofrendo, com a disponibilidade de tecnologias que buscam aumentar a eficiência no transporte, seja na melhoria na capacidade de carga dos caminhões, combustíveis alternativos e tecnologia menos poluentes, a Diamante busca sempre estar investindo e acompanhando essas mudanças.

“Nossos caminhões já possuem tecnologia de ponta, que visam a redução da emissão de gases poluentes, e nesse ano, que completamos 50 anos de atuação, decidimos dar um passo significativo na nossa história, contribuindo para um mundo mais sustentável. Com isso, colocamos em prática nosso projeto que foi batizado como ‘Carbono Zero'”, explica Caio.

Foi identificada uma área de floresta que deverá ser preservada, levando em conta o total de gases emitidos. Após isso, foi feito o trâmite legal de certificação dessa área e emissão de toda a documentação que garante que os créditos foram apresentados. Ou seja, que a área foi preservada pela Diamante a fim de neutralizar o volume de gases emitidos no período avaliado.

O selo Carbono Zero, conquistado pela Diamante, atesta que 100% dos gases emitidos pelas operações de transporte da empresa ao longo do primeiro semestre de 2020 foram neutralizados. Para 2021, a empresa mantém o projeto ativo, com a realização do levantamento dos dados de emissão do segundo semestre do ano passado e promover a sua neutralização.

Rafael Brusque – Blog do Caminhoneiro

COMENTAR

Artigos relacionados