Dificuldade na obtenção de baterias pode atrasar novamente a produção do Tesla Semi

por Blog do Caminhoneiro

Os caminhões Tesla Semi irão usar um novo formato de baterias estruturais, com maior capacidade de armazenamento de energia, visando reduzir o peso e aumentar a autonomia do veículo. Apesar do avanço tecnológico, são as baterias que estão atrasando a produção do modelo.

A Tesla havia anunciado que as primeiras unidades produzidas em massa do caminhão começariam a ser entregues aos primeiros clientes neste ano, mas, Elon Musk, CEO da empresa, anunciou no Twitter que a dificuldade em conseguir baterias pode atrasar os planos.

Esse não será o primeiro adiamento do modelo. O Semi foi anunciado em 2017, com produção prevista para 2019. Depois passou para 2020 e finalmente 2021.

De acordo com Musk, as fábricas não conseguem produzir as novas baterias Tesla 4680 em volume suficiente para atender a demanda que o Semi necessita.

Ele destacou ainda que está tudo pronto para a produção do caminhão, que poderia entrar em produção agora mesmo, mas as baterias não chegam.

Em outra postagem na rede social, ele disse que agora a empresa sofre com a limitação das baterias, mas isso não deve ocorrer no próximo ano.

Rafael Brusque – Blog do Caminhoneiro

COMENTAR

Artigos relacionados

Deixe sua opinião sobre o assunto!