Diesel pode subir até R$ 0,35 a partir de amanhã com o fim da isenção do PIS/COFINS

por Blog do Caminhoneiro

Acaba hoje a isenção do PIS/COFINS sobre o valor do diesel, medida anunciada em fevereiro pelo Governo Federal, que entrou em vigor em 1º de março. Como a redução impactou em R$ 0,35 por litro do combustível, amenizando as seguidas altas, o valor poderá subir esse mesmo valor por litro a partir de amanhã.

A redução dos tributos foi uma medida temporária encontrada pelo governo como forma de minimizar o impacto das seguidas altas do diesel, que acabavam encarecendo o custo do transporte para os caminhoneiros, que têm margens de lucro cada vez menores e mais pressionadas.

De acordo com o Governo Federal, a isenção de impostos por esses 60 dias custou aos cofres públicos cerca de R$ 3,67 bilhões. Para compensar essa perda de arrecadação, o governo aumento os impostos para os bancos e limitou a isenção de IPI em carros para pessoas com deficiência.

Apesar da baixa de impostos do Governo Federal, o valor do ICMS, cobrado pelos estados, seguiu sendo reajustado, além do valor do petróleo no mercado internacional e a cotação do dólar subirem, fazendo com que a Petrobras atualizasse seus valores.

A medida adotada pelo governo acabou não reduzindo o valor do diesel nas bombas, mas conteve as altas.

Além dessa medida, o governo estuda a criação de um fundo de estabilização dos preços com os royaltes do petróleo extraído no país e também a recriação da CIDE, a Contribuição de Intervenção de Domínio Econômico, que hoje está zerada, e seria reduzida se o preço do diesel subisse, e aumentada quando o valor do diesel baixar. Nenhuma das duas alternativas foi anunciada oficialmente até agora.

Rafael Brusque – Blog do Caminhoneiro

COMENTAR

Artigos relacionados

1 comentário

Vinícius 30/04/2021 - 14:16

Joguei meu voto fora em 2018 quando poderia ter anulado, que arrependimento de ter ajudado a eleger aquele inútil que está fazendo de conta que é presidente.

Pô, o Banco Central abandonou nossa moeda, juros a 2,75% que fez o Real despencar para abaixo de 5 por dólar, inflação maquiada (a inflação real está na casa dos 32%), resultando em aumentos generalizados no preço dos insumos e alimentos, vacinas atrasadas e pandemia descontrolada, esse país tinha tudo pra estar muito melhor mas está jazendo nas mãos de um desgoverno sem ideia nenhuma!

Reply

Deixe um comentário sobre o tema!

%d blogueiros gostam disto: