ARTIGO: O que é burocracia do atraso?

por Blog do Caminhoneiro

É uma forma burra de fazer política, protegendo interesses menores em desfavor de um benefício para toda a sociedade, que infelizmente perdura até em Estados “de respeito”, como o Estado de São Paulo.

Querem ver um exemplo desse tipo de política?

O governo do Estado de São Paulo, através da Portaria SUP/DER-046-08/10/2013, obriga todas as empresas que transportam carga em direção ao Porto de Santos, inclusive veículos de transporte de passageiros, com comprimento acima de 26 metros, a fazer o desengate de um dos reboques para transitar entre os km 40+000 e 50+000 da Pista Sul da SP-150 (rodovia concessionada Padre Anchieta).

Não é preciso ser nem um pouco inteligente para saber que uma operação dessa natureza consome recursos preciosos e que precisa de uma solução urgente já que a pista sul da SP-150 é praticamente a única alternativa de acesso para veículos desse porte ao principal porto de exportação do país.

Pois bem, a própria concessionária de rodovia que opera o trecho tomou a iniciativa de contratar estudo, cujo resultado indica que, dada o tipo de articulação desses veículos, é viável sim o trânsito dos mesmos, até o comprimento de 30 metros, sem a necessidade de desengate de um dos reboques.

Você deve estar pensando: então o problema está resolvido. Basta revogar a Portaria SUP/DER-046-08/10/2013 e permitir o livre trânsito dos veículos, certo?

Não! Não é bem assim. É aí que entra a Burocracia do Atraso.

Como a Portaria é de 2013 e já se passaram mais de 8 anos, obviamente que ao longo de todo esse tempo, o problema para muitas empresas, virou uma oportunidade para outras.

E agora é essa minoria, ao que tudo indica, que está barrando a revogação da Portaria SUP/DER-046-08/10/2013 e a correção de um problema que demorou tempo demasiado para ser analisado e equacionado, mas cuja resolução final continua patinando.

A pergunta ao secretário de logística e transportes do Estado de São Paulo é: até quando?

Artigo da Redação da Logispesa

COMENTAR

Artigos relacionados

1 comentário

luz silva 29/05/2021 - 10:42

Burrice nada, eles estao muito certos, veicylos acima de 26 mts, deveria ser proibido em todas rodovias do Brasil, como em outros países do Mercosul.Mas aqui no Brasil, em vez de melhorar o frete, não eles aumentam o número de eixos, depois querem reclamarem das restriçoes.

Comments are closed.

%d blogueiros gostam disto: