e-Delivery passa por bateria incansável de testes antes do lançamento

por Blog do Caminhoneiro

O e-Delivery deverá ser lançado pela Volkswagen no segundo semestre desse ano, por isso, o caminhão está passando por baterias de testes, como temperaturas extremas até análises de interferências eletromagnéticas. Ao todo, são mais de 100 diferentes avaliações que vão corresponder ao equivalente a cerca de 400 mil quilômetros para comprovar a eficiência e a confiabilidade do veículo em todo tipo de condição.

“O mercado já conhece a confiabilidade e robustez da nossa marca e nossa rede de concessionárias. O lançamento do caminhão elétrico segue o mesmo rigor de todos os nossos veículos para garantir a segurança necessária na operação com o melhor consumo de energia e confiabilidade do produto. Ao mesmo tempo, avançamos em toda a preparação na infraestrutura da fábrica e treinamento de toda a cadeia envolvida no negócio para a estreia comercial com a responsabilidade que todos já conhecem da VW Caminhões e Ônibus”, afirma Roberto Cortes, presidente e CEO da montadora.

Para o aperfeiçoamento da tecnologia, a Volkswagen produziu uma frota de caminhões protótipos, que são usados por mais de 50 profissionais envolvidos diretamente na execução, aquisição de dados e avaliação dos resultados.

Ao longo desses dois anos e meio de desenvolvimento, veículos elétricos VW rodam com mais de 250 pontos de instrumentação para monitorar o desempenho específico de cada novo componente.

Além dos testes realizados no campo de provas do centro mundial de desenvolvimento da VWCO, localizado na fábrica, em Resende-RJ, o e-Delivery roda em condições reais de tráfego em São Paulo e no Sul Fluminense.

Uma infraestrutura de carregadores de alta potência, com diferentes modelos, foi montada para dar suporte à validação e aos testes num ritmo acelerado. Os veículos rodam 24 horas por dia em três turnos, sete dias por semana, com o objetivo de acumular a máxima quilometragem antes de chegarem definitivamente nas mãos dos clientes e às ruas.

O novo caminhão está passando por testes de validação da tecnologia, de segurança e testes específicos para os sistemas elétricos do motor e baterias de alta tensão, e também pela testagem tradicional, que qualquer outro modelo de caminhão passa, como durabilidade e desempenho.

O lançamento está previsto para o segundo semestre, e o preço estimado do veículo ainda não foi divulgado.

Rafael Brusque – Blog do Caminhoneiro

Deixe um comentário!