Iveco quase triplica as vendas para mercados da América do Sul

por Blog do Caminhoneiro

Além de registram um consistente crescimento no Brasil, a Iveco também celebra as vendas 187% maiores em países da América do Sul, com exceção da Argentina.

Os principais mercados da América do Sul para a Iveco, depois do Brasil, são Chile, Peru, Paraguai e Uruguai, além da marca ter grandes expectativas futuras para Colômbia e Equador.

“Para manter a performance comercial em alta estamos trabalhando em um plano de desenvolvimento estratégico da rede de distribuidores e importadores nos principais países do continente e, em breve, teremos novidades”, diz Daniel Calderoni, diretor Comercial para países importadores da América do Sul.

O executivo afirma que a montadora trabalha em campo, para se aproximar cada vez mais dos clientes, e esse esforço tem resultado em números muito positivos.

“No Brasil ou nos países vizinhos a estratégia é uma só: foco total no cliente. Para isso, temos um time de primeira, portfólio completo e alinhado com as necessidades do mercado e pontos de atendimento estrategicamente distribuídos para proporcionar produtos e serviços de qualidade”, afirma Márcio Querichelli, líder da Iveco para a América do Sul.

Rafael Brusque – Blog do Caminhoneiro

COMENTAR

Artigos relacionados

4 comentários

Adonis 03/05/2021 - 20:56

Fazendo uma correção porquê a Iveco não faz um caminhão 3/4 cabine leito porquê esse tipo de caminhão tb faz longas viagens e motorista precisa de um conforto fica a dica quem fizer sai na frente

Reply
Adonis 03/05/2021 - 20:52

Porquê a Iveco não faz o caminhão 3/4 tb e não se preocupa em fazer um caminhão 3/4 porquê esse tipo de caminhão faz tb longas viagens e o motorista precisa ter um conforto melhor tá aí a dica que fizer vai saí na frente

Reply
Luiz C. I. Silva 03/05/2021 - 07:03

Infelizmente não é bem isto que está acontecendo….
Já tinha uma Daily 18/19 um carro bom e tive assistência foi boa pois tive um problema no câmbio e trocaram o câmbio.
Devido a isso comprei outra em junho de 2.020.
Nova Daily 36-150.
E esse veiculo já vem com um problema sistêmico o mesmo que acontecia com a Amarok.
Bomba se desfaz e solta limalha contaminado tô sistema.
E como trabalho com o carro no uso rodoviário fazendo viagens norte e nordeste tem poucas concessionárias e acabei não fazendo revisões na concessionária.
Como não fiz as 2 últimas revisões na Concessionária perdi a garantia e o custo para arrumar o carro já passa dos R$ 30.000,00.
Meu irmão comprou uma do mesmo ano e modelo e já começa apresentar sinais.
Não indico a ninguém comprar esse novo modelo.
Luiz SP.

Reply
Gesoel M.T. Cordeiro 02/05/2021 - 09:09

Iveco tá merecendo todo o respeito que vêem conquistado com seus excelentes produtos.
Caminhão 3/4 e Dailly eu tenho e posso dizer, bons , confiável, econômicos, tô muito feliz por ter adotado como parceiro a Iveco.

Reply

Deixe um comentário sobre o tema!

%d blogueiros gostam disto: