Empresas do Grupo G10 recebem importante reconhecimento internacional

por Blog do Caminhoneiro

A conquista da recomendação de certificação GMP+B4 pelas empresas G10 Transportes, Transpanorama, Falleiro, Cordiolli, Rodofaixa e VMH, do G10, é um fato a ser comemorado. A certificação internacional é emitida por uma auditoria externa, por meio do órgão certificador Control Union, tem origem holandesa e especifica requisitos para as boas práticas de fabricação e transporte de ingredientes para alimentação animal.

Isso significa que as empresas adotam medidas de trabalho que evitarão qualquer tipo de contaminação desses ingredientes entre o carregamento e o descarregamento.

A partir do momento que os caminhões estão carregados, as empresas do G10 se responsabilizam pelo cuidado necessário durante toda a etapa de transporte e descarregamento do produto. Nesse cenário, as empresas do G10 são as primeiras do Brasil a serem recomendadas para a certificação GMP+B4.

“A recomendação para GMP+B4 é mais uma garantia para os nossos clientes da alta responsabilidade que temos no transporte das cargas. Mesmo não sendo uma obrigatoriedade no Brasil, decidimos por buscar esta certificação, demonstrando que estamos alinhados com conceitos globais de boas práticas”, diz Claudio Adamuccio, diretor Presidente do G10 e diretor Administrativo da Transpanorama.

O coordenador de SGI (Sistema de Gestão Integrado) do G10, Wellington Lemes, que participou de todo o processo de auditoria, comentou sobre a recomendação da certificação:

“É uma grande conquista para as empresas obterem a recomendação para a GMP+B4. Foi um processo complexo que envolveu todas as organizações. Sem a participação de todos os colaboradores não seria possível chegar a esse resultado e, por isso, estão todos de parabéns”.

O Grupo G10 sempre se compromete em atender as necessidades dos clientes, focando na satisfação, melhores práticas de qualidade de transporte e segurança dos profissionais e cargas transportadas. Com uma equipe qualificada e estrutura adequada, busca a melhoria contínua do sistema de gestão de segurança de produtos GMP+.

O certificado GMP+ assegura uma continuidade de operações, gestão de alta capacidade, controle de riscos e política global de qualidade. Além disso, mostra o profissionalismo das organizações, uma forma de reforçar a identidade corporativa.

“Um certificado GMP+ ajuda a empresa a gerar mais negócios e acessar novos mercados, contribui para criação de uniformidade e transparência na cadeia de alimentação, fazendo deste setor uma base sólida e mais segura”, finaliza Lemes.

Rafael Brusque – Blog do Caminhoneiro

COMENTAR

Artigos relacionados

Deixe um comentário sobre o tema!