Ford lança nova divisão de veículos comerciais no Brasil

A Ford anunciou ontem, em coletiva de imprensa online, a criação da Divisão de Veículos Comerciais no Brasil, que vai atuar na região como parte da nova organização global Ford Pro, dedicada ao segmento profissional. A nova área compreende uma estrutura dedicada de engenharia, manufatura, vendas, pós-vendas e experiência do consumidor, incluindo recursos de conectividade para oferecer uma solução completa aos clientes comerciais, com foco na produtividade.

“A Ford é líder mundial em veículos comerciais, conhece esse consumidor melhor do que ninguém. Com essa nova organização 100% dedicada ao segmento, vamos trabalhar com um só objetivo, que é garantir o menor custo de posse e o maior retorno para os nossos clientes”, diz Guillermo Lastra, diretor de Veículos Comerciais da Ford América do Sul.

O modelo que a empresa irá manter como veículo comercial, inicialmente, é a Ford Transit, referência do segmento de vans no mundo e um dos pilares do novo negócio de veículos comerciais da marca. Com mais de 60 anos de história que praticamente contam toda a evolução da categoria e mais de 10 milhões de unidades produzidas, ela é líder de vendas nos Estados Unidos e na Europa, há seis anos consecutivos. Como parte da evolução contínua, a Europa já anunciou a chegada da versão elétrica E-Transit, que abre caminho para o futuro desenvolvimento da linha.

O modelo, que será lançado no Brasil ainda neste ano, passou por um longo programa de testes e aprimoramentos pela engenharia brasileira da marca, no Centro de Desenvolvimento do Produto da Ford na Bahia e no Campo de Provas de Tatuí, no interior paulista, em parceria com os centros de engenharia da marca na Inglaterra e na Alemanha.

Foram mais de 20.000 horas de trabalho de engenharia e o equivalente a 1 milhão de km rodados em condições reais nos testes de desempenho, validação e durabilidade para atender às características únicas do clima, estradas, combustível, trânsito e modo de dirigir dos consumidores brasileiros e sul-americanos.

A van será produzida no Uruguai, pela Nordex. Essa é a quinta fábrica do modelo no mundo, que também é fabricada na Turquia, Rússia, China e Estados Unidos. O investimento da Nordex foi de mais de US$ 50 milhões para o início da produção do modelo.

“A nova fábrica é resultado de um modelo inovador de parceria da Ford com a Nordex, empresa especializada em manufatura e com mais de 50 anos de experiência no setor. Ela garante uma estrutura altamente eficiente e com custos competitivos para atender o tamanho e as necessidades do nosso mercado, com padrão global de excelência e qualidade”, afirma Guillermo Lastra.

Inicialmente, a nova Transit será oferecida no Brasil na versão passageiros, ou Minibus, nas versões para 15 ou 16 ocupantes, e 18 ou 19 ocupantes, incluindo o motorista, adaptadas em um ModCenter específico, além da chamada versão vidrada, sem bancos, para o cliente configurar como for preciso. A versão de carga, ou Furgão, chega futuramente com as opções de cabine média ou longa, também configuráveis de acordo com as necessidades do cliente.

Rafael Brusque – Blog do Caminhoneiro

Deixe um comentário!

Auxílio de R$ 1.000 para caminhoneiros é aprovado Conheça os detalhes do projeto Roda Bem Caminhoneiro Scania já teve 13 séries especiais no Brasil Conheça a nova série especial da Scania O Royal Eagle é um Scania 143 como você nunca viu