DAF pode estar trabalhando em um novo motor de 15 litros e mais de 600 cavalos de potência

por Blog do Caminhoneiro

A DAF oferece os motores Paccar PX7, PX9, MX11 e MX13 no seu catálogo atualmente, com potências que variam de 280 a 530 cavalos de potência. Porém, a quantidade de carga transportada em todo o mundo está subindo, com conjuntos cada vez maiores e mais pesados circulando por rodovias de todo o planeta.

Em mercados onde a Paccar, dona da DAF atua, que precisam de motores maiores, como Estados Unidos, Canadá e Austrália, são oferecidos motores como o Cummins X-15, com potências de até 615 cavalos, para os modelos Kenworth e Peterbilt, porém, como padrão são ofertados sempre os modelos MX-13, da própria Paccar. Para os modelos DAF, não existe a possibilidade de uso de outros motores além dos Paccar.

No final do mês passado, a publicação especializada Truck and Bus News, da Austrália, destacou que a DAF pode estar trabalhando no desenvolvimento de um motor maior, com potências acima dos 600 cavalos e 15 ou 16 litros de cilindrada.

Essa seria uma forma da montadora deixar de depender de outros fornecedores para equipar modelos com potências maiores, voltados ao transporte de cargas mais pesadas. Em feiras de caminhões na América do Norte, Peterbilt e Kenworth já não mostram mais caminhões equipados com trem de força diferente do Paccar, que fabrica os motores, caixas de câmbio e eixos.

A publicação da Truck and Bus News ainda destaca que os novos motores podem chegar à América do Norte e à Europa no final de 2022, e ao mercado australiano em 2023, principalmente para concorrer com empresas como Volvo e Daimler, que oferecem motores próprios, com 16 litros, para modelos na Europa e América do Norte.

Rafael Brusque – Blog do Caminhoneiro

Deixe um comentário!