Fotógrafo de caminhões que inspirou miniatura morre de grave doença muscular

Robin Holsappel se tornou um dos mais conhecidos fotografos de caminhões da Europa, pelo seu talento com a câmera e também por ser portador da Distrofia Muscular de Duchenne.

A Distrofia Muscular de Duchenne é uma doença genética, degenerativa e incapacitante, que acontece apenas em meninos. O problema genético impede a produção de uma proteína essencial para os músculos, que vão se degenerando até que a pessoa não consiga mais se mover.

A doença não tem cura, e, para buscar formas de acelerar as pesquisas para um tratamento, Robin Holsappel, que tinha 29 anos, e a Tekno, lançaram uma miniatura do Scania R 520 no início desse ano. Todo a arrecadação de valores com a venda do modelo foi destinada para a fundação Duchenne Parent Project.

A arrecadação visou aprofundar os estudos sobre a doença, para desenvolver medicamentos para atrasar ou interromper o colapso muscular causado pela Distrofia Muscular de Duchenne.

A criação de uma miniatura personalizada com seu nome foi um sonho de Robin Holsappel, que também sonhava em ser caminhoneiro. Ele trabalhou junto com os designers da Tekno para a produção do modelo.

Robin faleceu no último dia 28 de setembro, devido ao agravamento da doença. Mais de 50 caminhoneiros de vários países europeus estiveram presentes com seus caminhões para dar o último adeus ao jovem lutador.

Rafael Brusque – Blog do Caminhoneiro

Deixe um comentário!

Projeto quer acabar com valores de fretes muito baixos Montagem de caminhões no Brasil segue em alta Uso do celular aumenta entre motoristas Rebite – Um grande vilão nas estradas Volkswagen apresenta caminhão conceito Optimus