Transportadoras ajudam São Bernardo do Campo a bater recorde de exportação

por Blog do Caminhoneiro

Segundo um ranking elaborado pela consultoria Urban Systems, que analisa as melhores cidades brasileiras para se fazer negócios em educação, comércio, serviços, indústria, mercado imobiliário e agropecuária, São Bernardo do Campo foi o município de maior destaque na categoria de indústria.

Com o 14º maior Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil entre as cidades, São Bernardo bateu recordes de exportação no primeiro semestre do ano com mais de 410 milhões de dólares vendidos em tratores, 330 milhões de dólares em chassis, 300 milhões de dólares em veículos para transportes e 180 milhões de dólares em veículos de passageiros.

Esses dados evidenciam o desenvolvimento do município, que tem como um dos setores contribuintes o transporte rodoviário. A região é o berço da indústria automotiva no país, contando com fábricas da Volkswagen, da Scania e da Mercedes Benz, além de sediar transportadoras como a ABC Cargas, que atua há mais de 20 anos por lá. Essas empresas geram empregos e movimentam a economia local, impulsionando o desenvolvimento da cidade.

Um dos pontos que explica esse investimento do setor de transporte na cidade é a localização, como explica Danilo Guedes, presidente da ABC Cargas. “Um ponto importante da região é a localização geográfica, estamos a 40 minutos do Porto de Santos, a 30 minutos do Aeroporto de Congonhas e a 1h30 do Aeroporto de Viracopos, maior terminal de carga área da América do Sul. Tudo isso favorece a geração de negócios, o que é um atrativo para que outras empresas se estabeleçam por aqui”.

Outro número positivo que o município atingiu foi o aumento de 40% no transporte de produtos industrializados em relação ao primeiro semestre de 2020. Esse desempenho recorde nas exportações tem beneficiado a população, uma vez que entre janeiro e agosto de 2021 foram criados 10.887 postos de trabalho.

Ainda de acordo com Danilo, outro processo que contribuiu para alcançar esses dados foi a digitalização da cidade. “Desde junho de 2020, todos os serviços de assuntos externos e internos do município são digitais, o que agiliza e desburocratiza processos. Além disso, com esse feito, a cidade caminha para ser tornar referência nacional em transformação digital pública”.

Deixe um comentário!