Cabine do FNM 180 ganha nova vida sendo usada como churrasqueira

Os caminhões FNM marcaram a história das estradas do Brasil. Produzidos por cerca de 40 anos, desde 1949, esses veículos ganharam fama graças a robustez e valentia, enfrentando as piores condições possíveis nas estradas do país, em uma época de pouco asfalto e muita lama e poeira.

Atualmente, algumas unidades seguem na labuta diariamente, outros viraram joias preciosas em coleções, totalmente restaurados, e outros, com menos sorte, acabaram sendo abandonados, ficando a cargo do tempo findar a história desses icônicos caminhões.

Mas a criatividade pode ser uma grande aliada para preservação de veículos, ou para algumas peças deles, que perderam a maior parte de seus componentes ao longo do tempo. É o caso de uma cabine do FNM 180, modelo derivado dos Alfa Romeo Mille, produzidos na Itália entre 1958 e 1964.

Equipado com motor de 11 litros, com seis cilindros e 180 cavalos de potência, com 660 Nm de torque, o modelo oferecia uma cabine espaçosa e mais moderna do que as usadas nos modelos D-11000 e outros mais antigos da linha FNM. No Brasil, esse modelo de caminhão foi produzido entre 1972 e 1979.

A cabine usada para a construção da churrasqueira estava abandonada em um matagal, apesar de manter-se em boas condições. Depois do transporte para o local onde ficaria instalada definitivamente, toda a envelhecida tinta vermelha foi removida, e na parte interna foi construída uma estrutura para abrigar a churrasqueira.

Rodas e pneus foram instalados para deixar o caminhão ainda mais real. No teto, foi realizado um corte para abrigar o chaminé. O acesso à churrasqueira é feito pela parte traseira da cabine, onde também foi instalado um forno à lenha.

A construção também conta com a “carroceria”, feita em alvenaria, onde foi instalada mais uma roda. A cabine também tem iluminação funcional, e a porta direita pode ser aberta. A publicação não detalha o local de instalação dessa curiosa churrasqueira, nem o nome do proprietário, mas é uma forma interessante de aproveitar uma peça da história que provavelmente viraria sucata.

Rafael Brusque – Blog do Caminhoneiro | Fotos do Clube de Carros Antigos de Luís Eduardo Magalhães (BA)

Deixe um comentário!

Conheça os detalhes do projeto Roda Bem Caminhoneiro Scania já teve 13 séries especiais no Brasil Conheça a nova série especial da Scania O Royal Eagle é um Scania 143 como você nunca viu T112MC – Scania desenvolveu modelo exclusivo para a Nova Zelândia