Transrodace publica nota de esclarecimento sobre fuga de caminhão com marca da empresa

A cidade de Videira, em Santa Catarina, foi palco de uma intensa perseguição policial a uma carreta em alta velocidade, na última sexta-feira, 10 de junho. A Polícia Militar Rodoviária da cidade realizava uma operação, quando o motorista foi parado.

Ao fazer o teste do bafômetro, constatou-se o consumo de álcool pelo motorista, que então arrancou com o caminhão e iniciou a fuga.

Os agentes acompanharam o veículo por diversas ruas da cidade, e conseguiram fazer o caminhoneiro parar o veículo apenas 15 quilômetros depois, já na cidade de Pinheiro Preto.

O caminhão em questão estava engatado em uma carreta com a marca da empresa Transrodace Transportes Rodoviários, que publicou uma nota de esclarecimento nas redes sociais sobre o assunto.

De acordo com o texto, o motorista flagrado pela PMRv de Santa Catarina é um agregado, não fazendo parte do quadro de colaboradores contratados da transportadora. A carreta é da empresa, cedida em comodato ao agregado. O motorista teve seu contrato com a transportadora rescindido.

Veja a nota na íntegra abaixo:

 

Deixe um comentário!

O Royal Eagle é um Scania 143 como você nunca viu T112MC – Scania desenvolveu modelo exclusivo para a Nova Zelândia Você lembra do seriado “As Aventuras de BJ” nos anos 1980? Caminhões chineses são equipados com cabine de modelo da década de 1970 Conheça o transporte Piggyback, muito usado nos Estados Unidos